Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Sinopse:
Uma menina dança e rodopia pelas salas de um museu. Ela sente que está a viver uma aventura fantástica. Cada obra de arte provoca algo de novo dentro de si: divertimento, curiosidade, alegria, inspiração. Quando se encontra diante de um quadro em branco, ela é levada a criar e a expressar-se - que é o maior sentimento de todos.

Já não me recordo da última vez em que folheie um livro infantil com a intenção de tecer uma opinião mas, convenhamos, nada melhor que a sinceridade e a inocência dos mais pequenos para nos inspirar a falar sobre O Museu.

A narrativa escrita de Susana Verde não poderia ter um enredo mais simples nem conter na sua simplicidade mensagem mais oportuna.
Uma menina visita um museu e cada peça de arte que vê desperta em si, de modo diferente, a sua criatividade, até que se depara com uma enorme tela em branco e o seu imaginário pueril mistura-se com a arte, produzindo a prodigiosa e singular magia que a fertilidade inocente das crianças consegue alcançar.

As ilustrações de Peter H. Reynolds são verdadeiramente bonitas, pontuando de cor e fascínio o que muitas vezes deixa os pequenos reticentes perante a perspectiva de visitar um museu.
Obras mundialmente famosas estão retratadas encantadoramente, permitindo uma primeira abordagem a nomes como Munch ou Picasso, na mesma medida em que formas e cores ganham uma dinâmica importante nas primeiras aprendizagens.


Pessoalmente, eu gostei desta obra não tanto pela sua história mas pela forma como esta se encontra trabalhada, provocando e despertando a sensibilidade das crianças para a conexão da emoção transmitida pela arte. Acredito que os jovens dificilmente têm a mesma perspectiva que um adulto de uma peça de arte e que, mesmo para os graúdos, é maior a necessidade de sentir para apreciar do que simplesmente avaliar a qualidade do objecto. 
Igualmente importante, e fortemente discutidas, são as temáticas em torno da importância de levar os mais novos a desenvolver o seu lado criativo paralelamente a outras áreas cognitivas de aprendizagem – algo que eu considero crucial. Permitir que uma criança se expresse dançando, pintando ou desenhando não só permite ao educador conhecer melhor a criança como lhe dará liberdade para que, posteriormente, esta venha a revelar uma maior abertura noutras áreas.

Em suma, O Museu é um livro indicado para criança entre a partir dos 6 anos mas que pode perfeitamente ser lido pelo educador, que aproveita para ir despertando a sensibilidade do pequeno para a arte e a criatividade – ou questões mais simples como cores, formas e vocabulário.

Esta é uma aposta Editorial Presença que eu, por exemplo, ofereceria sem problemas a qualquer criança que conheço.

Título: O Museu
Autora: Susana Verde
Ilustrador: Peter H. Reynolds
Género: Infantil

Para comprar o livro O Museu, clique aqui.


0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Até 26 de Março!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Até dia 2 de Abril!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide