Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Sinopse:
Visto de fora, o casamento de Julia e Michael parece ser perfeito. Ambos filhos de infâncias difíceis, vivem agora uma vida de sonho na sua casa luxuosa em Washington, DC. Julia é uma organizadora de eventos muito requisitada, e Michael acaba de vender a sua bem-sucedida empresa por 70 milhões de dólares. Mas, na verdade, ao longo dos anos Michael foi-se afastando de Julia, privilegiando o trabalho, e vivem ambos uma relação infeliz, apesar de funcional.
Um dia, inesperadamente, Michael tem uma paragem cardíaca. Quatro minutos e oito segundos depois, um desfibrilhador portátil reanima o seu coração. E no decorrer daqueles minutos perdidos, ele torna-se uma pessoa diferente. Agora, o dinheiro nada lhe diz, e Michael resolve desfazer-se de todo o património.
O mundo de Julia colapsa. Por um lado tem agora o vislumbre do homem que outrora amou mas que, ao longo dos anos, se foi tornando um estranho; por outro, feridas do passado tardam em sarar e deixam-na reticente quanto a esta mudança. Será possível voltar a acreditar numa vida simples e mais feliz?


Vida. Tão frágil e valiosa, senhora de tudo o que nos pertence, da justiça ao amor passando pelos seus antónimos. Vida. Dona de toda a importância e sentidos, dona de tudo o que lhe oferecemos e de que carecemos.

Eu já conhecia Sarah Pekkanen e tinha ficado encantada com a sua maior qualidade, uma sensibilidade palpável para falar de temas que fazem brilhar ou amargurar o que há em nós, com a sua capacidade de dissecar a humanidade e expor as suas lacunas com a mesma intensidade com que nos desperta para o que verdadeiramente tem valor.
Vida. É esta a temática principal desta história, a história de uma vida que começou pela segunda vez quando terminou, mudando de forma inesperada todas as vidas que a rodeavam.

Utilizando as recordações, a voz do passado, para dar corpo e esperança ao presente, Quando o Teu Coração Parou conta-nos uma linda história de amor destruída pela ambição.
Michael tornou-se milionário e, sem abandonar a sua esposa, ofereceu-lhe a solidão talhada a diamante. Julia, por sua vez, colocou de parte os sorrisos e devolveu-lhe o troco em sentimentos, trocando emoções por acções e aprendendo a usufruir de uma vida de luxo e exuberância.
Por capricho do destino, este par será confrontado com os seus medos e pecados mas, uma coisa é certa, para o bem e para o mal o tempo não retrocede e, tendencialmente, só nos apercebemos que se escoa entre os dedos quando já não há como voltar atrás.

É quase difícil gostar deste casal de protagonistas, com demasiados defeitos, com demasiada dificuldade em ver a realidade como ela e caracterizado, principalmente, pelo lado sombrio comum à índole de grande parte das pessoas.
Ele é obsessivo pelo trabalho, ambicioso, do tipo que não olha a meios para atingir fins, fazendo-nos duvidar se merece reconquistar o amor da sua mulher. E ela, acomodada à riqueza, distanciada do que ama, não deixa de nos levar a reflectir se as suas aflições e desconfianças não são a paga merecida pela dor que está a sentir. Mas descansem, eles têm qualidades, apenas se esqueceram das mesmas enquanto percorriam as suas vidas por caminhos que se distanciaram do que mais amavam.

Embora muito centrada nas suas personagens e nos seus percursos, esta narrativa aposta fortemente na reprodução de relações afectivas e esta é, para mim, uma das suas mais-valias. O casamento é, efectivamente, o contexto familiar mais explorado e, neste sentido, a autora aborda diversas problemáticas conjugais e questões domésticas pertinentes.
Igualmente, a amizade acaba por ter um papel de destaque fundamental através da personagem Isabelle que, de forma natural, introduz temas contemporâneos e que mais uma vez nos direccionam para relações afectivas.

Há, ainda, espaço para pormenores interessantes que dão um toque especial ao texto, é disso exemplo a relação de Julia com a ópera, que a protagonista associa a tudo um pouco na sua vida e, em particular, aos momentos mais marcantes. O vício do jogo é outra questão que torna o livro mais atractivo, alertando para os dilemas deste mal mundano e, também, o retrato da mulher moderna dos nossos dias, que trabalha e alcança a sua independência mas que, nem por isso, se torna desligada da necessidade apoio noutras áreas da sua vida.

Em suma, esta obra tem um teor relativamente dramático, há muitas lágrimas por parte das figuras de relevo, mas não deixa de ser uma história muito bela, na medida em que retém imensas lições que devemos guardar na memória, com a certeza de que são fundamentais para que não haja arrependimentos no futuro. Afinal de contas, nem todos temos direito a uma segunda oportunidade.

Sarah Pekkanen cumpriu as expectativas, a sua escrita simples continua a saber tocar pontos sensíveis do leitor, sem necessidade de lirismos, pelo contrário, revelando um lado muito cru do ser humano.
Gostei da forma como a autora enriqueceu os acontecimentos presentes com o passado, de forma bastante natural, que permitiu uma compreensão total dos significados finais e mantendo controladas as emoções do leitor, que poderia partir em defesa de determinados intervenientes erroneamente – há uma aquisição total de informações.

Da minha parte, gostei deste livro não só pela forma como faz as abordagens a determinados temas mas também pela forma como está muito bem construído. É o tipo de título que poderia ser banal, com um enredo que não tem nada de especial, mas que cativa porque a sua autora é talentosa e sabe chegar ao leitor, sem a necessidade de grande criatividade ou de marcas extraordinárias. Esta é uma autora a que continuarei atenta, não tenham dúvidas.

Esta é uma aposta Topseller muito bem-vinda para os fãs de romance, a quem eu recomendo se procurarem um bom livro de entretenimento mas com a dose certa de seriedade quando reflectirem sobre o texto.

Da mesma autora: 
Dias de Paixão (Opinião)

Título: Quando o Teu Coração Parou
Autora: Sarah Pekkanen
Género: Romance; Drama
Editora: Topseller






O book trailer de apresentação, proporcionado pela Topseller, da mais recente obra em terras lusas de Sarah Pekkanen. Esta autora tem uma sensibilidade extraordinária… espreitem!

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Ele é rico, incrivelmente atraente e arrogante. Ela é fantástica, lindíssima e ambiciosa. Irão chocar um com o outro ou acabar envolvidos?

Título: Envolvidos
Autor: Emma Chase
N.º Páginas: 256
PVP: 15.98 €
ISBN: 978-989-8626-53-0

Sinopse:
Drew Evans trabalha diariamente em negócios de milhões e seduz todas as mulheres de Nova Iorque com um único sorriso. Se a vida lhe corre tão bem, então porque é que está fechado em casa há sete dias, a sentir-se miserável e deprimido? Ele vai dizer a toda a gente que está com gripe, mas a verdade não é bem essa.
Quando Katherine Brooks é contratada para trabalhar com Drew no banco de investimento do pai, a sua vida de playboy, habituado a ter tudo o que quer, dá uma volta de 180º. A competição profissional a que ela o sujeita irrita-o, a atração que sente por ela é perturbadora e a sua aparente inabilidade para conquistá-la é exasperante. Seja como for, Drew tem uma única regra inquebrável na sua vida: não se envolver com colegas de trabalho.
Mas será que Drew vai ser capaz de resistir a Kate? E como é que uma única mulher pode transformar o mais sedutor e bem-sucedido dos Don Juans num pobre homem desesperado?

Leia um excertoAQUI


Sobre a autora:
Emma Chase é uma escritora norte-americana, autora dos livros Envolvidos (Tangled) e Twisted, bestsellers do New York Times e do USA Today.
Vive com o marido e com os seus filhos em New Jersey.
Mais sobre a autora em: www.emmachase.net

Saiba mais em: Topseller


terça-feira, 26 de agosto de 2014

Guiados pelo destino, incitados pelo desejo. Embateram no amor numa corrida sem tréguas.

Título: Dominada
Autor: K. Bromberg
N.º Páginas: 352
PVP: 18.79 €
ISBN: 978-989-8626-49-3

Sinopse:
Rylee Thomas sempre teve a sua vida sob controlo. Até conhecer um homem que a deixou completamente rendida. E descobrir como pode ser tão bom deixar-se dominar?
Num mundo cheio de mulheres fáceis e disponíveis, eu sou um desafio para o soberbo, e incrivelmente belo, Colton Donavan. Um homem habituado a fazer exatamente o que quer em todos os aspetos da sua vida. Ele é o bad boy imprudente que pisa constantemente o risco, dentro e fora da pista de corrida.
Colton surgiu na minha vida como um furacão: destruiu a minha sensação de controlo e testou as minhas fraquezas e limites. Ele dilacerou o mundo disciplinado e previsível que eu cuidadosamente reconstruíra.
E, por tudo isso, eu não posso dar-lhe o que ele quer, e ele não pode oferecer-me aquilo de que preciso. Mas como posso virar-lhe as costas depois de ter descoberto que, por entre o fascínio que o rodeia, ele possui uma alma atormentada e esconde os mais negros segredos?
A nossa química é inegável. A nossa necessidade de controlo é irrefutável. Mas quando os nossos mundos colidem, será o desejo o suficiente para nos juntar? Ou será que os segredos que guardamos vão acabar por nos afastar?

Leia um excerto AQUI


Na Amazon.com, as opiniões colocam o livro muito perto da perfeição - 4,7 em 5 – enquanto no Good Reads, os 4,38, em 5, indiciam igualmente que Dominada é, sem dúvida, uma excelente leitura num género que atrai cada vez mais leitores.

Sobre a autora:
K. Bromberg é uma autora bestseller do New York Times e do USA Today. Os seus livros, além de serem êxitos sucessivos de vendas, têm recebido as melhores críticas de leitores em todo o mundo.
Dominada é o primeiro livro de uma trilogia de sucesso que está permanentemente no top 10 dos mais vendidos na Amazon. K. Bromberg vive no sul da Califórnia com o marido e os seus três filhos.

Saiba mais em: Topseller



Sinopse:
Vanessa «Michael» Munroe trabalha com informação. Depois de escapar a uma infância traumática numa África Central sem lei, a sua formação e o seu treino permitem-lhe obter todo o tipo de informações, independentemente do cenário de operações onde se encontre. Por isso, é agora requisitada por empresas, instituições, chefes de estado e clientes privados que podem pagar os seus serviços únicos no mundo.
Quando um bilionário texano do mundo do petróleo a contrata para encontrar a sua filha desaparecida em África, Munroe regressa a um mundo selvagem e profundo que tão bem conhece, enfrentando forças misteriosas que estão determinadas em manter em segredo o destino da rapariga desaparecida.
Para ter alguma esperança de sair da selva com vida, Munroe vai ter de enfrentar, finalmente, os fantasmas do passado que durante tanto tempo fez por esquecer.

Não há nada, absolutamente nada, que eu não tenha gostado neste livro – adorei.
Embora eu leia muito poucos policiais creio que é unânime entre todos os leitores, esta história tem tudo para merecer os melhores elogios. Começando por uma protagonista brilhante e terminando nos seus cenários maravilhosamente descritos, quase sensoriais, esta narrativa de mistério é plena em acção e cenas tensas que passam emoções fortes para o leitor, que a partir das primeiras páginas ficará viciado na tentativa de resolver os muitos e imprevisíveis enigmas de A Informacionista.

Não é por acaso que Taylor Stevens é uma escritora premiada, inteligente e atenta ao mundo que a rodeia, a autora criou uma ficção de extrema qualidade que conjuga factores emocionais com temáticas actuais e pertinentes que cativam a atenção do leitor, que tão depressa tão depressa sustem a respiração, enleado na forma complexa como este enredo se desenvolve, como se surpreende pelos diálogos simples, crus e directos, que definem momentos de vida ou morte.

Como o próprio título sugere, esta história conta-nos, em parte, o trabalho levado a cabo por Munroe, uma mulher fiel aos seus princípios que recolhe informações para poderosas entidades. Quando ela aceita ser contratada por um magnata do mundo do petróleo para encontrar a sua filha, desaparecida de forma suspeita, na África Central, é oferecida a quem lê a oportunidade de apreciar todo o potencial desta personagem magnífica, uma mulher marcada de diversas formas por um passado que irá assombra-la da pior maneira possível no presente.

Vanessa Munroe, louca, forte e audaz, sensível, inteligente e sobredotada nos seus melhores atributos. Esta protagonista e meio livro, é uma verdadeira heroína dos tempos modernos com a capacidade de nos arrebatar inúmeras vezes durante a acção, transformando-se numa máquina talhada para matar tão depressa como revela humanidade quase, apenas quase, demasiado frágil.

Para lá de Vanessa, existem muitos intervenientes secundários interessantes e que contribuem de forma permanente para pontuar o texto. São disso exemplo Miles, que acompanha a protagonista na viagem, Beyard, uma figura tão imensa, ou a própria Emily, que apesar de ausente é fundamental. Destaco ainda os vilões, são tantos, em particular os quem nem sempre estão evidentes e, quem sabe, nem sequer presentes no livro.

Indiscutivelmente, o ambiente passado através destas páginas marcante. Taylor oferece um retrato tocante e assustador da África Central, especialmente da República da Guiné Equatorial mas também de países circundantes e que provocam igualmente um fascínio arrepiante. Da cultura à política, o jogo de poder revelado é desenvolvido com suspense e através de momentos verdadeiramente intimidantes.


Tráfico de armas e explorações petrolíferas são problemáticas que merecem, igualmente, ser citadas. Abordadas com contornos obscuros que revelam dinheiro sujo e manchado com sangue, são apenas mais uma das várias facetas desenvolvidas pela autora sobre povos inocentes regrados pela lei da violência, da bala, da selva, do mais forte.
Quase me esquecia, neste livro há ainda espaço para o romance e, acreditem, se a palpabilidade dos factos me sufocou pela crueldade, a parte da história que envolve amor roubou-me uma lágrima.

Em suma, esta obra é um carrossel emocionante para todos os amantes de um bom livro mas, efectivamente, uma excelente aquisição para os fãs do género thriller policial, que vão adorar as reviravoltas finais desta narrativa cheia de adrenalina.

Esta é uma das minhas apostas favoritas da Topseller até hoje, o primeiro título da trilogia Vanessa Munroe, que publicará no próximo mês de Setembro a continuação, Os Inocentes – aguardo-a ansiosamente. Um livro obrigatório!


Título: A Informacionista
Autora Taylor Stevens
Género: Thriler; Policial
Editora: Topseller





Já conheciam este livro? Bem deviam mesmo conhecer, tal como promete o book trailer, é um dos melhores livros que li este Verão repleto de adrenalina, acção e com uma heroína, simplesmente, extraordinária. 
Decorem, A Informacionista... Obrigatório!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Título: Em Segredo
Autor: Catherine McKenzie
N.º Páginas: 304
PVP: 16.69 €
ISBN: 978-989-8626-51-6

Sinopse:
Ao regressar a casa, vindo do trabalho, Jeff Manning é atropelado por um carro e morre. Duas mulheres ficam desfeitas perante a notícia: a sua esposa, Claire, e uma colega de trabalho, Tish.
Destroçada com a sua perda, Claire tem sobre os ombros o dever de confortar o filho, e ainda de lidar com os preparativos para o funeral e com a chegada do irmão de Jeff, com quem namorara anos antes.
Tish, por seu lado, voluntaria-se para estar presente no velório em nome da empresa, mas apenas ela sabe a dor que realmente sente.
Contada através das vozes de três pessoas, Jeff, Tish e Claire, a narrativa de Em Segredo explora a complexidade das relações, as repercussões das nossas escolhas individuais e a responsabilidade que temos perante aqueles que amamos.

Leia um excertoAQUI


«Uma exploração delicada e honesta dos segredos, da família e dos vários significados do amor verdadeiro…» - Booklist
«Ao mostrar a perspetiva das três personagens principais, através de capítulos alternados […], este romance constrói o suspense à medida que o leitor se interroga sobre o que verdadeiramente aconteceu. O quarto romance de Catherine McKenzie irá certamente agradar aos seus fãs e apelar aos leitores que apreciam ficção no feminino com um certo elemento de suspense.» - Library Journal
«Um enredo simples, a bom ritmo e personagens cativantes… Em Segredo merece ser um bestseller internacional.» - Booklist Montreal Gazette

Sobre a autora:
Catherine McKenzie é uma autora canadiana que conta já com quatro livros bestsellers: Spin, Arranged, Forgotten e Em Segredo. Além de escritora, Catherine McKenzie é advogada e escreve regularmente para o jornal Huffington Post.
A Topseller dá a conhecer ao público português mais um fenómeno internacional da escrita no feminino, com a publicação do seu mais recente título.
Mais sobre a autora em: www.catherinemckenzie.com

Saiba mais em: Topseller



Ela tem algo que outra pessoa quer. A qualquer custo…

Título: Até Que Sejas Minha
Autor: Samantha Hayes
N.º Páginas: 352
PVP: 19.99 €
ISBN: 978-989-8626-47-9

Sinopse:
Claudia parece ter a vida perfeita. Está grávida, vai ter um bebé muito desejado, tem um marido que a ama, embora ausente, e uma casa maravilhosa.
Depois, Zoe entra na vida dela. Zoe foi contratada para a ajudar quando o bebé nascer, e parece a pessoa certa para o cargo. Mas há qualquer coisa nela de que Claudia não gosta e que a faz desconfiar. Quando encontra Zoe no seu próprio quarto, a remexer nos seus bens pessoais, a ansiedade de Claudia torna-se um medo bem real…

Leia um excertoAQUI


«Muito tenso e extremamente bem escrito.» - Independent
«Um livro que não vai querer parar de ler até atingir a eletrizante última página. Prometo-lhe que nunca irá adivinhar o final, ainda que seja o mais experiente leitor de thrillers.» - Read It Swap It
«Um thriller absolutamente brilhante que o obrigará a acelerar até ao chocante final. Atenção: pode tirar-lhe o sono!» - Closer
«Se vai levar apenas um livro para as suas férias, tem de ser Até Que Sejas Minha.» - Cosmopolitan
«Obrigatório para os fãs de Em Parte Incerta, de Gillian Flynn.» - Psychologies
«Um final verdadeiramente espetacular…» - Entertainment Weekly

Sobre a autora:
Samantha Hayes é escritora profissional desde 2006, contando já com seis títulos publicados (Blood Ties, Unspoken, Tell Tale, Someone Else's Son, Até Que Sejas Minha e Antes Que Morras, este último a publicar brevemente em Portugal).
Os seus livros estão publicados em múltiplos países: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Holanda, Noruega, França, Espanha, Itália, Turquia, Hungria, Rússia, Brasil, Polónia e China.
Samantha Hayes viveu na Austrália e nos Estados Unidos antes de, finalmente, se estabelecer na sua terra natal, no centro de Inglaterra.
Escreve sobretudo thrillers psicológicos ambientados na vida familiar e focados em assuntos do quotidiano. Até que Sejas Minha é o seu livro de maior êxito até ao momento.

Saiba mais em: Topseller



A 20|20 Editora está de parabéns e quem ganha são os seus leitores, com muitas novidades apetecíveis a serem anunciadas para breve!
Alcançando um mercado variado, a parceira 20|20 Editora – e as suas várias chancelas – tem vindo a obter um crescimento contínuo e de destaque no panorama editorial nacional e o resultado está a vista, com grandes e novos autores a cativar cada vez mais adeptos entre os leitores portugueses.
Deixo-vos a mensagem enviada para todos os leitores:

«Cinco anos. Somos mais novos do que o nosso gato de estimação, mas já gastámos mais vidas do que o Joy para superar as surpresas e os percalços (sobrevivemos à falência de duas distribuidoras!) que o mercado do livro por vezes decide pregar.



Ultrapassámos todos os obstáculos, somos, por tal, reconhecidos e elogiados no meio, e aqui estamos hoje a festejar 5 anos de existência, com a certeza de estarmos a prestar um bom serviço aos leitores editando livros de qualidade.
Conseguimos, em apenas cinco anos, tornar-nos numa das seis maiores editoras portuguesas. Em 2013 a Booksmile terminou o ano como a terceira maior chancela infantil em valor, e a quarta em volume, enquanto a 20|20 Editora foi o quarto maior grupo infantil do mercado em valor e em volume, e o 9.º maior grupo editorial em valor, o sexto em volume.
E, é com objetivos ambiciosos que arrancamos para o último trimestre do ano, o mais importante para as editoras, com bestsellers que vão cativar os mais adultos e enriquecer os mais novos.

John Green (Quando a Neve Cai), autor bem conhecido entre os leitores portugueses, James Patterson (I, Alex Cross e Sunday’s at Tiffany’s), Janet Evanovich (A Perseguição) e Jeff Kinney (O Diário de um Banana 9), estes últimos autores do Top 6 mundial (Forbes), são alguns dos nomes de relevo que terão novos títulos a chegar às livrarias até ao Natal.»


Novidades para Agosto

No dia 28 de agosto chegam já às livrarias, pela Topseller, o thriller Não Digas Nada de Mary Kubica, Ama-me, o terceiro volume da série premiada de J. Kenner (Prémio Melhor Romance Erótico 2014) e Um Caso Perdido (Hopeless) da autora n.º 1 do New York Times Colleen Hover (Romance).
Destaque, ainda, para um lançamento da Booksmile. Pela primeira vez, os fãs d’O Diário de um Banana, coleção bestseller em Portugal e com mais de 115 milhões de livros vendidos em todo o mundo, terão uma agenda bem especial para utilizar e “abusar” ao longo do ano escolar.

Novidades para Setembro

Em setembro, a Topseller dá a conhecer um novo autor espanhol Marc Pastor, autor de A Mulher Má. Um thriller ao estilo de Sherlock Holmes, passado na cidade de Barcelona de 1912, baseado numa história verídica de uma mulher que raptava e comia crianças. C. W. Gortner regressa com um novo romance histórico, O Segredo dos Tudor, enquanto a saga de Vanessa Michael Monroe, personagem criada pela autora bestseller Taylor Stevens, continua em Os Inocentes.
Destaque, na Vogais, para os livros Mourinho Rockstar: As Duas Faces do Treinador Mais Polémico do Mundo, de Luís Aguilar, ABC da Poupança, de Ana Rosa Bravo, Dieta Anti-Cancro, de Magda Roma, e Um Homem Também Chora, de Mónica Menezes, este último um livro singular com testemunhos de homens que passaram pela experiência de cuidar de mulheres com cancro. A 20|20 Editora continua, assim, a apostar em autores portugueses.

Novidades para Outubro

Em outubro, James Patterson, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo com mais de 300 milhões de livros vendidos, regressa com I, Alex Cross, o terceiro título, publicado em Portugal, da série policial mais popular dos últimos 25 anos. Janet Evanovich, a autora de policiais mais bem-sucedida em todo o mundo, com mais de 75 milhões de livros vendidos, regressa com A Perseguição, o segundo volume da série Kate O’Hare. Para os fãs de thrillers intensos, Karin Slaughter traz-nos Fraturado, o segundo volume da série Will Trent.
A Vogais edita a imperdível biografia Antoine de Saint Exupéry: Vida e Morte do Principezinho, de Paul Webster. Já Philip Leonetti, “Crazy Phill”, conta, na primeira pessoa, a vida por dentro da família mais violenta da história da América e a queda sangrenta da La Cosa Nostra em O Príncipe da Máfia. Depois do sucesso da 1.ª edição, Kakebo, o famoso livro que tem ajudado os portugueses a poupar atualiza-se para o ano de 2015.

Novidades para Novembro

Em novembro, Quando a Neve Cai, editado pela Topseller, promete encantar os fãs da escrita de John Green. Um livro que reúne três romances de Natal, três histórias de amor escritas a três mãos: John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson.
A pensar no Natal dos mais novos, em novembro chega às livrarias, com a chancela Booksmile, aquele que será, como habitual, o livro infantojuvenil mais procurado, O Diário de um Banana 9, nono volume da coleção que já vendeu mais de 115 milhões em todo o mundo. A coleção bestseller Princesa Poppy, da autoria de Janey Louise Jones e com mais de meio milhão de livros vendidos em Portugal, continua a crescer, e tem dois novos títulos para as pequenas princesas.
A Vogais edita a uma completa biografia do Papa Francisco do conhecido jornalista britânico Austin Ivereigh (The Great Reformer: Francis and the Making of a Radical Pope).


E em 2015… Nova Chancela Literária!

A 20|20 Editora, mantendo a sua política de crescimento, tem a satisfação de anunciar que o catálogo do Grupo vai aumentar com o nascimento, em 2015, da chancela literária. A 20|20 Editora prevê lançar, sob a nova chancela, 15 títulos em 2015, entre autores nacionais e estrangeiros.
O nome da chancela fica, por enquanto, no segredo dos deuses. Mas não resistimos a revelar o primeiro nome que figurará no catálogo: Pearl S. Buck, Prémio Nobel da Literatura. Perdido durante 40 anos, A Eterna Demanda (The Eternal Wonder) é um romance inédito de Pearl S. Buck e chegará às livrarias nacionais em fevereiro de 2015.
Trata-se de uma exploração ficcional comovedora e portentosa dos temas que tanto diziam a Pearl S. Buck, A Eterna Demanda é, talvez, o seu trabalho mais pessoal e apaixonado, e cativará, sem dúvida, os milhões de leitores que sempre estimaram as suas obras ao longo de gerações.



Só boas notícias, não vos parece?
Os meus PARABÉNS à 20|20 Editora, espero que continue a proporcionarmos óptimas leituras por muito tempo.


domingo, 24 de agosto de 2014

Sinopse:
Addie has always been able to see the future when faced with a choice, but that doesn't make her present any easier. Her boyfriend used her. Her best friend betrayed her. So when Addie's dad invites her to spend her winter break with him in the Norm world, she jumps at the chance. There she meets the handsome and achingly familiar Trevor. He's a virtual stranger to her, so why does her heart do a funny flip every time she sees him? But after witnessing secrets that were supposed to stay hidden, Trevor quickly seems more suspicious of Addie than interested in her. She wants to change that. Laila, her best friend, has a secret of her own: she can restore Addie's memories . . . once she learns how. But there are powerful people who don't want this to happen. Desperate, Laila tries to manipulate Connor, a brooding bad boy from school--but he seems to be the only boy in the Compound immune to her charms. And the only one who can help her. In the suspenseful sequel to Pivot Point, Addie tries desperately to retrieve her lost memories and piece together a world she thought she knew before she loses the love she nearly forgot.

Sendo eu muito preguiçosa para ler em inglês, confesso que tenho algum cuidado com as minhas escolhas e, admito, expectativas elevadas a cada nova leitura. Dito isto, estou muito feliz por ter apostado e acertado em cheio no que respeita a esta duologia, que começou bem e terminou muito além do que eu poderia ter imaginado.

Num momento em que a ficção literária young adult explora exaustivamente o conceito de distopia aliado à ciência, Pivot Point conquistou-me pela sua originalidade, pelas suas personagens, boas e más, pelo seu enredo que tantas vezes me deixou expectante, na incerteza do que poderia acontecer, e completamente fascinada pelo seu final proibitivamente contraditório. Mas Split Second…. Split Second foi realmente mais além e conseguiu a proeza de alterar emoções convictas que eu tinha anteriormente.

Inteligente, Kasie West teceu uma narrativa que prima pelas múltiplas ilusões e possibilidades com o decorrer do texto, um texto em que nem tudo é o que parece e onde o poder de escolha é tanto uma benesse como uma maldição. A autora procurou, de forma diferente, revelar as muitas facetas da humanidade, transcendendo-a para tornar transparentes as suas qualidades e defeitos, enquanto reforçou a importância dos sentimentos.

A história decorre, em parte, num recanto escondido dos Estados Unidos, um local chamado Compound onde os humanos têm vindo a desenvolver e ampliar capacidades psíquicas aprendendo, assim, a manipular a matéria, o espaço e outras mentes.
O cenário onde esta espécie de elite se encontra é, por sua vez, futurista e repleto de tecnologia apenas sonhada pelos comuns mortais, Se no primeiro livro este ambiente era fascinante agora começa a revelar contornos menos atractivos, arriscados – como sempre acontece quando o conhecimento é possuído pela ambição humana –, que expõem ao longo da narrativa inúmeras surpresas que vão desconstruindo esta sociedade utópica e os seus segredos obscuros.

Em relação à personagem principal, se anteriormente eu tinha ficado a conhecer profundamente Addison, vivendo com igual fervor as duas possibilidades do seu futuro e a resultado da sua escolha, neste segundo título senti-me ainda mais próxima desta protagonista, que abdicou de metade do seu coração por alguém que contribuiu para partir o restante. Com um crescimento constante paralelo à sua bondade, inocência, é emocionante assistir à sua conquista de maturidade e à evolução das suas capacidades extraordinárias, quando abre os olhos para a dura realidade escondida na ilusão em que cresceu.

Utilizando, mais uma vez, capítulos intercalados para oferecer diferentes planos de acção, desta vez West não os dedicou apenas a Addie e às suas escolhas, dividindo a sua trama com uma segunda personagem de destaque, Laila, a melhor amiga de Addison e, anteriormente, a minha maior desilusão. Eu odiava tanto esta jovem quanto descobri vir a gostar dela agora. Para lá de me cativar constantemente, Laila enriqueceu esta leitura oferecendo consistência ao enredo, com o seu passado e presente, com a sua personalidade mordaz e com uma abordagem a problemáticas muito interessantes.
São ambas fantásticas e permitem, principalmente, o acompanhamento da ficção no Compound e entre os Norms, respectivamente, em simultâneo.

Existem, obviamente, muito intervenientes secundários e todos me pareceram cumprir o seu papel – com os pares românticos das jovens a merecerem um grande destaque pelos momentos entusiasmantes protagonizados – mas este é um livro de mistério, de acção e de crime, um livro onde a intriga, a traição e a corrupção estão presentes para contrabalançar valores, como a amizade, a família e o amor, e para abrir espaço a lugares-comuns, como os vícios e os perigos associados às escolhas mais fáceis.


Quanto à escrita de Kasie West, a autora conquistou-me. Quero ler mais obras suas pois sei que, com naturalidade, esta sabe mesclar momentos sérios com momentos de humor, num texto em que algo está sempre a acontecer e que nos hipnotiza pela sua divisão capitular muito assertiva.
Uma autora que é, sem dúvida, muito inteligente e criativa, que procura inovar sem esquecer os princípios básicos dos textos juvenis.

Pessoalmente, é-me muito difícil falar sobre este livro sem contar pormenores que fazem a diferença, sem cometer spoiler atrás de spoiler para quem não leu, pelo menos, Pivot Point.
No entanto, posso dizer-vos com toda a certeza que esta é uma história excelente para quem gosta de romance e ficção científica, para quem gosta de histórias com personagens jovens e dilemas comuns aliados ao impossível, com a capacidade de nos prender da primeira à última página.

Pivot Point (Opinião)

Título: Split Second
Autora: Kasie West
Género: Ficção Científica; Romance
Editora: HarperCollins



Apesar de este post já vir bastante atrasado, acho que sou capaz de me habituar a esta história de mostrar as aquisições em formato mensal. No entanto, confesso, é provável que não me possa alongar muito sobre cada um novos habitantes das estantes ou esta publicação corre o risco de adquirir um tamanho absurdo. Adiante.


A maior parte dos meus meninos ainda não está lida e/ou tem opinião por fazer, mas conto lê-los dentro em breve portanto não me estou a sentir culpada recuso-me a assumir o peso da minha consciência, este mês tem sido muito fraco em leituras.

A Planeta Manuscrito enviou-me este título de surpresa e confesso que ainda não o li porque cometi o erro de procurar opiniões e estas oscilam entre o excelente e o mau, mas vou lê-lo nas próximas semanas, tem de ser.
O Amante de Jodi Ellen Malpas – Informações



Também da Planeta vieram estas três beldades que já eram para estar na minha posse há algum tempo. A verdade é que Abril/Maio/Junho foram tempos complicados e agora toca de correr atrás do prejuízo… coff coff, vício! Agora a sério, falta-me ler o da Emma mas eu adoro a autora, vou pegar-lhe nos próximos dias.
Pede-me o Que Quiseres ou Deixa-me de Megan Maxwell – Opinião
Um Amor ao Luar de Emma Wildes – Informações
Amor, Açúcar e Canela de Amy Bratley – Opinião


Da Leya recebi o segundo livro da trilogia Gemma Doyle, que queria muito ler, e o erótico de Day, de que só oiço maravilhas – será mais uma leitura para breve.
Anjos Rebeldes de Libba Bray – Opinião
Pecado de Sylvia Day – Informações


Novamente da Planeta, fui buscar os últimos dois livro de séries que acompanho e o último título de Juliette Benzoni – eu amo esta autora de históricos.
A Revelação de Lissa Price – Informações
As Luzes de Setembro de Carlos Ruiz Záfon – Informações
Na Cama das Rainhas de Juliette Benzoni – Informações


Também Planeta – eu sei, sou uma mimada – vieram os thrillers, Bergfeldt e Marini, muito recomendados, e a conclusão de mais duas trilogias, uma delas já lida e outra a ler nos próximos dias.
Quando o Ódio Matar de Carina Bergfeldt – Informações
Enquanto Dormes de Alberto Marini – Informações
A Voz de Juliet Marillier – Informações
Deusa de Josephine Angelini – Informações


Não resisti, tive de pedir este livro à Topseller e confesso que foi uma das leituras revelação deste Verão, adorei. Nos próximos dias publico a opinião.
A Informacionista de Taylor Stevens – Informações


Esta foi a sugestão de Julho da Editorial Presença e, confesso, adorei. Este livro pertence a um dos meus géneros de eleição, distopias, e ultrapassou todas as expectativas.
Puros de Julianna Baggott – Opinião


Estes meninos chegaram pelo aniversário do blogue, já li um e vou a meio do segundo. O primeiro é uma comédia bastante agradável e um segundo está a revelar-se uma leitura intensa e marcante.
Viciadas em Sapatos de Beth Harbison – Opinião
A Cor do Coração de Barbara Mutch – Informações


A Topseller enviou-me o livro de Hayes de surpresa e confesso que não sei o que esperar. Estou à espera que o meu instinto me diga para lhe pegar… veremos.
Até Que Sejas Minha de Samantha Hayes – Informações


Um está lido e outro ainda vai esperar um pouco porque tenho o livro anterior da série para ler, uma coisa é certa, estas são duas das minhas autoras favoritas da ASA e a sua aquisição é obrigatória seja por que via for. Adoro-as.
Pecadora de Madeline Hunter – Informações
Para Sir Phillip, com Amor de Julia Quinn – Informações


Mais uma vez, um dos livros está lido e o outro a aguardar o momento certo. Neste caso falta-me ler Adler mas ainda tenho o livro anterior para ler, ou seja, será mais uma das autoras que vou ler nos próximos dias.
Uma Casa no Campo de Elizabeth Adler – Informações
Lago Perdido de Sarah Addison Allen – Opinião


Esta é uma das minhas actuais leituras e estou a gostar imenso. Eu já tinha lido Pekkanen e a sua sensibilidade para tratar as pessoas e os afectos é tocante.
Quando o Teu Coração Parou de Sarah Pekkanen – Informações


Este é o segundo livro da trilogia Este Homem, chegou como o seu antecedente e tem o mesmo destino, está a aguardar oportunidade. Acredito que quando ler um o outro é devorado pouco depois.
Obsessão de Jodi Ellen Malpas – Informações


Eu gosto muito de Sarah Dunant e tenho os restantes livros da autora publicados pela ASA. Preciso de estar com o estado de espírito certo para ler estes romances históricos, só por isso ainda não lhe peguei.
A Cortesã de Sarah Dunant – Informações



Quase a terminar, vi esta pequena box por aproximadamente 5€ no quiosque da zona e não resisti, quando não tiver tempo para ler mais nada, estes contos serão uma boa opção. Entretanto a minha mãe foi de férias e levou dois ou três na mala que não pesam muito – esperta!
Colecção Nora Roberts


A Fnac contactou-me para me enviar a sua revista e aqui está ela. Eu já tinha lido o exemplar anterior e recomendo sem restrições aos leitores em geral.
Estante Informações


Por fim, a minha mais recente e amada comprada em inglês. Eu tenho muita curiosidade a respeito desta autora e esta edição é tão mas tão linda que era impossível não a ter comprado. Estou apaixonada e será mais uma leitura para breve.
Fangirl de Rainbow Rowell – Informações


E pronto, é tudo. Julho foi um mês em que li bastante mas, shame on me, adquiri mais páginas do que as que percorri…. Acho que Agosto anda ela por ela, mas conto ler mais umas coisas e conseguir redimir-me.

Que vos parecem as minhas aquisições? Há algum livro que recomendem ou queiram para vocês?


Boas leituras* 

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide