Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Sinopse:
A guerra com o malvado Lokesh parece estar a atravessar uma pausa momentânea, algo de que Kelsey Hayes necessita desesperadamente. No entanto, outras batalhas - as do coração - divisam-se no seu caminho: Ren, o belíssimo príncipe indiano por quem se apaixonou, não se recorda dela; e o irmão dele, Kishan, igualmente maravilhoso e sedutor, tenta conquistar-lhe o coração. Na busca de mais um magnífico talismã que lhe permita romper a terrível maldição, Kelsey terá de enfrentar não apenas cinco dragões míticos como também os seus próprios sentimentos. No fim, qual será a sua escolha?

Uma maldição secular, um universo pleno de magia, curiosidades e aventuras e um triângulo amoroso complexo são os trunfos da Saga do Tigre, uma história extraordinária para o público juvenil e repleta de predicados que farão as delícias dos mais graúdos.
Colleen Houck é uma escritora de talento incontestável, na forma como realiza um exaustivo trabalho de pesquisa para oferecer aos seus leitores algo único. Conferindo ao seu enredo uma intensidade crescente, A Viagem do Tigre multiplica os dilemas emocionais trazendo novos perigos, prima pela originalidade e revela fascinantes contornos na jornada dos seus três heróis para cumprir a profecia de Durga em mundo paralelos.

Quando Kelsey se apaixonou por um tigre branco estava longe de saber que por detrás do seu olhar melancólico se escondia um príncipe indiano que lhe roubaria o coração, Ren, estava longe de saber que com ele iniciaria a viagem da sua vida por caminhos maravilhosos, distantes da realidade e que se apaixonaria, igualmente, pelo seu irmão, um tigre negro, Kishan, condenado à mesma condição.
Com o passar do tempo, as diferentes relações de afecto entre os protagonistas foram-se cimentando e agora, após o relativo sucesso das duas missões anteriores, que conferiram doze horas diárias na forma humana aos príncipes, é tempo de encetar uma nova demanda para quebrar a maldição de Lokesh e recuperar o terceiro amuleto de Durga.
O destino é incerto, o fim da jornada aproxima-se e os riscos são mais elevados que nunca mas, nestes tempos conturbados, a maior de todas as batalhas ocorre no coração de Kelsey.

Confesso, sou um grande fã da criatividade de Colleen Houck, tão fã que quase, quase a desculpo pelo seu dilemático triângulo amoroso – e eu nem sou de reclamar com problemas emocionais. A questão é que uma história tão brilhante merecia definitivamente mais das suas personagens principais que, tal como nos livros anteriores, continuam a deixar algo a desejar.
De qualquer forma, Kelsey amadureceu bastante nesta etapa e mesmo que nem sempre actue de acordo com as suas reflexões, estas são bastante assertivas. Já no que respeita a Kishan, eu adoro este tigre, homem, mas adoro mesmo – se houver clube de fãs estou dentro – só não percebo é como algo tão maravilhoso como ele continua derretido pela indecisa Kelsey. E quanto a Ren, bem eu já o teria assassinado mas a autora parece ter desenvolvido algo platónico e intenso por ele e, como tal, torna-se pouco coerente neste jogo sentimental.
Em suma, porque doravante só tenho coisas boas a dizer e não me quero alargar mais sobre o romance, o que mais cativa e assusta nesta problemática afectiva é a sua credibilidade, Kelsey sabe que Ren não é o melhor para si mas o coração sobrepõe-se à razão e ela comete sempre os mesmo erros.

Uns dos muitos trunfos desta saga têm sido os maravilhosos cenários apresentados o que, uma vez mais, não foi excepção. Desta vez, grande parte da jornada é passada no mar e, entre destinos paradisíacos e verdadeiros exemplos de Cabo das Tormentas, é realmente fascinante a aprendizagem e informação que vai sendo oferecida para o leitor a todos os níveis. Deste mitos, fauna e habitat, passando por lições náuticas básicas, nada é deixado ao acaso e quem lê sente que aprende, que se enriquece com o virar de cada página, com a visão da vastidão oceânica repleta de surpresas que este terceiro volume reservou para Nalima, Mr, Kadam e os jovens aventureiros.

Isto recorda-me que não vos falei dos intervenientes secundários mas a verdade é que não há muito a dizer. Mr. Kadam continua a destacar-se, eu desconfio horrores de Nalima e todos os outros, seres maravilhosos, pertencem a lendas com pequenas intervenções que terão de descobrir por vocês mesmos.

O lado extraordinário do texto, que abrange a maior parte da história, está simplesmente magnífico, como sempre. Como próprio título e sinopse elucidam, a narrativa é dedicada aos dragões, cinco em particular, e não tenho palavras para vos dizer o quanto estas criaturas ma fascinaram – sou mesmo uma maluquinha da fantasia. Estas criaturas deslumbrantes fizeram-se acompanhar por outras tantas míticas e outras bem verdadeiras e assustadoras, como o clássico tubarão.

Em suma, através de reinos surriais e seres mágicos, este livro acompanha os seus antecedentes numa viagem única, fértil, emotiva e repleta de acção, conferindo a este enredo um cariz singular que o distingue dos seus pares e oferecendo algo novo no género fantástico para todos os amantes deste tipo de ficção literária.

Quanto a Colleen Houck e à sua escrita, pouco há a acrescentar que já não tenha sido dito em opiniões anteriores. As suas palavras fluem com naturalidade e simplicidade de forma cuidada, com especial atenção às muitas descrições e à criação de ambientes diferentes, tenuemente ligados ao real, e que nos fazem sonhar e idealizar a fantasia facilmente.
Adoro a sua dedicação ao texto, as pesquisas certamente intensas para tornar plausível o extraordinário e forma como este consegue conquistar o leitor e levá-lo a desejar conversar com Durga ou ter na sua posse um dos três amuletos mágicos que são, agora, conhecidos do leitor.

Pessoalmente estou desejosa de ler o final desta história, que descobri hoje não terminar no quarto livro já publicado além-fronteiras, Tiger's Destiny, mas num quinto a ser publicado em 2015, Tiger's Dream.
Rezo, provavelmente em vão, para que Ren morra e Kishan receba os louros que sempre mereceu no final deste romance ou, aviso desde já, vou fazer algo que nunca faço e não vai ser bonito. E espero, espero fervorosamente que a fantasia se supere, que as personagens cresçam e que o final seja verdadeiramente épico.

Esta é uma aposta Porto Editora com carimbo de sucesso. É fantasia ao mais alto nível YA que, apesar de não ser perfeita no campo afectivo, tem um enredo que supera tudo o resto e que merece, definitivamente, a atenção dos fãs deste género.


A Maldição do Tigre (Opinião)
O Resgate do Tigre (Opinião)


Título: A Viagem do Tigre
Autora: Colleen Houck
Género: Fantasia, Romance
Editora: Porto Editora



2 comentários :

Niatara disse...

já tenho o meu cá em casa, será uma das próximas leituras! ^_^

Elphaba J. disse...

Se gostaste dos anteriores vais gostar deste Niatara *.*
Esta autora é muito boa!

Boas leituras*

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Até 24/09!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 10/09!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide