Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

domingo, 27 de novembro de 2016
Sinopse:
Mia Saunders, a Rapariga do Calendário, percorreu um longo caminho. Termina a jornada de um ano em Hollywood, Nova Iorque e Aspen.
Em Outubro, Mia começa a sua nova vida a trabalhar num programa de TV matinal, onde faz uma rubrica sobre viver em beleza. O seu homem lida com as sequelas do cativeiro, e juntos encontram maneira de fazer face a todas as tormentas.
A seguir, Mia viaja até Nova Iorque para gravar um programa sobre as razões que as pessoas têm para dar graças. Todos os sonhos se estão a realizar...excepto um.
Finalmente, em Dezembro, a nossa menina dá por si no País das Maravilhas invernal, Aspen, no Colorado, para filmar uma rubrica sobre artistas locais. Só que as circunstâncias são muito peculiares.
Prepare-se para uma surpresa quando a jornada de Mia se funde no fim que todos esperam.

É com lágrimas, sorrisos e muitos momentos luxuriantes que chega ao fim a original série erótica A Rapariga do Calendário, que conseguiu a proeza de fazer esta vossa leitora ler os seus quatro livro em menos de seis meses. 
Com um teor de entretenimento muito forte e uma grande diversidade de personagens, aliados ao ritmo surpreendente desta narrativa e as muitas reviravoltas que guardou para os últimos seis meses, confesso que não consegui resistir ao desejo de saber o que o destino guardava para Mia em todas as áreas da sua vida peculiar. 

Contrariamente às opiniões anteriores, divididas pelos meses tal como acontece nos livros e cujo risco de spoiler era grande para quem não leu os volumes antecedentes de Audrey Carlan, permitam-me que esta seja uma opinião mais breve e menos concreta, uma simples reflexão daquilo que uma história sensual, aparentemente sem valores, acabou por me oferecer. 

Durante a nossa existência somos forçados a fazer escolhas de quem nem sempre nos orgulhamos mas que, por instinto de sobrevivência ou simplesmente para vermos felizes os que mais amamos, aceitamos em nome de um bem maior o que, neste caso, levou ao nascimento de uma protagonista que, forçosamente, se tornou acompanhante de luxo. Um tabu, um cliché até, mas quando as obrigações em divida são elevadas o preço é igualmente alto; ela vendeu o seu corpo e, com ele, um pedaço da alma. 

Conhecendo outras leitoras desta história, cuja opinião sobre a conduta de Mia era pouco abonatória, ouvi céleres julgamentos sobre o facto de esta jovem acabar por retirar satisfação do seu trabalho, sobre uma suposta paixão não ser impedimento para se entregar a outros homens. Pois bem, a ausência de um compromisso foi peremptória e, juntamente com a necessidade de angariar dinheiro pelos seus meios, preencheu-me as medidas. Além disso, uma vez que a protagonista sempre contou apenas consigo mesma, desconfiando dos homens, pareceu-me credível que até assumir uma relação fosse livre de fazer o que bem quisesse com o seu corpo. Não sejamos hipócritas, actualmente a liberdade sexual é um facto e os afectos, bem como o prazer, não trazem aros de ouro e não são para a vida, uma vida cujas regras são mais permeáveis pela exigência individual que, cada vez mais, tem primazia sobre a do par. 

À parte de todo o divertimento de Mia, que soube explorar a sua sensualidade e retirar o melhor de cada um dos homens que foram cruzando o seu caminho, gostei de ver cada um deles contribuir para a sua formação, para o preenchimento do pedaço que perdeu quando tomou a decisão de se tornar acompanhante, o que tornou este texto bastante dedicado à família e a amizade. Não só no que respeita à sua irmã e ao seu pai, as suas bases e impulsionadores na adversidade, mas de todos os que foi angariando no seu círculo próximo, muitos deles tornando-se amigos para vida e outros, como tantas vezes acontece, simplesmente marcando o momento e contribuindo com pequenos gestos e valores que no todo ofereceram algo belo. 

Longe de um conto de fadas, esta jornada teve períodos tortuosos e, uma vez mais, as temáticas foram bastante actuais, alertando para perigos associados a vícios, abusos de poder, marginalização social e preconceitos vários. Houve a abordagem de problemáticas tão sonantes como o terrorismo e, mais básicas, como a criminalidade que nos rodeia todos os dias. Mas, para equilibrar a equação, houve também muitos gestos enternecedores, muitos abraços de urso que aqueceram o coração e a criação de laços fortes que dão sentido a tudo o resto quando o mundo parece desabar. Quebraram-se mentes e voltaram a reconstruir-se, peça a peça, com sentimento e perseverança, através relações destinadas a um para sempre. 

E é isto meus queridos, uma história bonita, contada ao longo de 12 meses de um ano em que as provações mostraram que nada e por acaso, que o destino que nos prega uma partida pode estar apenas a preparar-nos para uma surpresa. Gosto deste tipo de livros, livros que nos trazem uma mensagem de esperança quando tudo parece perdido enquanto nos entretém de forma inesperada. 

Mais uma boa aposta Planeta num género de que não sou fã mas que conseguiu, desta feita, conquistar-me – o romance erótico. 

Opiniões anteriores, no blogue:
A ordem as imagens não está correcta, sendo esta: Livro 1, 3 e 2.
A Rapariga do Calendário, Livro 1Opinião
A Rapariga do Calendário, Livro 2Opinião
A Rapariga do Calendário, Livro 3Opinião

Título: A Rapariga do Calendário, Livro 4
Autora: Audrey Carlan
Género: Romance Erótico


0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide