Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Sinopse:
O Expresso Oriente. Luxo. Mistério. Romance.
Para o grupo de passageiros que se instala nos seus lugares e bebe os primeiros goles de champanhe, a viagem de Londres até Veneza é mais do que a viagem de uma vida.
Uma missão misteriosa; uma promessa feita a um amigo moribundo; uma proposta inesperada; um segredo que remonta a vida inteira... Enquanto o comboio segue viagem, revelações, confissões e encontros amorosos têm lugar no cenário mais romântico e infame do mundo.

A todos os leitores que esperam, como eu esperava, encontrar neste livro mais um simples romance, desenganem-se. Uma Noite no Expresso do Oriente é mais do que uma bonita história de amor, é o espelho de algo que certamente conhecem.
Esta obra é toda ela multiplicidade, é um álbum com um conjunto de retratos à parte, variados e desirmanados, que ao longo das páginas anseiam por encontrar o seu devido lugar, por se conjugarem, por ganharem sentido e por fazerem parte desta tela imensa construída a partir de relações e vivências familiares a quem lê, partilhando um ponto em comum muito especial, uma viagem de sonho.

De forma inteligente, Veronica Henry elaborou cinco pequenas narrativas sólidas que, surpreendente, acabaram por criar pequenas ligações entre si e fazer bastante sentido como um todo com o desenvolvimento do texto. As suas personagens não são similares tal como cada indivíduo é único, definindo-se pelas suas singularidades, no entanto é possível descobrir em cada uma delas, nos diferentes momentos de vida que estão a ultrapassar, o desejo de encontrar a felicidade.
Fragilidades, anseios e desafios, enleiam-se à esperança e ao amor, às rotinas ficcionais que se preparam para uma noite extraordinária, enquanto o leitor pode e deve apreciar os sentimentos que advêm da antecipação, as emoções de um momento ímpar e, principalmente, contemplar o que posteriormente muda na vida de cada passageiro.

Não vou dedicar-me a nenhuma das personagens em particular porque estas estão presentes num número bastante elevado e com igual relevância no enredo, ainda assim é importante deixar claro que todas elas permitem uma análise de problemáticas afectivas e íntimas análogas à realidade de cada um de nós criando, desta feita, pequenos vínculos que permitem o fluir de empatia e aferir credibilidade à narrativa.
Casamentos e adultérios, amizades de uma vida que mascaram o amor e perdas inevitáveis que dão origem a oportunidades, fazem parte do muito que quem lê poderá encontrar, neste texto que, na minha óptica, se caracteriza pelos conceitos de descoberta e aceitação do próximo, pela importância de se permitir a si mesmo e aqueles que nos rodeiam, com quem partilhamos o emoções, uma abertura sincera.

Devido ao forte carácter de entretenimento, esta é uma história que acaba por se revelar bastante ligeira, com abordagens breves às questões mais tocantes e que no final visa deixar um sabor doce no palato do leitor. Esta leveza é particularmente evidente na imagem do Expresso do Oriente, um comboio luxuoso, repleto de pormenores encantadores e que aparenta uma aura própria que envolve os intervenientes. Neste ambiente, a autora ofereceu descrições bastante sensitivas que me deixaram com vontade de percorrer estes carris exclusivos, de Londres a Veneza com paragem em Paris.


Veronica Henry tem uma escrita simples que permite uma leitura fluida e atractiva. Atenta aos detalhes sem cair no exagero, a autora é primorosa na forma como expõe as personalidades ficcionais e as afectividades comuns, tornando-as especiais sem as distanciar do leitor.
Os cenários apresentados são particularmente belos, com o comboio e Veneza a destacarem-se, bem como as imagens no passado que ocorrem em alguns momentos do texto. Uma pequena nota ainda para a importância da arte no enredo, criando laços em sintonia perfeita com a acção.

Pessoalmente esta foi uma leitura descontraída que me prendeu até ao final de forma gratificante, pelos vários desfechos ficcionais que ansiava saber. Uma leitura que certamente agradará aos leitores de romances com uma pitada de mistério num texto que retrata questões reais. 

Esta é mais uma deliciosa aposta da Quinta Essência, em particular para esta altura no ano, que certamente abrirá o apetite dos leitores para as férias que se adivinham.


Título: Uma Noite no Expresso Oriente
Autora: Veronica Henry
Género: Romance


0 comentários :

Redes Sociais

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado em breve!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado em breve!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado em breve!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Até 21/07"

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Até 23/07!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Até 24/07!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Até 25/07!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide