Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sábado, 24 de agosto de 2013
Sinopse:
A Pedra Pagã existe há centenas de anos, muito antes de três rapazes se terem reunido à sua volta e derramado sangue num pacto de irmãos, libertando inconscientemente uma força malévola desejosa de caos e destruição. Um desses rapazes, Gage Turner, foge do seu passado desde há muito tempo. Filho de um pai alcoólico abusivo, a sua infância na cidade de Hollow foi tudo menos fácil, e só a amizade com Fox e Caleb o salvaram.
Mas ao libertarem o mal sobre a sua terra natal, iniciando um ciclo de loucura e crime a cada sete anos, Gage sabe que terá que ajudar os seus amigos a salvar a cidade onde cresceu. Depois de uma vida inteira solitária, conseguirá ele criar laços emocionais com as três mulheres a quem está preso pelo destino, em especial Cybil? Uma história de amor em que só abrindo o coração se pode almejar derrotar as trevas.

Depois de me sentir atraída pelo passado e maravilhada com o presente, finalmente colmatei a minha ansiedade e descobri o que o futuro reservava para a isolada e singular cidade de Hollow e, embora eu desejasse um pouco mais de sangue, confesso que não faltaram emoções e romance ao grande final da trilogia Signo dos Sete.
Três melhores amigos traumatizados, três mulheres apaixonadas, arrojadas, e uma maldição arrepiante, são a base desta deliciosa história de amor e coragem, ideal para quem gosta, também, de uma fantasia leve - uma história que, como muitas outras, termina onde começou, com uma luta entre o bem e o mal e no lugar que mudou a vida de todos os intervenientes, na Pedra Pagã

Nora Roberts conseguiu, uma vez mais, agradar-me. Após me ter envolvido no drama conhecido em Irmãos de Sangue - através de uma maldição que despertou pelo pacto realizado entre os protagonistas e que se manifesta com violência, loucura e morte, de 7 em 7 anos -, e de me ter deixado desejosa de saber mais com Ritual do Amor, em Pedra Pagã não me ofereceu apenas as respostas para todos os medos e dúvidas que se foram acumulando com o folhear deste texto, ofereceu-me também uma narrativa que me permitiu descobrir as personagens que sempre considerei mais misteriosas e interessantes de Signo dos Sete, Gage e Cybil.

Independência, cicatrizes profundas e uma inteligência acima da média, são os traços comuns que caracterizam o casal principal explorado neste terceiro livro que, com muito engenho e criatividade, nos leva à descoberta de um destino marcado há séculos, à descoberta de uma relação afectiva diferente e, ainda, à tão preciosa descoberta de um fundamento para a esperança, crucial, que poderá fazer a diferença no futuro de todos os que sofrem numa terra amaldiçoada.

Não vos minto, Nora coloriu bastante a narrativa expondo vislumbres de felicidade plena, afinal de contas o género de eleição desta autora é o romance, mas, abençoada, minou cada sorriso dos intervenientes com uma semente demoníaca de Twisse, pelo que as emoções foram mantidas ao rubro até à última página.

Em relação aos protagonistas, é importante citar ainda que cada um deles tem características bastante peculiares, pelo que, para lá das já conhecidas honra, bravura e paixão, ambos tentam passar uma imagem de frieza que no fundo não sentem e valorizam, acima de tudo, a amizade. Para além disso, são lava pura nos momentos mais sensuais da história o que encantará muitas leitores. Os seus passados, extremamente interessantes, são também uma mais-valia, permitindo breves abordagens de temáticas interessantes como a violência doméstica, o suicídio ou o alcoolismo, existindo assim um lado mais sério no entretenimento.


Quanto a Nora Roberts, manteve a escrita a que já me habituou, leve, fluida e com bastantes diálogos pertinentes a darem vida à sua imaginação.
As suas descrições são breves, mas permitem a visualização de todos os horrores e momentos ternos vividos na ficção, não faltando espaço para que se assista à criação de sentimentos fortes, múltiplas pontuações de humor e cenas consideravelmente emotivas. Sendo que eu gostei, particularmente, da forma como trabalhou a relação do casal principal através de uma relação tão contrariada quanto desejada.

Em suma, eu pessoalmente fui conquistada por esta trilogia no seu todo e a nível de personagens as últimas foram as minhas favoritas. Gostava de ter visto Twisse sofrer mais e achei, como sempre, que o final foi um pouco rápido de mais, embora compreensível e prazeroso, como é normalmente quando tudo acaba exactamente como deve.
Obviamente que continuo a ser uma grande fã de Nora e estou desejosa de ler a sua próxima publicação por cá.

Esta é mais uma opinião Saída de Emergência aqui no blogue, desta vez pertencente à chancela Edições Chá das Cinco, uma chancela onde o romance contemporâneo é obrigatório e que faz as delícias de quem gosta deste género literário - como eu!

 
Trilogia Signo dos Sete

Irmãos de Sangue (Opinião)
Ritual do Amor (Opinião)







Da mesma autora, no blogue:
A Cruz de Morrigan - Trilogia do Círculo, livro 1 (Opinião)
O Baile dos Deuses - Trilogia do Círculo, livro 2 (Opinião)
O Vale do Silêncio - Trilogia do Círculo, livro 3 (Opinião)
Um Dia Perfeito - Série Quarteto de Noivas, livro 1 (Opinião)

Título: Pedra Pagã
Autora: Nora Roberts
Género: Romance; Fantástico

2 comentários :

Anónimo disse...

Encontrei seu blog e fiquei "apaixonada" por tudo que li. Entrei em contato e fiz minha inscrição para receber notícias do blog. Continua apaixonada por tudo que leio. Parabéns ... foi muito bom "conhecê-la". Sucesso!!!

Elphaba J. disse...

Olá anónima,
O prazer é meu e as suas palavras dão-me imensa satisfação. Muito obrigado!

Boas leituras * Beijinho

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide