Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Eu achava que tinha feito poucas opiniões no primeiro trimestre do ano porque, obviamente, não tinha feito contas aos medíocres resultados obtidos no período seguinte. É certo que li muito mais do que isto, li pelo menos mais uns 5 livros, muitos capítulos de outros tantos e muitas short stories mas… enfim, a vida não deu para mais opiniões por isso toca a levantar a cabeça, aproveitar o verão e ver o que de bom se comentou neste espaço.


Um olhar rápido pela lista de Leituras de 2014 (aqui) – nos meses Abril, Maio e Junho – diz-me que diversifiquei mais do que anteriormente, que o tempo entre páginas teve uma qualidade aceitável e que consegui, de alguma forma, opinar livros que sugiro sem restrições – aos fãs dos géneros em questão, claro está. 

Como sempre, tenho alguma dificuldade em destacar os livros que mais gosto, tenho a minha ideologia que cada livro é um livro e que o nível de apreciação vai sempre depender do leitor, bem como dos inúmeros factores que o podem influenciar durante leitura, por exemplo externos e emocionais. No entanto, aqui ficam seis que certamente não vos irão desiludir e mais quatro irresistíveis sugestões que adorei.


Apesar de tudo o que tem sido dito sobre esta história, considero a trilogia Divergente extraordinária no seu todo e com um final que, quando analisado atentamente, faz todo o sentido. Acho a inteligência e a capacidade de entretenimento desta autora uma verdadeira revelação actual e creio que ainda ouviremos falar muito de si com o avançar do tempo.
Em poucas palavras, o leitor encontrará um cenário futurista pós-apocalíptico, uma sociedade fraccionada e uma protagonista extremamente intensa. Está tudo bem feito, das idealizações às críticas contemporâneas, passando pela evolução das personagens até a moral final. Gosto de tudo.
Convergente | Veronica Roth (Opinião)


Também ele senhor das minhas expectativas, o terceiro livro da série Meredith Gentry está maravilhoso. Estes são livros que primeiro se estranham e depois se entranham – literalmente. Sem tabus, muita violência e sensualidade são as jóias da coroa de uma narrativa que mistura um cenário urbano com intrigas de corte, onde as fadas são rainhas mas não são as únicas a ser temidas. A cereja em cima do bolo? Uma protagonista meio-humano que não pára de evoluir entre o medo, medo, medo e a paixão. Para mim, uma das melhores séries de fantasia urbana que tenho tido o prazer de ler mas que, infelizmente e como era expectável, não teve muito sucesso entre o público nacional.
*A dificuldade do fantástico em passar a fazer parte dos hábitos de leitura dos portugueses algo que nunca deixa de me surpreender.*
Sedução ao Luar | Laurell K. Hamilton (Opinião)



Sou muito preguiçosa para ler inglês, é verdade! Mas o meu instinto não me costuma enganar e umas meninas maravilhosas sabiam o quanto eu queria esta história. Não é um fenómeno, é certo, mas a Kasie marca pela diferença, pela imaginação e pela capacidade de surpreender o leitor. Atá à última página, entre impropérios contra as hormonas adolescentes, dei por mim com uma grande expectativa e não me desiludi, pelo contrário.   
Pivot Point | Kasie West (Opinião)



Não tenho muito a dizer sobre este livro, confesso. Tem um estilo absolutamente diferente dos destacados anteriormente, muito mais sóbrio, implica vontade de ler, de adquirir algo e de desfrutar sem pressa daquilo que ele tem para oferecer, um retrato da natureza humana como muito poucas obras o conseguem expor, sem lirismos, por palavras. Foi a minha estreia com o autor e espero mais na próxima leitura.
Crónica de una muerte anunciada | Gabriel García Márquez (Opinião)


Esta é, possivelmente, a minha escolha mais caprichosa. Quase algo ao estilo “só porque sim”. Eu adoro, adoro a escrita deste autor, ter as suas páginas entre as minhas mãos é um prazer que não consigo descrever… a história é como que remetida para segundo plano enquanto sou embalada por uma prosa que me absorve completamente.
O Palácio da Meia-Noite | Carlos Ruiz Zafón (Opinião)



E por fim aquele que foi o livro revelação do trimestre. Não sabia o que esperar mas não esperava certamente algo tão bom. Para mim, isto é ficção ao mais alto nível, YA, neste caso em particular ficção científica. Não sei do que é que gostei mais, se dos clichés, das personagens loucas ou do cenário, não sei se foram as emoções transmitidas, as reviravoltas ou a capacidade de entretenimento. Uma coisa é certa, vou desesperar pela continuação e os fãs destas histórias não se vão arrepender de adquirir esta obra.
A 5.ª Vaga | Rick Yancey (Opinião)



Depois de destaques que se baseiam, na maioria, no meu género preferido, fantasia, escolhi quatro leituras que após reflectir muito sobre as mesmas me marcam pela diferença, pela sua capacidade de me fazer pensar e, num caso em particular, porque a autora merece.

Cameron é como uma bruma, que nos vai envolvendo no seu discurso repleto de assertividade e momentos brilhantes que se dissolvem numa linha pouco linear que só nos faz desejar ser alumiados pelo seu final. Safier porque brinca com a sátira de uma forma quase proibitiva, uma espécie de vale tudo para ironizar as lacunas humanas enquanto sofremos barrigadas de riso. E Whitney porque toca delicadamente a chave para a felicidade, é um livro que deveria ser de lágrimas mas que faz sorrir muitas vezes com o prazer da descoberta através do seu protagonista. O caso particular é o último livro publicado de Sandra Carvalho, porque me surpreendeu com a maturidade alcançada pela sua escrita e com uma história bem escrita e estruturada que chega tanto a camadas mais jovens como graúdos. É bom, não deixem de espreitar.
Um dia esta dor vai ser útil | Peter Cameron (Opinião)
Uma Família Feliz | David Safier (Opinião)
Quando Aqui Estavas | Daisy Whitney (Opinião)
O Olhar do Açor | Sandra Carvalho (Opinião)

E é isto, concordam com as minhas escolhas?
Desejam passear por alguma destas histórias em particular?
Digam-me de vossa justiça!

Não se esqueçam, podem consultar este e todos os destaques no top menu do blogue, na barra superior.


Boas leituras*

0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide