Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 3 de abril de 2017
Sinopse: 
Quando a detetive Helen Grace encontra a vítima no chão, presa a uma cadeira, percebe que não se trata apenas de um jogo sexual que terminou mal - as provas demonstram que o agressor dispusera dos meios para libertar o seu refém, mas decidira não o fazer. Ao remover a fita adesiva do rosto da vítima, Grace reconhece-a: trata-se de alguém com quem mantinha um relacionamento de que ninguém pode saber.
Helen inicia uma autêntica caça ao assassino, ao mesmo tempo que luta por manter a sua vida privada em segredo. Contudo, as várias pistas seguidas revelam-se infrutíferas, e surge um novo homicídio.
Travando uma batalha contra o tempo, Helen enfrenta uma escolha impossível: confessar os seus segredos mais obscuros e perder o controlo do caso, ou ocultar a verdade e arriscar-se a cair numa armadilha.

Não sendo eu uma leitora inveterada de policiais fui, indiscutivelmente, conquistada pelo inegável talento de M. J. Arlidge. Convenhamos, não importa o género, se um enredo, paralelamente às suas personagens, for bom para mim é muito difícil resistir à sua história e a série Helen Grace arrebatou-me desde o primeiro momento. 

Com os seus capítulos curtos e o nível de acção intenso a que já habitou os leitores, a nossa narrativa retorna com mais um assassino arrepiante e a promessa de aprofundar e explorar várias problemáticas até então só levemente abordadas. 
A vida pessoal da nossa inspectora está novamente interligada com os crimes e cada novo acontecimento, perturbador, vai tornando o seu dia-a-dia, pessoal e laboral, mais inquietante. Na Boca do Lobo leva aos limites aquela que tantas vezes viu de perto a morte e termina com a promessa de que, doravante, nada será como antes.

Confesso-vos que para mim é um pouco difícil falar deste livro sem cometer spoiler, afinal trata-se do quinto da série e os desenvolvimentos estão directamente ligados com personagens e acções anteriores. Assim, perdoem-me não vos disser muito, no entanto acreditem que esta é uma história que vão querer acompanhar. 
Indiscutivelmente uma lutadora, perspicaz e resiliente, Helen não perde as suas maiores qualidades, mesmo ao longo destas páginas que a vão tornando cada vez mais frágil. Todos temos segredos e os desta grande protagonista, que o leitor já conhece, ameaçam ser contados aos que lhe são próximos  o que nos faz perceber, claramente, que deveriam ser apenas seus  – a ansiedade é constante.  

As personagens secundárias, muitas delas já bem conhecidas, têm papéis extremamente relevantes e acabam por ser elas a conduzir o desfecho deste texto. Eu nunca gostei da Garanita mas agora, agora odeio-a profundamente. Aliás, de uma forma geral todos intervenientes, incluindo a boa Charlie, revelam a pequenez humana, a cegueira face às evidências daquele que é um puzzle extremamente bem montado.

Revelando o lado mais cru do BDSM, achei interessante a perspectiva desenvolvida deste universo actualmente tão romantizado. Obviamente que eu já tinha percebido que por detrás deste fascínio pelo prazer vs. violência tendem a haver traços psicológicos e emocionais singulares, no entanto os retratos e pormenores oferecidos durante a investigação contribuíram para um novo olhar e atenção para esta prática. 
Ainda em relação a temáticas, afectivas, agradou-me a forma como os diversos sentimentos de amizade, raiva ou inveja foram provocando mutações nos intervenientes, nublando laços que pareciam tão especiais e mostrando o quão frágeis são as relações e o quão influenciáveis podemos ser. 

De um modo geral, gostei tanto desta obra como das antecedentes, uma vez mais o autor conseguiu diversificar na abordagem ao thriller, policial, surpreendendo com a forma retorcida de revelar novos cenários de crimes e o culminar de mais este capítulo entusiasmante.

Como sempre, fico ansiosa por ler o próximo livro da série, O Anjo da Morte, já publicado pela Topseller. Uma escolha assertiva que recomendo sem restrições. 

Da mesma série, no blogue: 
Um, Dó, Li, TáOpinião
À Morte Ninguém EscapaOpinião
A Casa de BonecasOpinião
A Vingança Serve-se QuenteOpinião

Título: Na Boca do Lobo
Autor: M. J. Arlidge
Género: Policial; Thriller
Editora: Topseller



0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Até 7 de Maio!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide