Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

domingo, 11 de maio de 2014

Sinopse:
É Verão, mas quem é que consegue relaxar? Sejam de novo bem-vindos ao pesadelo em que a patética vida de Scott Pilgrim se tornou. A sua relação com Ramona Flowers está melhor do que nunca, mas ele ainda tem problemas com outras raparigas e com os sete ex -namorados maléficos de Ramona que continuam a querer vê-lo morto. Mas o pior de tudo é que ela quer que ele vá trabalhar!
Scott Pilgrim, vol. 4: Agora com mais pontapés, murros, rock & roll, subespaço, semininjas, pontos de experiência, espadas de samurais e ridículas tentativas para encontrar um emprego decente!

Divertida e original, a série Scott Pilgrim é uma verdadeira caixinha de surpresas de livro para livro, é uma série em que tudo, absolutamente tudo, pode acontecer!
Neste quarto livro, Scott Pilgrim Agora é a Sério, o leitor pode contar com dezenas de pormenores loucos e, numa perspectiva relativamente normal – relativamente é a palavra chave –, encontrará algumas mudanças nas personagens principais, diversos acontecimentos impensáveis e, obviamente, piadas e mais piadas surreais condizentes com o texto em geral.

Ao que tudo indica, agora com 23 anos, é chegado o momento do nosso herói crescer, o que implica missões impossíveis. Coisas como arranjar um trabalho, pensar em deixar de explorar o melhor amigo gay, Wallace, e ir viver com a sua estranha namorada, Ramona – em suma, coisas impensáveis – passarão a ocupar uma ínfima parte da sua minúscula massa encefálica. Como se não bastasse este “nó cego cerebral”, Scott terá ainda de lidar com os seus habituais dramas existenciais, com as dificuldades de pertencer a um grupo de indivíduos particularmente excêntricos – são os do costume mas a tendência é piorarem – e, como não podia faltar, de ultrapassar combates mortais e trocas de comentários ofensivos com um novo ex. namorado maléfico inimaginável. Juntem-lhe ainda um pai bastante estranho com pinta de samurai a salvar a honra da filha e, enfim, estão perante mais um brilhante livro de doidos, bem ao estilo que o autor Bryan Lee O’Malley nos habituou.

Por tudo o que já disse, a primeira grande novidade deste livro passa pela hilariante tentativa de ver o Scott arranjar trabalho, ele, um parasita social que só sabe tocar baixo, jogar videojogos e namorar, se a sua namorada estiver para aí virada. Isto implica um amadurecimento por parte de Scott – olha para ele tão adulto – causado por Ramona que o incentiva a coisas impossíveis, como pensar na vida, cuidar da sua higiene, etc.. Ramona, por sua vez, é uma protagonista que também surpreende, na medida em que ficamos a saber mais do seu passado embora este seja mais estranho que bom, o que é previsível, afinal de contas ela tem um relacionamento com um totó.

Em relação a intervenientes secundários, estes estão particularmente irritáveis e irritantes – o que é estranho num livro passado nas férias de verão – mas como são todos tão freaks a esta altura do campeonato o leitor não fica propriamente admirado. Já agora, era interessante que alguém matasse a Julie, odeio-a tal como os seus companheiros animados, e não consigo compreender a Kim, que embirra com tudo e mais alguma coisa. Continuo, ainda assim, a gostar do Wallace, a não ter nada contra o jovem Neil e sem opinião sobre a miúda nova – nem todos são piores que maus.

Quero ainda citar Knives, a ex. namorada da secundária, que continua a ser figura presente e permite que se assista a menores alcoolizados – uma tristeza –, algo que compensa com um momento mesmo fofo. E o novo ex. namorado maléfico escolhido, que abre uma vez mais as portas para a temática da sexualidade.

De um modo geral, por muito que adore estas caricaturas, o que eu gosto mesmo é da forma como o autor transforma a história num verdadeiro videojogo, onde podemos assistir a combates épicos, ver o protagonista ganhar pontos de experiência para ir avançado na vida e entrar num subespaço, realidades, “plataformas” alternativas se revelam como sonhos ou simplesmente fugas a níveis particularmente complicados. Confuso? Bem, pode ser um pouco sem o apoio visual ao escrito, pelo que têm mesmo de ler.

Para terminar – é mais forte que eu – adoro arma de combate da Ramona neste livro, um taco de basebol! E, já agora, a do Scott também, uma espada de fogo. Pontos extra, igualmente, para os desenhos alusivos à forma aberrante de pensar deste jovem e para os seus sonhos que são os mais fixes de sempre – só coisas giras e que me fizeram sorrir imenso.

Em relação a Bryan Lee O’Malley ele é inteligente, muito inteligente, e tem imensa graça. Cada vinheta tem uma nova piada e os seus traços são mesmo bons para o contexto da história.
Gostei muito das páginas a cor desta edição, da uma nova perspectiva à leitura e gostei, mais uma vez, das páginas de bónus com artistas convidados.


Posso não ser profissional nestas andanças da banda desenhada mas os livros do Scott Pilgrim já tem um lugar muito especial na minha estante. Breves e com um forte teor de entretenimento, têm sido uma tábua de salvação quando não tenho tempo para ler e podem crer que vou pegar no próximo muito em breve – os exames estão a chegar! Há! E desculpem o excesso de imagens, é mais forte que eu!

Esta é uma grande aposta da Booksmile que eu recomendo a todo o tipo de leitor e que eu gostava, sinceramente, de ver chegar a um público mais diversificado. Arrisquem, leiam-nos, aposto que vão gostar.

No blogue, vol. 1, 2 e 3 da série:
Scott Pilgrim na Boa Vida (Opinião)
Scott Pilgrim Contra o Mundo (Opinião)
Scott Pilgrim e a Tristeza Infinita (Opinião)


Próxima leitura:
Scott Pilgrim Contra o Universo


Título: Scott Pilgrim Agora é a Sério
Autor: Bryan Lee O’Malley
Género: Banda Desenhada

Editora: Booksmile




0 comentários :

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Até 24/09!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 10/09!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide