Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

terça-feira, 5 de julho de 2016

«Um misto do melhor de Umberto Eco e John Le Carre.» - The Independent 

Título: O Espião do Vaticano
Autor: Luther Blissett
N.º Páginas: 624
PVP: 16.90 €
ISBN: 9789896379681

Sinopse:
1517: Martinho Lutero prega as suas 95 teses nas portas da catedral de Wittenberg, exigindo uma reforma na Igreja Católica, e desencadeando o período de violência a que chamamos Reforma Protestante.
Nesta época caótica devastada por guerras religiosas, um jovem estudante de teologia abraça a causa dos heréticos e dos excomungados. Imerso no xadrez político da Europa, e viajando das planícies alemãs até Veneza, o nosso herói vê-se perseguido por uma misteriosa figura denominada Q, um espião papal e caçador de hereges.
Poderoso, rico, inventivo e intelectualmente estimulante, O Espião do Vaticano é uma história das seitas e intrigas e, simultaneamente, um romance épico de espionagem, traição e brutalidade. Estamos perante um livro inigualável, que nos fala de nós próprios e porque somos como somos.

Sobre o autor:
Luther Blissett é um pseudónimo multi-usuário, uma identidade em aberto, adoptada e compartilhada por centenas de hackers, activistas e operadores culturais em vários países, desde 1994. Em Itália, no período 1994-1999, o chamado Luther Blissett Project adquire notoriedade tornando-se uma lenda, uma espécie de herói popular, um Robin Hood da era da informação que organiza zombarias, passa notícias falsas aos media, coordena heterodoxas campanhas de solidariedade a vítimas da repressão. (…) O romance O Espião do Vaticano (Q) é redigido no triénio 1996-98 por quatro membros do grupo bolonhês do LBP, sendo publicado pela editora Einaudi em Março de 1999. Nos anos seguintes é traduzido para inglês, espanhol, alemão, holandês, francês, português, dinamarquês e grego. Os quatro autores de O Espião do Vaticano saem a céu aberto em 6 de Março de 1999 com uma entrevista para o diário La Repubblica. Apesar do título sensacionalista, nas respostas não se reduz de maneira alguma a complexidade do fenómeno Luther Blissett nem, muito menos, se renuncia às práticas anteriormente adoptadas. "Os nossos nomes têm uma importância mínima e as nossas histórias individuais são ínfimas. Somos a equipa que escreveu Q, mas não chegamos a constituir o 0,04% do Luther Blissett Project". O livro O Espião do Vaticano tem passagens que em muito lembram a escrita de Umberto Eco. Rumores dizem que o livro também teve a mão do famoso pensador italiano, mas nunca nada se confirmou Em Dezembro de 1999 termina o Plano Quinquenal do LBP. Todos os veteranos (os que utilizam o nome desde 1994) perpetram um suicídio simbólico, denominado Seppuku (suicídio ritual japonês). O encerramento do LBP não implica de forma alguma no fim do pseudónimo, que continuará a ser adoptado por muitas pessoas em vários países.

Saiba mais em: Saída de Emergência


0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Até 26 de Março!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Até dia 2 de Abril!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide