Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017
Sinopse:
Madeline Whittier observa o mundo pela janela. Tem uma doença rara que a impede de sair de casa. Apesar disso, Maddy leva uma vida tranquila na companhia da mãe e da sua enfermeira - até ao dia em que Olly, um rapaz vestido de preto, se muda para a casa ao lado e os seus olhares se cruzam pela primeira vez. 
De repente, torna-se impossível para Maddy voltar à velha rotina e ignorar o fascínio do exterior - mesmo que isso ponha a sua vida em risco.

Eu andava a namorar Tudo, Tudo… E Nós no original quando soube do seu lançamento em terras lusas. Foi aquele tipo de amor à primeira vista, uma daquelas paixões que sabemos que vai dar certo… e deu! Este é, definitivamente, dos livros mais doces que li nos últimos tempos. 
Com uma escrita bastante adaptada ao público-alvo – young adult Nicola Yoon traz-nos uma protagonista idealizada para tocar o coração do leitor o que, juntamente com a sua história emocionante e apelativas ilustrações, torna o folhear num momento de verdadeiro prazer. 

A premissa é interessante. Uma jovem isolada do mundo devido à sua doença, Maddy, vê a sua vida alterar-se drasticamente quando “conhece” o jovem que vai viver para a casa em frente da sua, Olly. Começa por haver uma alteração nas suas rotinas que extravasa para tudo o resto, o muito pouco que tem, da sua vida. A partir daqui, meus queridos, este é um romance em que os sentimentos, puros e inocentes, estão à flor da pele e, com eles, as muitas questões que nos definem. 

Quase toda a narrativa gira em torno da protagonista, enquanto os outros intervenientes, ramificações de si, ajudam a tornar o texto mais apelativo, trazendo consigo temáticas pertinentes.
No entanto eu incorporei a Madeline, fiz minhas as suas penas e dei por mim a ver o mundo através dos seus olhos, envolta numa realidade estéril e pueril face às emoções. Claro que isto só foi possível porque o texto está verdadeiramente bem trabalhado, na primeira pessoa, na expressão desta identidade peculiar. As suas interacções com os outros, em especial com a sua a mãe, a sua enfermeira e o Olly e a maneira como analisa os seus pensamentos de forma detalhada, esquemática, escortinando-os com uma graça invulgar, fazem de si uma figura ficcional mesmo muito singular – adoro-a. 

A palavra-chave da história é isolamento. A Maddy cresceu isolada, não socializou nem interagiu com o mundo exterior até aos 18 anos, por isso quando o faz, de alguma forma, por pequena que seja, é toda uma nova experiência que acaba por ser partilhada com o leitor. Além disto, são também os efeitos deste afastamento são estudados, têm repercussões, facto que me agradou bastante. 

As personagens secundárias trazem para o texto temáticas como a violência doméstica, um questionamento de quanto estamos dispostos a dar pela nossa felicidade e pela felicidade alheia e fazem-nos reflectir sobre preço estamos dispostos a pagar pelo amor. Afinal de contas este livro é um romance, um romance muito querido onde a aventura e o medo têm medidas únicas e tocantes. 

Porque não posso contar-vos muito mais sem correr o risco de fazer spoiler, deixem-me apenas dizer-vos que as ilustrações são verdadeiramente deliciosas, que existem muitos pormenores ao longo do enredo que fazem a diferença – como por exemplo, a questão de a Maddy ler muito –, e que o mundo que é dado a ver, em particular a sua casa, é verdadeiramente descrito, curioso. 

Para finalizar, tenho de confessar-vos que adivinhei o desfecho da história ainda a meio da leitura, o que não estragou, nem um bocadinho, este momento muito, muito fofo que passei entre páginas. Recomendo! 

Título: Tudo, Tudo… E Nós
Autora: Nicola Yoon
Género: Romance; Young Adult
Editora: Editorial Presença

Para mais informações sobre o livro Tudo, Tudo… E Nós, clique aqui.



0 comentários :

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Até 23/07!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Até 24/07!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Até 25/07!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado em breve!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Até 21/07"

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide