Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
Sinopse:
Nova Iorque, Aeroporto JFK.
Na cheia sala de embarque, um homem e uma mulher chocam, espalhando as suas coisas pelo chão. Depois de uma discussão normal, recuperam os haveres e cada um segue o seu caminho.
Madeline e Jonathan nunca se viram na vida e é improvável que se voltem a encontrar. Mas, ao apanharem as coisas, trocaram inadvertidamente de telemóveis. Quando se apercebem do engano, já estão a dez mil quilómetros um do outro: ela é florista em Paris, ele tem um restaurante em São Francisco.
Não tarda para que os dois cedam à curiosidade, analisando o conteúdo dos telemóveis. Uma dupla indiscrição, que conduz a uma revelação inesperada: as suas vidas estão ligadas por um segredo que pensavam estar enterrado para sempre...

Resumindo, bastou um comentário positivo e a minha curiosidade sobre este autor de renome, que eu já queria ter experimentado, para ser convencida a pegar nesta obra e, acreditem, que bela surpresa! Não estava, de todo, preparada para este puzzle delicioso escondido sob a aparência de um romance.

O Apelo do Anjo e a sua capa são, para mim, uma partida editorial para livreiros distraídos. Meia-dúzia de capítulos e uma peripécia de pouco humor foram o suficiente para ver que estava perante uma história de segredos e mistérios, cujas personagens, apesar de simples, despertaram a minha curiosidade para saber tudo sobre os seus passados, enquanto as acompanhei num enredo que se foi adensando a um ritmo bem pensado.

Como elucida a sinopse, esta é a história de dois estranhos cujos caminhos se cruzam num aeroporto e que, por descuido, trocam os telemóveis. Quando se apercebem deste facto é demasiado tarde e, em diferentes continentes, começam a entrelaçar os seus destinos, com uma intimidade crescente, que vai prendendo a atenção do leitor. Tudo isto tem, claro está, uma vertente romântica, no sentido em que duas pessoas afectivamente instáveis se começam a conhecer e a ser figuras “presentes” na vida um do outro, mas sem dúvida que é muito mais do que isso como vos contarei mais à frente.

No que respeita a personagens, confesso que a minha empatia não foi imediata porque os protagonistas estão longe de ser perfeitos e apresentam-se num clima tenso. No entanto, conhece-los além da primeira impressão acabou por torná-los agradáveis e interessantes, pois a sua bagagem dá sem dúvida ênfase às suas personalidades. Gostei também da diversidade de intervenientes secundários, como o filho e o melhor amigo de Jonathan, ou mesmo a sua ex. mulher que vai apimentando a trama, bem como do ajudante de Madeline, Takumi, ou o seu noivo, uma vez que todos vão contribuindo para animar a acção. Ainda assim, tenho que admitir que nenhum deles é marcante cumprindo apenas o seu papel.

Independentemente do que vos disse até então, este é sem dúvida um livro com vários pontos de interesse, que proporcionam não só entretenimento como uma análise interessante. 
A apresentação da narrativa conquistou-me de imediato, com mensagens de texto, correio electrónico e excertos de notícias que vão fornecendo informação muito relevante para o desfecho da história, assim como revelando mais sobre as figuras ficcionais. Igualmente, temos acesso às vozes e aos pensamentos de ambos os protagonistas, bem como saltos temporais em que o passado vai tornando o presente ainda mais estimulante. 

O facto de o enredo começar pela troca de telefones é, sem dúvida, uma peça chave que nos permite pensar no quanto estamos presos a estes pequenos aparelhos que contém tanto das nossas vidas. Acessos a redes sociais e conteúdos pessoais são, apenas, uma parte do que os torna imprescindíveis mas também perigosos, algo que fica claro quando o casal principal resolve ceder à curiosidade e investigar mais sobre o dono do respectivo aparelho. 

Além do que já frisei, vale a pena referir que este título tem por base o género thriller, por isso contém com um enigma bem montado que vos poderá surpreender de várias maneiras. Uma coisa é certa, é muito mais que um romance e manteve-me presa às suas páginas do princípio ao fim. Nada mal para uma estreia senhor Guillaume Musso, voltaremos a encontrar-nos de certeza. 

Uma aposta bem-vinda da Planeta Manuscrito, que certamente merece uma oportunidade para os amantes de romances policiais. 

Título: O Apelo do Anjo
Autor: Guillaume Musso
Género: Romance; Policial


0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide