Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 25 de abril de 2013


Faz hoje exactamente um mês, a Editorial Presença ofereceu-me a maravilhosa oportunidade de conhecer o apaixonante autor Andrea Hirata, no Bar Procópio em Lisboa.

Num ambiente acolhedor e descontraído, eu que pouco ou nada sabia a respeito desde autor, descobri que o seu princípio de vida, agora extraordinária, histórica, foi comum a tantos outros meninos de uma Indonésia pobre e sem acesso à educação, a que todos temos direito.

Bestseller internacionalmente conhecido, Andrea Hirata revelou com emoção a sua história e os sentimentos que o levaram a escrever Os Guerreiros do Arco-Íris (Laskar Pelangi, no original) em 2005, um acto que floresceu do seu amor e homenagem à professora Bu Mus que o inspirou e que fez dele, hoje, um ícone no seu país.
Capa Original

Numa tentativa de escrever de forma pura e simples (palavras do próprio), Andrea Hirata resolveu escrever a história que tinha prometido à sua antiga professora, quando esta se encontrava doente, nunca imaginando que ao viajar no passado através dos seus antigos amigos, que durante a narrativa nos introduzem no seu universo infantil, o seu livro fosse passado para um editor e alcançasse o sucesso que hoje lhe é merecido.

Como o próprio refere, hoje a educação é diferente, mudou da mesma maneira que a própria Indonésia está a mudar e a progredir em diversas áreas mas é, para Hirata, importante não esquecer o passado e aproveitar a sua história triste e, até, trágica, para transmitir optimismo e esperança – que é o pretendido através do seu texto.

Capa Nacional
Hoje em dia, como professor de inglês e matemática na sua ilha, Belitong, Andrea Hirata adora ensinar e acredita piamente na educação como uma das coisas mais belas da e mais importantes na vida, tendo orgulho naquilo que é e tentando ser inspirador para os seus alunos.

Hirata é actualmente embaixador da leitura, tendo criado uma biblioteca na sua ilha que, numa primeira experiência, se revelou fracassada ao ficar sem exemplares - devido ao desconhecimento dos locais iletrados sobre este conceito -, hoje, esta mesma biblioteca, conta com oradores pois é, para o autor, fundamental investir na leitura e educação.

Acreditando, talvez, estar destinado a esta missão de propagar estes valores cruciais ao desenvolvimento, Andrea tem, na minha opinião, motivos mais que suficientes para se orgulhar do papel que alcançou socialmente através seu livro, agora traduzido em 12 línguas diferentes, produzido em filme (2008) e em série (2011) – como forma eficaz para alcançar um público superior entre o seu povo que tem um elevado número de alfabetismo.


Emotivo e com um coração imenso, este autor é para mim um exemplo a seguir de perseverança, é um retrato perfeito de alguém que não desiste dos seus sonhos e de lutar por aquilo em que acredita.

Um homem que contra todas as probabilidades chegou mais longe e venceu, um homem que continua a acreditar e ambicionar chegar mais além não só por si, mas pelo seu povo.

Saiba mais sobre este autor em: 
http://andrea-hirata.com/
http://www.goodreads.com/author/show/647438.Andrea_Hirata

0 comentários :

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide