Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Sinopse:
Holder é um adolescente em busca da sua melhor amiga, Hope, a quem voltou costas um dia, há treze anos. O mesmo dia em que ela foi raptada e levada para sempre. Quando uma tragédia envolve a irmã gémea de Holder, Less, a necessidade de encontrar Hope torna-se mais forte do que nunca. Holder sente-se diariamente perseguido por fortes sentimentos de culpa, e os remorsos que sente por não ter conseguido ajudar nem a sua irmã, nem Hope, são devastadores.
Quando um dia, inesperadamente, se cruza com uma rapariga que se parece com Hope, Holder vai fazer tudo para se aproximar dela a fim de reencontrar a paz de que tanto necessita. Mas porque insiste Hope em dizer que se chama Sky e que não o conhece? E, por outro lado, porque sente Holder que esta rapariga, que o rejeita e se tenta afastar, precisa tanto dele quanto ele precisa dela?
Uma Nova Esperança (Hope) narra pela voz de Holder um reencontro que trará memórias há muito esquecidas e que revelará verdades que poderão doer demasiado. Para alcançarem a paz e a felicidade, Holder e Hope terão de encarar a mais dolorosa e íntima das memórias. Conseguirão ambos traçar um caminho juntos após desenterrarem um passado tão difícil? E será o amor de Hope a chave para uma nova esperança na vida de Holder?

Não vos vou mentir, nunca pensei gostar tanto desta autora. Nunca pensei que ao ler uma história sua pela segunda vez, mas sob a perspectiva de uma personagem diferente, esta conseguisse ter sobre mim, novamente, um efeito encantatório tão forte e intenso como na primeira experiência.

Colleen Hoover tem a raríssima capacidade de expor aquilo que muitos consideram impossível de reproduzir por palavras, emoções cruas que todos conhecemos mas que cada um vive de forma singular. A sua escrita, no entanto, consegue-o maravilhosamente, fazendo com que o leitor sinta por si mesmo a ficção e conseguindo esta transcenda o papel, levando-o a sorrir com os sentimentos leves, tocando-o nas situações mais difíceis e evolvendo-o plenamente, enquanto a brutalidade de realidades distantes torna sôfrega a vontade de folhear mais uma página, transbordando-a para que faça parte de nós.

A história deste livro é exactamente a mesma que se encontra retratada em Em Caso Perdido – Hopeless, uma história que todos os leitores deveriam conhecer, a história de Sky. No livro anterior, pela sua voz, conhecemos o seu presente e vimos o seu mundo ruir quando descobre que o seu verdadeiro passado estava recalcado por uma verdade capaz de a destruir. Assistimos, igualmente, à forma como esta eclode e floresce quando conhece Holder e como, posteriormente, a sua vida desaba e se reinventa ao lado deste extraordinário rapaz.
Em Hope – Uma Nova Esperança o leitor vai viver novamente esta história mas contada por Holder e, acreditem, Holder irá ultrapassar todas as expectativas que podem ter sobre o seu protagonismo. Mais pormenores e uma nova perspectiva são a bagagem imensa que torna o olhar sobre esta narrativa completamente fascinante, cativando e embalando uma vez mais quem lê para este drama de proporções avassaladores e emoções que tanto desacreditam como dão Uma Nova Esperança ao mundo de ambos.

Todos os intervenientes que na obra antecedente eram relevantes voltam a ter destaque mas há novidades, com muitos dos que são unicamente próximos de Holder dados a conhecer e que, de alguma forma, acabam por interferir no seu envolvimento emocional com Sky.
O melhor amigo e os pais são certamente figuras que dão brilho ao texto e nos ajudam a compreender os problemas deste jovem-adulto mas é Less, a sua irmã-gémea, que apesar de ausente merece maior atenção. É nas palavras que Holder dirige a Less que este se abre completamente ao leitor e a forma despida, quase bruta e ao mesmo tempo tão enternecedora como o faz é um dos pontos fortes do enredo. Eu já o adorava, confesso, mas ele tornou-se numa personagem inesquecível. Sim, tem defeitos, problemas e perturbações psicológicas que nos podem fazer temer o pior, mas a maior parte das suas lacunas nascem da culpa e da crítica a si mesmo, nascem da sua capacidade de sentir sem barreiras, algo a que é maravilhoso assistir.
Quanto a Sky já anteriormente era difícil não gostar de si mas agora, idolatrada Holder, ela chega ainda mais longe. Tal como com o narrador, ela desperta o desejo de a mimarmos, de cuidarmos de si, sempre tão frágil e tão forte, uma espécie de alegria borbulhante em luta permanente com a apatia, com a vontade de sentir, que ambicionamos manter sempre por perto, sempre feliz.

Embora, eventualmente, o leitor já saiba as problemáticas que vai encontrar, o facto de ser outra entidade a analisá-las, senti-las e abordá-las dá uma nova dinâmica à história, igualmente perturbadora e chocante. Sinceramente, acho que é impossível não se permitir experienciar um pouco das emoções arrasadoras dos dilemas tratados e não reflectir sobre os mesmos, sobre a possibilidade de algo assim estar mais perto de nós do que julgamos e só chegarmos a ter conhecimento de tal, se chegarmos, já tarde demais. Para mim, creio que foi mais fácil compreender Holder por este medo que tenho, de ser cega ao que me rodeia.


Quase a terminar, continuo a adorar a forma arrebatadora como o romance é tratado nesta história, se bem que nesta perspectiva este seja mais fabulado, afinal de contas Holder viu Hope em Sky. De qualquer forma, desde os primeiros passos, experiências e intensos desenvolvimentos entre ambos até à montanha-russa afectiva e cheia de becos sem saída que este rapaz vive constantemente, é magnífica a forma como se cativam mutuamente e como se alimentam, consolam e ajudam a sobreviver perante aquilo com que são confrontados. São um casal verdadeiramente especial.

Concluindo, de certa forma esta foi uma nova história apesar de eu já saber as teias do seu enredo e voltei, facilmente, a sentir à flor da pele todas as emoções que anteriormente já tinha experienciando com este par que, por si só, já oferece uma leitura apaixonante.  

Este livro é efectivamente uma aposta de sucesso da Topseller, a que todos os adeptos do género deveriam dar uma oportunidade, que promete para breve um novo título da mesma autora – mais uma leitura obrigatória!

Da mesma autora, no blogue:
Um Caso Perdido – HopelessOpinião

Título: Hope – Uma Nova Esperança
Autora: Colleen Hoover
Género: Romance; Young Adult; Drama
Editora: Topseller



0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Até 7 de Maio!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide