Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Há muitas coisas para as quais eu não tenho qualquer aptidão, destaques literários é uma delas.
Porquê? Porque cada história é única, assim como todos nós somos únicos e as interpretações, com mais ou menos variantes comuns, são sempre singulares. Além do mais, há tantos factores que podem influenciar uma leitura e é tão injusto fazer comparações que nunca me sinto à vontade quando chega o momento – que adio sempre – de fazer destaques. Dito isto…


O 3.º trimestre de 2014, no que respeita a leituras, superou todos os outros em quantidade e qualidade. São, por isso, muitos os livros que eu gostaria de destacar e que ainda estão bastante vivos na minha memória mas vou tentar – digo tentar porque a tarefa é hercúlea – destacar no máximo 3 obras de cada uma das categorias que escolhi.

No que respeita a ficção científica para adultos só li um mas valeu por vários. Este título foi eleito o melhor do ano na sua categoria no Goodreads e teve o meu voto. Portanto, se este tipo de leitura vos agrada, O Marciano de Andy Weir (Opinião) é simplesmente obrigatório!

No contexto de época, as minhas escolhas não poderiam ser mais dissonantes. Em primeiro lugar Anjos Rebeldes de Libba Bray (Opinião), uma fantasia amorosa onde a magia brota como se um sonho se tratasse, ao longo do seu enredo intenso e pontuado a sangue. Já a segunda escolha é uma presença assídua nos meus destaques, Julia Quinn, devido ao seu irresistível romance sensual e humor incontestável – o escolhido é Amor & Enganos (Opinião).

No que respeita a distopias, fiquei fascinada com Puros de Julianna Baggott (Opinião), a escrita da autora surpreendeu-me de forma muito positiva bem como o mundo que criou, e Split Second de Kasie West (Opinião) ganhou todos os pontos possíveis, ao transformar um personagem quase odiosa em protagonista, com o seu enredo muito intenso e com um final que me pareceu quase perfeito.
Num género muito diferente, mas também muito YA, tenho de destacar a fantasia de Josephine Angelini, Deusa (Opinião), que me ofereceu um dos melhores finais para trilogia de sempre – adorei.

Não leio muitos policiais/thrillers mas A Informacionista de Taylor Stevens (Opinião) prendeu-me completamente e tinha de ser referido - se gostam deste género acho que esta é uma excelente opção.

Num estilo mais dramático, há dois livros que marcam 2014 (não só o trimestre), Quando Éramos Mentirosos de E. Lockhart (Opinião) e A Cor do Coração de Barbara Mutch (Opinião). São histórias sem qualquer fio condutor entre si mas que me apaixonaram e fizeram chorar horrores. Lockhart é para os mais jovens, Mutch para adultos e acho que ambas merecem o carinho de qualquer tipo de leitor que se deixe emocionar entre páginas.

Dramas à parte, esta vossa leitora é a rainha das comédias e os escolhidos do trimestre são Mulher Solteira Procura Vingança de Tracy Bloom (Opinião) e Envolvidos de Emma Chase (Opinião). Um muito feminista, outro muito machista e ambos podem gerar controvérsia de opiniões, mas que me fizeram rir quem nem uma perdida lá isso fizeram. Bloom é mais dada à comédia romântica comum enquanto Chase se afasta completamente do conceito (pelo menos durante a maior parte do enredo), no entanto são duas histórias que deixam aquele sorriso permanente e, só por isso, tinham de estar aqui.
Menção honrosa para Megan Maxwell e a sua irresistível protagonista de Pede-me o que Quiseres ou Deixa-me (Opinião), que apesar de ser – efectivamente, totalmente – um livro erótico não deixa de ter momentos com imensa piada.

Para terminar, mais duas histórias desiguais mas que eu aconselho a qualquer leitor que goste de um bom livro. Estou Nua, E Agora? de Francisco Salgueiro (Opinião) para quem gosta de viajar sem sair do conforto do lar ou mesmo para quem precisa daquele empurrão motivacional para agarrar na mochila e expandir os seus horizontes. Mas se, por outro lado, o leitor procura algo breve mas plenamente gratificante, A Esposa Minúscula de Andrew Kaufman (Opinião) é a minha sugestão – é conto magnífico e com uma dimensão imensa que poderá fazer reflectir horas e horas de pois de virada a última página.

Que vos parecem as minhas sugestões? 
Já leram alguma destas histórias? 
Há alguma em particular que gostariam de experimentar?

Boas leituras*  


0 comentários :

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide