Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Neste dia tão especial para a minha querida Elphaba, eu não poderia deixar a data passar despercebida sem vos trazer um passatempo muito especial – com o maravilhoso apoio Planeta Manuscrito!


Para sorteio, estão disponíveis 2 exemplares do título Lady Midnight de Cassandra Clare. Uma história fantástica imperdível para todos os fãs de fantasia. 

Para se habilitarem a este exemplar, terão unicamente de responder às fáceis questões abaixo colocadas, ter atenção as regras de participação e ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
A partilha do link nas redes sociais não é obrigatória, mas se o fizerem podem participar novamente – uma vez por dia.

Descubra a sua resposta aqui no Blogue e em Planeta Manuscrito.

Boas leituras*
Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 21 de Novembro de 2016 (segunda-feira).
2. Só é possível uma participação por pessoa e e-mail.
4. Ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
5. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
6. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
7. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
8. Boa Sorte!

domingo, 30 de outubro de 2016
Sinopse:
Em Julho, será sedutora num videoclip do artista de hip-hop, com discos de platina, Anton Santiago. A recuperar do trauma sofrido em Junho, a nossa rapariga abre o coração e descobre que correr riscos lhe concederá o que sempre desejou, necessitou e muito mais.
Em Agosto, Mia viaja para o Texas vestindo a personagem e representando o papel da irmã perdida do magnata do petróleo e importante homem de negócios Maxwell Cunningham. O trabalho devia ser canja, só que são revelados segredos do passado que mudarão o que sempre acreditou ser verdade.
Em Setembro, Mia parte para a sua Sin City, onde o mundo à sua volta parece desmoronar-se. As pessoas que ama travam batalhas para as quais não está preparada, mas que se sente desesperada para resolver antes de perder tudo.

Inesperadamente, este já não é apenas um romance erótico, original e inteligente, em que Audrey Carlan nos oferece um boa protagonista que, com uma jornada peculiar, vai dando a ver intervenientes diversificados e novas visões contemporâneas de relacionamentos e estilos de vida. No terceiro livro da série A Rapariga do Calendário o enredo sofre reviravolta atrás de reviravolta, condensando e aproximando alguns dos que já nos tinham encantado e aprimorando todos os pontos que tornam esta narrativa destacável entre os seus pares, tornando-a, definitivamente, no romance erótico mais viciante que li até hoje – sou fã! Estou verdadeiramente surpreendida pois este é, sem dúvida alguma, o melhor volume de todos até ao momento. 

Aviso: a organização desta opinião é diferente do habitual e pode conter spoilers para quem não leu os volumes antecedentes.

Julho
… Um mês que poderia ser idêntico a alguns dos anteriores mas que, devido à experiência e ao trauma anteriores, se transformou em algo mais, se transformou na primeira luz de tudo o que a autora preparou para o grand finale.
Anton Santiago, um artista consagrado, um homem irresistível que seria o banquete, cliente, perfeito para a Mia do passado. Agora, no entanto, existe Junho na sua mente e um acontecimento especial que mudará, em definitivo, as escolhas do seu coração – prevejo muitos sorrisos para as leitoras! Gostei, particularmente, dos valores deste novo macho latino e da sua equipe, RP e coreografa, personalidades fortes que oferecem o apoio necessário à jornada da protagonista neste momento singular da acção. O reaparecimento activo de Wes, por outro lado, não nos deixa esquecer o género de literatura que estamos a seguir e ainda bem, pois este título perderia alguma da leveza procurada. 

Agosto
…. Texas, uma família adorável e milionária, o papel de uma irmã desaparecida e um Maxwell Cunningham incoerente, são o ponto de partida para a primeira grande reviravolta da nossa história, logo agora que, de coração mais leve e tomadas decisões importantes, o ano parecia definido e no rumo desejado. 
É muito difícil falar deste mês sem spoilers, confesso, mas posso dizer-vos que depois deste mês já nada será como antes e que a surpresa e inconstância do destino são, claramente, trunfos fortes que autora não teve pudor em utilizar. 
Já agora, adorei o Max e a sua princesa, adorei tudo o que eles representam no futuro para alguém como Mia, tão sequiosa de um abraço de urso, bem forte. 

Setembro
… Aguenta coração! 
Emoção atrás de emoção, abalos consecutivos em todas as estruturas emocionais da protagonista que, ainda alvoroçada por todas as novidades, se vê obrigada a regressar a Las Vegas
De todos os meses, entre todas as problemáticas que poderiam afectar a nossa querida Mia, Setembro – o meu favorito – é aquele que verdadeiramente põe à prova a sua capacidade de superação, algo que definitivamente deu consistência e embalo para a recta final da história. 
Por outro lado, este é também o mês em que a família e os amigos ganham maior destaque, com Gin e Maddy, melhor amiga e irmã, respectivamente, a conquistar também um lugar de eleição junto dos leitores. Sucintamente, este é o mês em que os dilemas que até agora surgiram se adensam e, consecutivamente, muitos ficam próximos da sua resolução. 

Sim, esta foi uma leitura sôfrega que me manteve presa até à última página. Como já  em opiniões anteriores havia citado, é fantástico como o ritmo e estrutura da leitura permitem que o seu núcleo forte se estenda a diversas personagens que, além de apoiarem a personagens principal, tocam o leitor. Gostei, em particular, das novas personagens, do seu papel, do equilíbrio das conquistas com as perdas que mantiveram constante o desejo de saber mais. Sem dúvida, uma continuação muito feliz que promete um último livro diferente dos antecedentes mas que, ainda assim, deixa em aberto algumas pontas soltas que podem vir a arrebatar os fãs deste enredo.

Uma boa aposta Planeta que continua a dar frutos na literatura erótica, conquistando em definitivo, com a sua Rapariga do Calendário. Recomendo!

Da mesma autora, no blogue: 
A Rapariga do Calendário, Livro 1Opinião
A Rapariga do Calendário, Livro 2 Opinião

Título: A Rapariga do Calendário, Livro 3
Autora: Audrey Carlan
Género: Romance Erótico


sábado, 29 de outubro de 2016

Uma nova história de êxito na auto-publicação.
Mais de 2.500.000 exemplares vendidos da série nos EUA.
1.º lugar no top do The New York Times, durante 4 semanas.
Direitos do livro vendidos para 27 países e para série televisiva, pelos mesmos produtores de Gossip Girl.

12 MESES. 12 VIDAS. 1 AMOR

Título: A Rapariga do Calendário, Livro 4
Autor: Audrey Carlan
N.º Páginas: 384
PVP: 17.99 €
ISBN: ISBN 9789896578404

Sinopse:
Mia Saunders, a Rapariga do Calendário, percorreu um longo caminho. Termina a jornada de um ano em Hollywood, Nova Iorque e Aspen.
Em Outubro, Mia começa a sua nova vida a trabalhar num programa de TV matinal, onde faz uma rubrica sobre viver em beleza. O seu homem lida com as sequelas do cativeiro, e juntos encontram maneira de fazer face a todas as tormentas.
A seguir, Mia viaja até Nova Iorque para gravar um programa sobre as razões que as pessoas têm para dar graças. Todos os sonhos se estão a realizar...excepto um.
Finalmente, em Dezembro, a nossa menina dá por si no País das Maravilhas invernal, Aspen, no Colorado, para filmar uma rubrica sobre artistas locais. Só que as circunstâncias são muito peculiares.
Prepare-se para uma surpresa quando a jornada de Mia se funde no fim que todos esperam.

Leia um excertoAqui

Uma série sedutora, doce e tão escaldante que o seu livro pode derreter.

«Fresca, divertida, e incrivelmente sexy, a série A Rapariga do Calendário vai fazer com se apaixone uma e outra vez e morra de ansiedade por ler o próximo volume.» - Meredith Wild, autora da série Hacker, n.º1 do The New York Times

Da mesma autora, no blogue:
A Rapariga do Calendário, Livro 1 Opinião
A Rapariga do Calendário, Livro 2Opinião 

Sobre a autora:
Audrey Carlan é autora best-seller do New York Times, USA Today, e Wall Street Journal. Escreve histórias de amor sensuais e eróticas de forma a dar ao leitor uma experiência romântica e sexy. Vive em California Valley com os dois filhos e o amor da sua vida. Quando não escreve, ensina ioga, bebe vinho com suas souls sisters ou está com o nariz enfiado num romance ímpio.

Saiba mais em: Planeta


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Paixão, determinação e criaturas diabólicas nesta nova e tão aguardada trilogia da autora best-seller da série Caçadores de Sombras.

Série Os Artifícios Negros 1

A edição original nos EUA (Março de 2016) entrou directamente no top de vendas do The New York Times.

Título: Lady Midnight
Autor: Cassandra Clare
N.º Páginas: 656
PVP: 21.95 €
ISBN: ISBN 9789896578435

Sinopse:
Num reino à beira-mar...
Passaram cinco anos desde que o mundo dos Caçadores de Sombras esteve à beira da extinção.
Emma Carstairs já não é uma criança de luto, mas uma jovem guerreira determinada a descobrir quem matou os seus pais e a vingar a sua perda.
Ao lado do seu parabatai, Julian Blackthorn, Emma terá de seguir o rasto de um assassino demoníaco nas ruas agitadas de Los Angeles e no mar encantado das praias de Santa Monica, onde o amor é uma ameaça tão grande como o ódio do seu pior adversário.
Para tornar tudo ainda mais complicado, o irmão de Julian, Mark levado pela Caçada Selvagem cinco anos antes é devolvido à família como moeda de troca.
As faeries estão desesperadas por descobrir quem anda a matar os seus e precisam da ajuda dos Caçadores de Sombras. Só que o tempo, em Faerie, flui de maneira diferente, e Mark mal envelheceu e não reconhece os seus irmãos.
Conseguirá Mark ajudá-los e regressar ao seio da família? Ou será o apelo da Caçada Selvagem mais forte do que o próprio sangue?

Cassandra Clare vai tornar a apaixonar os leitores: uma trama envolvente, mais apaixonante do que nunca. Recheada de romance, lutas, superação, aventura, suspense...
Este livro situa-se cinco anos depois dos acontecimentos da Cidade do Fogo Celestial, que conduziram os Caçadores de Sombras ao esquecimento.

«É um livro inacreditável. Uma vez que comece a ler, vai ser muito difícil pôr o livro de lado.» - The Guardian
«Prepare-se para ser enfeitiçado» - Entertainment Weekly

Se o amor de Clary e Jace foi apaixonante e tempestuosa, num mundo habitado por criaturas diabólicas Emma e Julian encontram-se no mesmo caminho. Ou até pior. Como é apanágio da autora ficamos perante um amor muito conturbado.
A narrativa e personagens seguem o mesmo padrão que a bem sucedida série Caçadores de Sombras.
A personagem central que conta a história, Emma, é uma heroína sem poderes fora do normal, é uma Caçadora de Sombras empenhada em ser a melhor.

Da mesma autora, no blogue:

Série Caçadores de Sombras
A Cidade dos Ossos – Opinião
A Cidade das Cinzas – Opinião
A Cidade de Vidro – Opinião
A Cidade dos Anjos Caídos – Opinião
A Cidade das Almas Perdidas Opinião

Série Caçadores de Sombras
As Origens
Anjo Mecânico – Opinião

*Pois é, queridos leitores, parece que nas próximas semanas tenho alguma leitura para pôr em dia!*

Sobre a autora:
Cassandra Clare é a autora da série Caçadores de Sombras e da trilogia Caçadores de Sombras, As Origens, ambas best-sellers do The New York Times, USA Today, Wall Street Journal e Publishers Weekly.
Vendeu mais de trinta milhões de livros em todo o mundo e as suas obras foram traduzidas em mais de trinta e cinco línguas.
Cassandra vive no Massachusetts ocidental.
Pode visitá-la em: www.cassandraclare.com.
Saiba mais a respeito do mundo dos Caçadores de Sombras em www.shadowhunters.com.


Saiba mais em: Planeta


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Hoje, com o fantástico apoio Lápis Azul, uma chancela da Individual Editora, trago-vos mais um novo passatempo. 


Para sorteio, está disponível um exemplar do título Valquíria – A Fugitiva de Kate O'Hearn

Para se habilitarem a este exemplar, terão unicamente de responder às fáceis questões abaixo colocadas, ter atenção as regras de participação e ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
A partilha do link nas redes sociais não é obrigatória, mas se o fizerem podem participar novamente – uma vez por dia.

Descubram a suas respostas aqui no Blogue.

Boas leituras*

Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 11 de Novembro de 2016 (sexta-feira).
2. Ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
4. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
5. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
6. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
7. Boa Sorte!



quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Título: Valquíria – A Fugitiva
Autor: Kate O'Hearn
N.º Páginas: 360
PVP: 14.90 €
ISBN: 9789898730251

Sinopse:
Valquíria: Deusa Nórdica; aquela que escolhe os que foram mortos; segadora de almas. Freya é enviada até ao Mundo dos Homens com a missão de localizar a lendária Valquíria fugitiva. Aí irá descobrir um terrível segredo que a conduzirá à Terra dos Gigantes de Gelo onde, numa batalha mortal, irá enfrentar velhos inimigos. Mal imagina ela que as suas ações irão colocar o Valhalla num enorme perigo. Com a Guerra dos Reinos prestes a eclodir, será que Freya irá conseguir chegar a tempo de salvar todos quantos ama? Embarca numa nova lenda das Valquírias!

Livro Anterior

Sobre a autora:
Kate O’Hearn cresceu no coração de Nova Iorque. Teve sempre uma ativa e profícua imaginação. Enquanto descia a Quinta Avenida, imaginava-se no meio desta a voar no dorso de dragões selvagens. Mais tarde, ao viver na Florida observava o mar e pensava o que seria viver entre as baleias e enormes ondas. Também o céu estrelado era um potencial recreio. Nunca os seus sonhos e ideias se desvaneceram, pelo contrário ficaram mais fortes e transformaram-se em livros, que ela adora escrever.
Shadow of the Dragon, o seu primeiro livro, venceu o prémio 1066 School’s Book.



terça-feira, 25 de outubro de 2016

Olá queridos leitores! 
É com imenso prazer que hoje vos trago um novo resultado de passatempo, desta feita com o maravilhoso apoio Individual Editora.


Para sorteio estava disponível um exemplar do título Deuses de Dois Mundos – O Livro da Traição de PJ Pereira.

Gostaria, como sempre, de agradecer a todos pelas vossas participações. E, se não foi o vencedor/a, não desanime, haverá mais oportunidades em breve. 

Sem mais demoras, quem receberá este exemplar é:

127* Ana Machado, Santo Tirso

Os meus sinceros parabéns, espero que usufruas de uma excelente leitura.
E o meu muito obrigado à Individual Editora por me oferecer a possibilidade de realizar este passatempo. 
Boas leituras*

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Sinopse:
A jornada de Mia Saunders, acompanhante por força das circunstâncias, continua neste segundo volume de A Rapariga do Calendário! Nos três meses que se seguem, Mia viaja para Boston, Oahu e Washington DC.
Em Abril, faz-se passar pela namorada do mulherengo Mason Murphy, um jogador de basebol profissional que precisa de melhorar a sua imagem, e acaba por descobrir que ele não é exactamente aquilo de que estava à espera.
Maio encontra Mia a incendiar o sangue de Tai Niko, modelo fotográfico e intérprete da dança do fogo samoano, enquanto participa numa campanha publicitária que tem como objectivo demonstrar que a beleza não é uma questão de tamanho.
Em Junho, a missão de Mia é servir de enfeite de braço a Warren Shipley, membro do grupo conhecido como Um por Cento. Enquanto finge ser uma caçadora de fortunas, descobre que Warren tem de facto um coração de ouro. Pena é que o atraente filho, Aaron, senador pela Califórnia, não seja em nada parecido com o pai.

Sinceramente? Adoro o conceito desta história, a sua estrutura refrescante que, mês após mês, nos oferece uma nova faceta do romance e da própria protagonista, enquanto Audrey Carlan nos vai encaminhando e construindo o puzzle final deste enredo que promete, até ao último momento, revelações fortes e emoções felizes. 

Aviso: a organização desta opinião é diferente do habitual e pode conter spoilers para quem não leu o volume antecedente

Após se ter apaixonado perdidamente e ter aprendido, interiorizado e experienciado que o amor, entre um homem e uma mulher ou mesmo entre o mesmo género, pode ter múltiplas formas, Mia continua a sua demanda para pagar a divida do pai, espancado e às portas da morte, ao pior agiota de Las Vegas. No entanto, o primeiro trimestre revelou-lhe que cada mês como acompanhante pode oferecer-lhe muito mais do que dinheiro e, entre o drama expectante, o interlúdio dos meses seguintes traz consigo novos laços e a promessa de felicidade, bem como os riscos do seu trabalho por vezes incompreendido.

Abril… 
Mason Murphy, um Don Juan em forma de jogador de basebol profissional invejável cujo futuro brilhante depende, em parte, da estabilidade que a imagem de um relacionamento firme lhe pode trazer, ou seja, o papel perfeito para a nossa protagonista. Infelizmente, a sua personalidade e comportamento arrogantes parecem dificultar a tarefa, isso e uma RP nitidamente apaixonada que promete dar um toque diferente às expectativas sensuais do mês.
Imprevisivelmente, e positivamente, este foi um mês marcado pelo divertimento, com situações caricatas e temas particularmente sensíveis e contemporâneos, que serviram para torna Mia numa figura conhecida e angariar, uma vez mais, amigos para a vida. O papel da fama, para o bem e para o mal, a família e a importância de correr riscos para encontrar a verdadeira felicidade marcaram-no de forma efectiva. 

Maio…
… parecia tão simples! Afinal, o papel de modelo fotográfico parece ser algo corriqueiro para desempenhar mas o Havai, logo no primeiro momento, mostrou-se grande e intenso, transformando-se no mês mais erótico até agora. 
Emoções à parte, pois Tai Niko é só sexo e amizade profunda, a paixão de Wes deixará saudosismo em muitas leitoras mas, não se preocupem, entre os valores de uma família samoana tradicional, paisagens deslumbrantes e e romper com os estereótipos da moda actual, o riso o prazer trazem leveza a esta aventura em que Mia pode, finalmente, aproveitar a sua profissão para mimar a sua querida irmã e a sua melhor amiga Gin

Junho…
… terminou forte, intenso nas emoções, o que me deixou desejosa de pegar no terceiro livro -  algo que fiz de imediato. Entre parecer uma caçadora de fortunas e lidar com o filho do seu cliente, um senador, este é possivelmente o mês mais duro da personagem principal que, entretanto, nos dá a ver a sociedade política, nos revela um amor improvável e supera alguns problemas de meses anteriores. Essencialmente, este mês mostra que nem sempre as pessoas são o que aparentam e que os amigos que tem vindo a fazer têm, definitivamente, um papel muito especial na vida de Mia, algo que acredito que se manterá até ao final. É tempo de pôr em perspectiva o que é realmente importante na vida desta jovem mulher.

Em suma, voltei a confirmar o quanto gosto da articulação desta série que, na minha opinião, deve ser encarada mês a mês por conseguir oferecer sempre algo de novo ao leitor. Divertido, sexy e ousado, com a dose certa de drama e conseguindo concentrar-se o suficiente em todos os intervenientes, para que nada seja deixado ao acaso, acho que este é, provavelmente, um dos meus eróticos de eleição – embora eu não possa, de todo, dizer-me fã do género. 

Sem dúvida, uma excelente aposta Planeta Manuscrito que estou ansiosa por descobrir até ao último capítulo. 

Da mesma série, no blogue:
A Rapariga do Calendário, Livro 1Opinião

Título: A Rapariga do Calendário, Livro 2
Autora: Audrey Carla
Género: Erótico


terça-feira, 18 de outubro de 2016

EDIÇÃO ESPECIAL DOS TRÊS PRIMEIROS LIVROS DA SÉRIE CEMITÉRIO DOS LIVROS ESQUECIDOS


Para os que se apaixonaram por A Sombra do Vento, que se deleitaram com O Jogo do Anjo e se emocionaram com O Prisioneiro do Céu, chega agora uma nova colecção exclusiva com os primeiros três livros da tetralogia O Cemitério dos Livros Esquecidos.

Uma nova imagem e um formato inédito, que combina a capa dura, impressa a preto e branco, com uma sobrecapa em acetato transparente, a cores.

A série O Cemitério dos Livros Esquecidos, de Carlos Ruiz Zafón, é a mais vendida deste autor em Portugal e no mundo: mais de 25 MILHÕES de leitores.


Saiba mais em: Planeta Manuscrito


domingo, 16 de outubro de 2016
Sinopse: 
Theodora Saxby é a última mulher que alguém espera que case com o belo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook. Mas depois de uma proposta romântica diante do próprio príncipe, até a prática Theo fica convencida da paixão do seu futuro duque. Ainda assim, os tablóides dão ao casamento apenas seis meses. Theo ter-lhe-ia dado uma vida inteira... até que descobre que James deseja não o seu coração, e certamente não o seu corpo, mas o seu dote.
A sociedade ficou chocada com o casamento, mas está escandalizada com a separação. James vai para o mar, onde se torna um famoso pirata, e Theo transforma a sua propriedade num negócio florescente. Regressado dos mares, com a tatuagem escandalosa de uma papoila debaixo um olho, James enfrenta agora a batalha da sua vida: convencer Theo de que amava o patinho que desabrochou num cisne. Theo irá descobrir rapidamente que para um homem com a alma de um pirata, tudo vale no amor - ou na guerra.

Parece ter passado um milhão de anos desde que li Eloisa James pela primeira vez e fiquei, completamente, rendida às suas histórias sensuais de época inspiradas em fairy tales tradicionais. Sim, meus senhores, eu tinha imensas saudades desta maravilhosa autora de romances. 

Inspirada, desta feita, em O Patinho Feio dos lendários Irmãos Grimm, Tudo Vale no Amor fala-nos uma belíssima amizade transformada em amor que, no seu ponto alto, segue muitos e tortuosos caminhos inesperados que enriquecem a narrativa. Tudo Vale no Amor é a história de como Theodora se deixou conquistar por James mas, mais importante, como sozinha se transformou numa magnífico cisne que conquistará todas as suas leitoras. 

Das personagens recriadas ao universo onde se desenvolve a acção o cuidado, primor, contido nestas páginas e a sua contextualização histórica é louvável, fazendo com que esta autora se destaque, de forma efectiva, entre os seus pares. Assim, começando pelos intervenientes, creio que é difícil ficar indiferente à personalidade e irreverência que Theodora vai construindo, uma mulher que após ser magoada se transforma numa entidade admirável, cuja falta de beleza é compensada com uma essência genuína e cujos traços censuráveis apenas a tornam mais atractiva. James, por outro lado, deixa de ser o tesouro masculino da temporada para se metamorfosear em algo repulsivo para muitos que, num segundo acto, prima pela integridade em vez do charme, trabalhando as emoções e os afectos de todos os que fazem parte de si. São personagens fenomenais que quando acompanhadas com intervenientes secundários pertinentes, conferem humor, graciosidade e consistência a um enredo que sendo de entretenimento, quase ligth, consegue superar o conceito. 

Não vou divagar muito mais sobre aqueles que, dotados de coragem no passado, romperam os preceitos sociais transformando-se em algo que, depois renegado, acabou por se tornar admirável. Quero, isso sim, falar-vos de alguns dos predicados deste texto romântico. 
Para lá de um cuidado, sempre notável em Eloisa James, no que respeita às encantadoras descrições e retratos de época, foi fantástico assistir à contextualização bélica napoleónica, com uma visão por parte das forças marítimas que eu não esperava – sim, queridos leitores, há piratas inspirados em personagens reais. 
Além deste facto, outra faceta interessante tem que ver com industrialização e exportação, com a economia no final e pós-guerra, direccionada com a indústria das artes e da moda. Também aqui, a autora oferece uma versão divertida e refrescante da constante evolução, quase revolução, visual entre os altos círculos sociais o que, confesso, me conquistou. 

Enfim, esta é uma história de amor clássica, com notas sensuais quase eróticas que efectivamente encantam as leitoras do género. Quer a sua base de inspiração ou os muitos pormenores fidedignos do século XIX acabam por fazer a diferença entre mais uma leitura ou um livro verdadeiramente aprazível e este é, definitivamente, o segundo. Já vos contei que o livro traz uma short story de bónus? Adorável. 

Uma aposta Quinta Essência, uma editora de que sinto saudades pela sua capacidade de me enternecer o coração e que, sem dúvida, vos agradará. 

Da mesma autora, no blogue:
O Beijo Encantado Opinião
Milagre de AmorOpinião
Duas Irmãs, Um DuqueOpinião

Título: Tudo Vale no Amor
Autora: Eloisa James
Género: Romance de Época; Sensual


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Irá a mulher que ele quer arruinar tornar-se o amor da sua vida?

Título: A Vingança de Lorde Eberlin
Autor: Julia London
N.º Páginas: 328
PVP: 16.20 €
ISBN: ISBN 9789897415807

Sinopse:
Inglaterra, 1808 – De novo em Hadley Green após quinze anos, o jovem Tobin Scott, agora Lorde Eberlin, tem apenas um objetivo em mente: vingar a morte do pai, acusado injustamente de roubar as joias fabulosas dos Ashwood. Mas quando se vê do outro lado da rua em relação ao objeto do seu ressentimento, o plano pacientemente preparado toma um rumo surpreendente. Lily Boudine, condessa de Ashwood, já não é a menina que ele recordava, é uma bela mulher que está a fazer o possível por restituir à propriedade da família o seu antigo esplendor. Convencida da inocência de Joseph Scott, ela propõe a Tobin unirem forças para encontrar as famigeradas joias e restaurar a honra do seu pai. Em breve, porém, a paixão entre os dois incendeia-se, e um novo segredo chocante vem lentamente ao de cima...
Em 1793, um homem pagou com a vida por um crime que provavelmente não cometeu. Anos mais tarde, o mistério de Hadley Green continua sem solução.

«Julia London é uma das melhores.» - Publisher’s Weekly
«A história de amor emocionalmente poderosa de um homem que precisa de redenção e de uma mulher suficientemente ousada para o amar. Um enredo forte e personagens bem desenvolvidas prendem os leitores enquanto a beleza do romance os arrebata.» - Romantic Times Book Reviews

Da mesma autora, no blogue:

O Ano em que nos Amámos PerigosamenteOpinião

Sobre a autora:
Julia London é autora de mais de duas dezenas de romances e bestseller do New York Times e do USA Today. Já recebeu o Romantic Times Bookclub Award para Melhor Romance Histórico e foi quatro vezes finalista do prestigiado prémio RITA pela excelência em ficção romântica. 
Para acompanhar todas as notícias sobre Julia London, visite http://www.julialondon.com. 
Siga-a no Facebook em http://www.facebook.com/julialondon

Saiba mais em: Quinta Essência


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Uma história de paixão, dever, segredos e escândalos familiares

Título:O Perfume Secreto 
Autor: Fiona McIntosh
N.º Páginas: 436
PVP: 16.60 €
ISBN: ISBN 9789897415784

Sinopse:
Na véspera da Primeira Guerra Mundial, Fleurette, a única filha da rica casa perfumista Delacroix, está a ser forçada a casar com um homem que detesta, Aimery De Lasset, diretor da mais famosa fábrica de perfumes em França. Apenas os sinos da catedral a dobrarem para convocar os homens para a linha de frente na noite do casamento a salvam de consumar a noite de núpcias.
Quando recebe uma carta do irmão afastado de Aimery a advertir contra a união de ambos, Fleurette fica com o fardo de um segredo terrível. É um segredo que tem o poder de destruir as duas famílias e seus impérios perfume de uma vez por todas.
O Perfume Secreto é uma festa inebriante para os sentidos, uma história muito apaixonada e dramática sobre o dever, o engano e o desejo.

«Fiona McIntosh é uma contadora de histórias extraordinária.» - Book'd Out
«Fiona McIntosh é uma escritora prolífica e superior do género e, se gosta de ficção romântica popular, seria uma loucura não a ler.»  - The Age

Sobre a autora:
Fiona McIntosh é uma das escritoras mais prolíficas e queridas da Austrália, publicada em todo o mundo em várias línguas e em vários géneros, mas são as suas aventuras românticas históricas que estão a captar a imaginação do enorme público da ficção geral. O seu romance mais recente, O Perfume Secreto, está entre os oito títulos nomeados em 2016 para a categoria de Melhor Ficção Geral nos Australian Book Industry Awards.
Fiona é casada e tem gémeos. Vive no sul da Austrália, mas percorre o mundo para pesquisar as suas histórias. Quando não está a escrever, a ler ou a dar aulas de escrita faz doces e bolos e considera comer bom chocolate e beber bom café alguns dos seus passatempos.

Saiba mais em: Quinta Essência


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Título: Puro Prazer
Autor: Jess Michaels
N.º Páginas: 248
PVP: 15.50 €
ISBN: ISBN 9789897416118

Sinopse:
Uma amante nunca deve ter a ingenuidade de se apaixonar pelo seu protetor nem de lhe confiar o seu futuro financeiro. Mariah Desmond fez as duas coisas e o seu amado protetor morreu e deixou-a sem nada. Obrigada a procurar outro protetor, está decidida a agora guiar-se pelo  instinto de sobrevivência e não pelo coração. Mas quando assiste a uma das escandalosas festas de Vivien Manning, o rosto familiar do melhor amigo do seu falecido amante apanha-a desprevenida.
Um passado doloroso ensinou John Rycroft que não tem tendência para ser o príncipe encantado de ninguém. O seu fraco por Mariah – melhor dizendo, o seu forte – é precisamente o motivo por que se manteve à distância. Contudo, ao vê-la namoriscar com um enxame de homens que competem por se tornarem o seu próximo amante, algo dispara no seu íntimo.
Quando John a arranca aos seus pretendentes, a indignação de Mariah derrete-se no calor da ardente química entre os dois. Mas rapidamente descobre que não é fácil navegar nas tempestuosas águas emocionais de John. Sobretudo quando a violenta perseguição do pai para recuperar o domínio do filho coloca a sua vida em perigo.

Da mesma autora, no blogue:
Tabu Opinião

Sobre a autora:
Jess Michaels escreve desde o dia fatídico em que o marido lhe disse: «Só és realmente feliz quando estás a escrever. Porque não fazes isso?» Em Novembro de 2003, o seu trabalho (e vários baldes de lágrimas) compensaram quando ela fez a sua primeira venda à editora Red Sage. Jess tem sido apelidada de «estrela do romance sensual», e o seu trabalho foi descrito como «demasiado ‘quente’ para largar». Também escreve romances históricos como Jenna Petersen. Jess vive no Midwest dos Estados Unidos.

Saiba mais em: LeyaOnline


sexta-feira, 7 de outubro de 2016
Sinopse: 
Cameron Hamilton está habituado a ter o que quer, especialmente no que toca às mulheres. No entanto, quando Avery Morgansten irrompe na sua vida, finalmente conhece alguém que consegue resistir aos seus encantos. A distância que a rapariga impõe entre os dois constitui um desafio perturbador e excitante, que o intempestivo jovem não tarda a abraçar. Só que Avery tem demasiados segredos, dilemas sombrios que a impedem de admitir os seus verdadeiros sentimentos por Cam. Será que a persistência, e algumas bolachas caseiras deliciosas, vão ajudar Cameron a quebrar todas as barreiras e ganhar a confiança de Avery? Ou será que os segredos que ambos guardam os afastarão em definitivo, deitando a perder a primeira e derradeira oportunidade de um tipo de amor que dura para sempre?

Creio que depois de me ter deixado levar pelo apaixonado romance entre Avery e Cameron, em Espero por ti, era muito difícil resistir a conhecer a versão masculina daquele que foi um dos meus primeiros, e preferidos, romances new adult. Assim, dramas e dilemas do passado por ultrapassar, as primeiras dificuldades da vida adulta e as emoções constantes de cariz afectivo ou familiar são os trunfos de Confia em mim, que apesar de não trazer nada de novo para o enredo será, efectivamente, uma agradável redescoberta da história para todas as fãs de uma personagem masculina espectacular. 

O primeiro encontrão, o observar das estrelas e pequenos-almoços irresistíveis voltam a preencher o imaginário do leitor que junta, uma vez mais, todos os pedacinhos de um amor com muitas barreiras e contradições, com cicatrizes profundas que podem marcar para sempre os relacionamentos de um ser humano habituado a viver contando, apenas, consigo próprio. Agora, no entanto, pesam também as atitudes repentinas e as acções inconsequentes, com os efeitos concretos dos erros da juventude no início da idade adulta a definir o presente. Os segredos são maiores e mais expressivos rumo ao mesmo final, é certo, mas com curvas e contracurvas diferentes. 

Sinceramente, não há muito mais que eu vos possa contar em relação a este enredo que não seja spoiler ou não tenha citado na opinião anterior (link abaixo). 
Provavelmente, um Cam mais consistente dá-vos uma perspectiva maior da sua virilidade, mostra-vos a atractividade de um desafio para qualquer “macho alfa” conhecedor das suas qualidades e do seu poder de sedução. Por outro lado, assistir à mudança que sofre quando se apaixona pela primeira vez é interessante e dá ainda mais valor aos seus sentimentos.
Avery, por sua vez, aparenta ser mais frágil do que quando a conheci pela primeira vez sendo que, neste sentido, acabei por gostar mais da sua versão de si mesma, de a ver pelos seus olhos, e de construir o puzzle complexo que é a sua mente. 

Não vos vou mentir, a falta de impacto, quer em relação aos segredos dos protagonistas, quer em relação ao rumo da história, privou-me um pouco do prazer da leitura inicial, ainda assim confesso que gosto da escrita de Jennifer Armentrout, dos diálogos às descrições, que continua a fazer-me sorrir nos momentos certos ou emocionar-me com o seu final que, depois de muitas “revelações”, termina com todos os predicados que constroem um bom livro de entretenimento. 

Esta é uma aposta Porto Editora, especialmente dedicada aos fãs da autora e da primeira história e que, de qualquer forma, pode ser lida em separado do volume anterior oferecendo um novo olhar sobre um bonito romance. 

Da mesma autora, no blogue:
Espero por tiOpinião

Título: Confia em mim
Autora: Jennifer Armentrout
Género: Romance; New Adult


quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Três anos depois de A Desumanização, obra aclamada por leitores e críticos de vários países, e numa altura em que assinala 20 anos de percurso literário, Valter Hugo Mãe regressa com Homens imprudentemente poéticos, um novo e magistral romance que a Porto Editora faz chegar às livrarias a 3 de outubro. Na véspera, o livro foi apresentado no Porto, na Casa da Música, e uma semana depois em Lisboa, dia 8, no Teatro S. Luiz.

Título: Homens imprudentemente poéticos
Autor: Valter Hugo Mãe
N.º Páginas: 216
PVP: 16.60 €
ISBN: 978-972-0-04886-8

Sinopse:
Num Japão antigo o artesão Itaro e o oleiro Saburo vivem uma vizinhança inimiga que, em avanços e recuos, lhes muda as prioridades e, sobretudo, a capacidade de se manterem boa gente.
A inimizade, contudo, é coisa pequena diante da miséria comum e do destino.
Conscientes da exuberância da natureza e da falha da sorte, o homem que faz leques e o homem que faz taças medem a sensatez e, sobretudo, os modos incondicionais de amarem suas distintas mulheres.
Valter Hugo Mãe prossegue a sua poética ímpar. Uma humaníssima visão do mundo.

Leia um excerto Aqui

Ao sétimo romance, motivado pela tradição japonesa da honra e da espiritualidade, Valter Hugo Mãe apresenta uma visão deslumbrante do mais inspirador Oriente. Na esteira da herança de Wenceslau de Moraes, Hugo Mãe procura auscultar o Japão para entender a beleza dos seus modos – a profundidade da cultura e da sua prudência poética.


Sobre o autor:
Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou seis romances: A desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobos, O paraíso são os outros; As mais belas coisas do mundo e O rosto. A sua poesia foi reunida no volume contabilidade, entretanto esgotado. Publica as crónicas Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras.


Saiba mais em: Porto Editora

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Com o maravilhoso apoio da Individual Editora, trago-vos hoje um novo passatempo meus queridos. 



Para sorteio, está disponível um exemplar do título Deuses de Dois Mundos – O Livro da Traição de PJ Pereira

Para se habilitarem a este exemplar, terão unicamente de responder às fáceis questões abaixo colocadas, ter atenção as regras de participação e ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
A partilha do link nas redes sociais não é obrigatória, mas se o fizerem podem participar novamente – uma vez por dia.

Descubram a suas respostas aqui no Blogue.

Boas leituras*

Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 21 de Outubro de 2016 (sexta-feira).
2. Só é possível uma participação por pessoa e e-mail.
4. Ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
5. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
6. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
7. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
8. Boa Sorte!


Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 13/08!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide