Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 31 de maio de 2012
A menos de um mês de completar dois anos de existência, admito que é com orgulho que olho para o meu espaço que foi crescendo e evoluindo com a passagem do tempo.
Tudo começou com uma experiência, com uma pequena semente plantada pelo bichinho de prazer de folhear algumas obras e, que crescendo, se transformou numa paixão quase avassaladora por devorar todos os livros, todos os escritores… Para vos oferecer uma página aberta, as histórias que preenchem o meu imaginário ficcional, o imaginário de Elphaba.


Houve, efectivamente, uma evolução… os meses passaram, transformaram-se em anos e, com estes, uma vontade imensa de despertar e apelar, a cada leitor que me segue, o mesmo prazer que eu sinto por cada leitura e, é com satisfação, que julgo estar no caminho certo.

Nem sempre foi fácil, o crescimento implica esforço, tempo, dedicação que passa, não só, pelas opiniões mas também pela tentativa de criar este espaço mais apelativo. E, neste campo, embora não esteja perfeito, penso que vos passo uma imagem confortável, vinda de uma parte de mim, da minha criatividade, da minha imaginação e da minha dedicação para idealizar aquilo que eu julgo ser um meio envolvente agradável para lerem as minhas opiniões, recensões.

Penso que neste último ano, principalmente, foram notáveis as diferenças.
Obviamente que existem características que me acompanham desde sempre, as cores que sempre usei, porque sim, porque eu sou uma pessoa que gosta de cor o que não só acho bonito esteticamente, como achei que era a melhor maneira de evidenciar aquilo que é mais importante em cada publicação.

No entanto existiram dois momentos que marcaram, profundamente, o blogue, o reflexo, que ele tem hoje.
O primeiro foi quando fiz a última remodelação, em Outubro passado, colocando a imagem que ele tem até aos dias de hoje. Sem tirar nem pôr, ou quase… Adicionei uma ou outra aplicação, mas apenas visando algo melhor e mais acessível, para todos nós. Mas o tipo de letra, a estrutura, as cores… Tudo isso se mantém e faz parte de mim.

O segundo passo dado, que marca não só o blogue, mas também aquilo que tento transmitir, foi a estrutura do texto que desde o dia 30 de Dezembro se mantém igual em 90% das publicações.
A Primeira! (30, Dezembro, 2011)

Resumindo, penso que fui bem-sucedida e tenho aqui algo muito próprio, que me marca, que posso manter e trabalhar por muito tempo.

Infelizmente, e embora eu considere que o que diferencia um blogue literário das muitas dezenas existentes sejam as suas opiniões, a verdade é que todo o trabalho de bastidores também conta. A imagem conta e, com absoluta certeza, também nos caracteriza. E neste campo, admito, que embora esteja muito satisfeita comigo mesma, constato que não sou a única,

Não gosto de sentir que sou o espelho para o reflexo de alguém, como cada um de nós, creio, gosto de marcar pela diferença e tenho constatado que começam a surgir sombras daquilo que, com muitas horas de empenho, eu criei, idealizei, imaginei e, em primeira mão, concretizei.

Não sei se é plágio, alguém usar o mesmo tipo de letra para títulos, etiquetas, estruturas de texto ou, até, as cores mas, com a mente tranquila, e a consciência pacificada, senti-me impelida a referenciar o meu crescimento porque me orgulho das minhas histórias, do cantinho da minha Elphaba!

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Uma aventura vertiginosa que entra nos cantos mais obscuros da história, da ciência e da mitologia.

Título: O Anjo Perdido
Autor: Javier Sierra
N.º Páginas: 464
PVP: 20,95 €
ISBN: 9789896572143

Sinopse:
Enquanto trabalha na restauração do Pórtico da Glória de Santiago de Compostela, Julia Álvarez recebe uma notícia devastadora: o marido foi sequestrado numa região montanhosa do Nordeste da Turquia. Sem o desejar, Julia vê-se envolvida numa intriga ambiciosa à escala mundial, para controlar duas pedras antigas, que aparentemente permitem o contacto com entidades sobrenaturais, desde uma misteriosa seita oriental até ao presidente dos Estados Unidos.


Javier Sierra mergulha-nos num mundo em que história, magia, tecnologias antigas e ciência de ponta se combinam num thriller evocativo, documentado e muito original.
Uma obra que abandona todos os convencionalismos do género, reinventando-o e mergulhando o leitor numa aventura que não esquecerá.

Sobre o autor:
Javier Sierra (Teruel 1971) é o único autor espanhol contemporâneo que conseguiu chegar ao top ten dos livros mais vendidos nos Estados Unidos.
As suas obras estão traduzidas em mais de quarenta línguas e são fonte de inspiração para muitos leitores que procuram algo mais do que livros de entretenimento e aventuras.
Conhecido do público português pelos livros A Última Ceia, A Senhora do Manto Azul e a Rota de Santiago.
Formado em jornalismo, foi director da revista Más Allá de la Ciência durante sete anos, além de apresentador e director de programas de rádio e televisão.
Neste momento dedica-se à investigação histórica.

Prémio LeYa 2011

Título: O Teu Rosto Será o Último
Autor: João Ricardo Pedro
N.º Páginas: 208
PVP: 13,30 €
ISBN: 9789896602093

Sinopse:
Tudo começa com um homem saindo de casa, armado, numa madrugada fria. Mas do que o move só saberemos quase no fim, por uma carta escrita de outro continente. Ou talvez nem aí. Parece, afinal, mais importante a história do doutor Augusto Mendes, o médico que o tratou quarenta anos antes, quando lho levaram ao consultório muito ferido. Ou do seu filho António, que fez duas comissões em África e conheceu a madrinha de guerra numa livraria. Ou mesmo do neto, Duarte, que um dia andou de bicicleta todo nu.
Através de episódios aparentemente autónomos - e tendo como ponto de partida a Revolução de 1974 -, este romance constrói a história de uma família marcada pelos longos anos de ditadura, pela repressão política, pela guerra colonial.
Duarte, cuja infância se desenrola já sob os auspícios de Abril, cresce envolto nessas memórias alheias - muitas vezes traumáticas, muitas vezes obscuras - que formam uma espécie de trama onde um qualquer segredo se esconde. Dotado de enorme talento, pianista precoce e prodigioso, afigura-se como o elemento capaz de suscitar todas as esperanças. Mas terá a sua arte essa capacidade redentora, ou revelar-se-á, ela própria, lugar propício a novos e inesperados conflitos?


Sobre o autor:
João Ricardo Pedro nasceu em 1973, na Reboleira, Amadora. Curioso acerca da força de Lorentz, licenciou-se em Engenharia Eletrotécnica pelo Instituto Superior Técnico. Durante mais de uma década, trabalhou em telecomunicações sem, no entanto, alguma vez ter aplicado as admiráveis equações de Maxwell. Na primavera de 2009, em consequência do carácter caprichoso dos mercados, achou-se com mais tempo do que aquele de que necessitava para cumprir as obrigações do quotidiano. Num acesso de pragmatismo, começou a escrever. O Teu Rosto Será o Último é o seu romance de estreia.
Sinopse:
Aos seis anos Wendy escapa à morte quase por milagre - e quem a tenta matar é a própria mãe, acha que a filha não é sua, mas sim uma intrusa, trocada à nascença no hospital. Onze anos mais tarde, a estranha adolescente, de cabelos negros, começa a suspeitar de que a mãe, se calhar, até tinha razão. Na nova escola, mais uma entre tantas, ela sente-se posta à parte por todos. Menos por Finn Holmes, um rapaz silencioso e sombrio que se limita a olhá-la fixamente - e lhe desperta sentimentos contraditórios, um medo enorme, e uma irresistível atração.
Finn é um Achador, que a procura há anos. E agora que a encontrou, quer levá-la para casa, para o reino dos Trylle, onde Wendy vai descobrir o que sempre suspeitou - ela é mesmo diferente, e tem poderes mentais muito mais poderosos do alguma vez tinha imaginado...

A sensação de não pertença nasceu num dia fatídico e plantou a sua semente. A semente cresceu, floresceu, quase invisível mas ainda assim constante, até ao despontar de uma dúvida sombreada pelas pétalas onde se desenvolveu o medo, uma certeza recalcada, de que aquele poderia nunca ter sido o seu lugar.

Trocada é o primeiro livro da saga Trylle e abre-nos as portas para um novo mundo no tão saturado universo fantástico. Tipicamente um romance juvenil, esta é uma história de descoberta que aufere uma nova beleza a seres inexplorados, onde a magia flui a passo com uma verdade há muito tempo preservada.
Amanda Hocking oferece à sua escrita uma simplicidade que nos permite desfrutar da sua leitura num único sopro. Pelo que, após ler a sua narrativa, é fácil compreender o porquê de tantos elogios e creio que, também por cá, conquistará uma legião de fãs juvenis.

Confesso que após ter conhecimento do grande sucesso desta obra no estrageiro, bem como depois de ter efectuado uma análise atenta da informação na capabastante bonita por sinal –, foi com expectativas elevadas que iniciei esta leitura. E, embora não possa dizer que me desiludi, admitido que esperava mais pelo simples facto de este ser um livro que se encontra direccionado para um público muito específico, mesmo no género fantástico.

Com uma introdução que nos desvenda pormenorizadamente os acontecimentos trágicos descritos sinopse, a tentativa de homicídio por parte da mãe da nossa protagonista, seguida da sua descoberta de que a sua vida pode ter sido sustentada pelos alicerces da mentira, penso que o verdadeiro prazer desta leitura se encontra no factor surpresa para Wendy e na forma como o próprio leitor acaba surpreendido pelas novas, e entusiasmantes, informações.
Wendy não é uma adolescente típica, é mais rebelde, mais estranha e mais agressiva do que o normal, algo que tenta controlar sem sucesso, para grande infelicidade de sua disfuncional família que a ama, de forma quase incondicional, apesar das suas falhas. No entanto, ainda que não saiba lidar com isso, esta personagem retém dentro de si emoções muito belas que irão emergir com o aparecimento de Finn.
Finn foi um personagem que me agradou imenso, em diversos sentidos, embora tenha imensas contradições entre o sentir e agir, por força da sua criação, educação, ele é a nossa janela para um submundo maravilhoso e a âncora, embora inconstante, para um casal que descobrira o amor e lutará para se cingir a uma realidade quase cruel.

Todo o conceito que envolve o reino dos Trylle, a sua raça e a forma como subsiste é extremamente original, um ponto alto que se vai revelando e mantendo o interesse ao longo da narrativa, tenho a certeza que por aí cativará muitos leitores. As restrições, as regras, os poderes que se revelam lentamente, a par com a mediocridade que acaba por desiludir a nossa protagonista, conquistaram-me, ficando, no entanto, a marca de que esta é apenas a introdução de uma história com muito por divulgar e, como tal, com muita informação ainda por descobrir.  

No que se refere aos afectos penso que a família de Wendy marcará qualquer leitorprincipalmente aqueles que ainda estão a descobrir o valor do que é realmente ser-se amado ou repudiado por aqueles que, no fundo, fazem de nós aquilo que somos hoje. Neste campo também o romance, porque sim, este livro tem tanto de romance como de fantasia, é outro dos pontos que não desilude, permitindo-nos desfrutar de uma aventura apaixonante, quase extasiante, que faz parte a descoberta do primeiro amor. A amizade é outro dos pontos explorados, embora de forma menos efusiva, também ela contribui para o inicio de um enredo que, quando terminado, deixa em aberto muito do que ainda estará para vir.

Obviamente que num livro de fantasia os cenários são fundamentais e também estes nos descrevem na perfeição o reino mágico onde Wendy, finalmente, pertence. Penso que será interessante pata o leitor verificar o choque da actualidade na sociedade em questão, bem como, os detalhes que preenchem os passos por onde acompanhamos os diversos intervenientes.

Pessoalmente, penso que este livro tem um pouco de tudo o que é necessário para uma boa obraacção, romance, fantasia e mistério – pelo que me custa compreender o porquê de ter sentido a falta de algo mais. Ainda assim, reitero a questão de que a leveza do livro, assim como a sua escrita, são pontos fundamentais que nos mantém amarrados ao folhear das páginas e, que a mim, conseguiram deixar a vontade de continuar a acompanhar a série, a vontade de continuar a admirar este imaginário de Amanda.

Amanda Hocking convence pelo conceito inovador, pela genuinidade da sua escrita e pela fluidez do seu texto, da mesma forma que a sua idealização dos tão pouco cativantes trollsem todas as suas concepções, nos atraem e convencem a querer desvendar com sofreguidão tudo o que ainda está para vir.

Este livro é uma aposta da ASA que aconselho, de forma muito particular e efusiva, a todos os apreciadores de autoras como Alyson Noel ou Carrie Jones, com a certeza de que se irão identificar e apreciar cada momento deste romance. Gostei.


Título: Trocada
Autora: Amanda Hocking
Género: Fantasia; Romance
Editora: ASA   

terça-feira, 29 de maio de 2012

Assombrosa, terna e comovente, a história de Aurora é uma inspiração para todos nós.
Um exemplo de como a esperança e o amor podem ultrapassar todas as perdas.

Título: A Menina na Falésia
Autora: Lucinda Riley
N.º Páginas: 528
PVP: 16,50 €

Sinopse:
Grania Ryan tem em Nova Iorque a vida com que sempre sonhou. Tudo é perfeito até ao dia em que o seu desejo mais íntimo é brutalmente estilhaçado. Arrasada, Grania decide voltar à Irlanda e aos braços da sua adorada família. E é aqui, à beira de uma falésia, que conhece Aurora Lisle, a menina que vai mudar profundamente a sua vida.
A ligação entre ambas é imediata e profunda. Pouco a pouco, Grania descobre que as histórias das suas duas famílias estão estranha e intrinsecamente ligadas…
De um agridoce romance na Londres do tempo da grande guerra a uma relação tempestuosa na Nova Iorque contemporânea; da devoção a uma criança terna e carente a memórias esquecidas de um irmão perdido, o passado e o presente das famílias Ryan e Lisle estão unidos há um século. Cem longos anos de equívocos e segredos, paixões e ódios… Apenas a intuição e a coragem de Aurora poderão quebrar o feitiço e vencer as barreiras que o passado ergueu.



Sobre a autora:
Lucinda Riley nasceu na Irlanda. Enquanto atriz, trabalhou no cinema, teatro e televisão britânicos. A sua obra está já publicada em 16 países. Atualmente, divide o seu tempo entre o Reino Unido e França.

Para mais informações sobre a autora consulte o site www.lucindariley.co.uk
Pode também visitar o blogue Chocolate para a Alma chocolateparaalma.blogs.sapo.pt
domingo, 27 de maio de 2012


Com o estimado apoio da editora Quinta Essência vamos dar início a mais um fabuloso e romântico passatempo.

Para sorteio temos um exemplar do livro Sempre Que Dizemos Adeus da magnífica autora Anna McPartlin, que já anteriormente me comoveu.

Para ganhar este exemplar terá apenas de respeitar as regras básicas de participação e responder acertadamente às questões abaixo colocadas.

Encontre as suas respostas: Aqui!


Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 4 de Junho de 2012 (segunda-feira).
2. Só é possível uma participação por pessoa e e-mail.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
4. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
5. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
6. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
7. Boa Sorte! 

E se os seus desejos mais bem guardados começassem subitamente a concretizar-se?

Título: Desejos do Coração
Autora: Jude Deveraux
N.º Páginas: 404
PVP: 16,60 €
ISBN: 9789898228994

Sinopse:
Gemma Ranford quer tanto obter o emprego oferecido para catalogar os documentos de uma das famílias mais antigas de Edilian, a família Frazier, que está disposta a lutar por ele. Fascinada por História e desesperada por terminar a sua tese de dissertação, Gemma acredita que aqueles papéis lhe fornecerão novas informações essenciais para imprimirem novo fôlego à sua investigação.
O que ela não espera encontrar são as repetidas referências à Pedra dos Desejos do Coração, um talismã mágico que, reza a lenda, concederá desejos a quem detenha o apelido Frazier. Se algo tão poderoso caísse nas mãos erradas, toda a família poderia ficar em perigo – mas, à semelhança da maioria das pessoas, Gemma considera que não passará de um mito. No entanto, à medida que vai passando mais tempo com a família, apercebe-se de que os desejos mais secretos de todos os Frazier estão, lentamente, a tornar-se realidade – e que ela, entretanto, está a apaixonar-se perdidamente pelo filho mais velho da sua empregadora, Colin.
O problema é que Gemma não é a única a ter reparado que os poderes mágicos da pedra despertaram... e há um ladrão internacional à espreita. Trabalhando em conjunto, Gemma e Colin terão de encontrar a pedra antes que esta possa ser usada contra a família, mas não o farão sem que cada um dos seus desejos mais profundos tenha sido descoberto...
Com Desejos do Coração Jude Deveraux continua a série centrada em Edilean, que teve início com Jardim de Alfazema, Perfume da Paixão e Dias de Ouro.
Da Mesma Autora.

«Deveraux é uma exímia contadora de histórias e os seus livros
são pérolas de arrebatamento e aventura.» - Times Record News

«Mais um deliciosos romance de suspense que não se consegue parar
de ler e se termina com um sorriso.» - Booklist


Sobre a autora:
JUDE DEVERAUX é autora de uma vasta obra, com mais de 40 títulos publicados, que marcam regularmente presença na lista dos livros mais vendidos do New York Times. Os seus livros, bestsellers em vários países, já venderam mais de 60 milhões de exemplares em todo o mundo. Em Portugal, a Quinta Essência publicou os romances Alguém para Amar, Jardim de Alfazema, Perfume da Paixão e Dias de Ouro, todos já com várias reedições.
Jude Deveraux nasceu em 1947 em Fairdale, Kentucky. Licenciou-se em Arte na Universidade de Murray. Foi professora durante alguns anos, antes de se dedicar exclusivamente à escrita. Actualmente vive na Carolina do Norte.
Para mais informações, visite http://judedeveraux.com

Saiba mais em: Quinta Essência


Sinopse:
Para Sookie Stackhouse, empregada de bar que consegue ler pensamentos, a Primavera será rica em segredos revelados, segredos que trarão grandes mudanças à sua vida. Com o seu talento para se meter em sarilhos, Sookie testemunha um ataque bombista ao Merlotte's, o bar onde trabalha. Sam Merlotte assumiu a sua natureza de metamorfo, por isso, as suspeitas apontam imediatamente para os anti-metamorfos locais. Mas Sookie tem outra opinião e alia-se a ele para descobrir o culpado.
Entretanto vê-se forçada a dividir a sua atenção. Apesar de não conseguir ler a mente dos vampiros, Sookie conhece bem o seu namorado, Eric Northman, e Pam, a vampira que este criou, e percebe que conspiram para assassinar o vampiro que se tornou mestre deles. Gradualmente, vê-se arrastada para a conspiração, que se revela cada vez mais complicada. Novamente embrenhada nas intrigas políticas do mundo dos vampiros, Sookie descobre que é apenas um peão, como qualquer outro humano... e que há uma nova rainha no tabuleiro...

** Esta opinião contém spoilers para quem não acompanha a série. **

No imenso e bizarro mundo paranormal, do qual Sookie faz parte, existem verdades simples e irrefutáveis. A morte é uma constante e esta protagonista já ceifou a sua cota parte de vidas. As mentes, em geral, são para si um livro aberto, o que tem tanto de assustador como de interessante. E a paixão, um factor importantíssimo, encontra-se nos braços de um viking com mais de mil anos, mas convenhamos, muito, mas muito, bem conservado. Sim, isto é a sua simples realidade, viver e sobreviver nestas condições é a parte complicada.

Sangue Ardente é o XI livro da série Sangue Fresco que após, aproximadamente, 3000 páginas continua a cativar-me através de Sookie, Pam, Eric, entre muitos outros que já fazem parte do meu imaginário. Acção, aventura, suspense, amor e muitas surpresas regadas a sangue são o cardápio habitual desta divertida história que, na minha opinião, veio dar uma nova vida ao universo literário onde os vampiros são reis mas quem domina é a (ex.)ingénua Stackhouse.
Charlaine Harris foi a minha primeira escritora no munto do romance sobrenatural. Da minha parte, já lhe teci todos os elogios possíveis relativamente à sua criatividade, humor e escrita inteligente, o que se comprova pelo facto da sua história já ter voado das páginas para o formato televisivo, alcançando um número ainda mais elevado de fãs, comprovando, simplesmente, que a sua capacidade de entretenimento não tem limites.

Se houvesse dúvidas do inestimável valor desta série, o número de volumes já publicados, e os que ainda estão por publicar, seriam prova mais do que suficiente para as despistar. Não vos minto, a cada novo livro, chega-nos a prova do seu valor, revelando-nos novos riscos, novos medos e novas perguntas, e respostas, que nos mantém em suspense e ansiosos pelo próximo lançamento. Na minha perspectiva, penso que a chave para o sucesso se encontra na inovação dos crimes e mistérios, com um toque do género policial criminal, que a autora aufere sempre a cada nova publicação, o que resulta na perfeição.

Este é um livro especialmente dedicado à clarificação de respostas que até agora estavam pendentes. Aqueles que, na sua maioria, interagem com a personagem principal são os vampiros Pam e Eric, e as fadas Claude e Dermot. A Pam, em particular, tem momentos muito relevantes onde nos mostra que, apesar de sanguinária, e sem pulsação, algo da sua antiga natureza humana ainda persiste mantendo-se, efectivamente, bela, assustadora e com uma graça digna da morte.
No que respeita a nossa Sookie os apuros e os riscos estão efectivamente presentes, embora nada de tão assombroso como vimos anteriormente. Esta rapariga já aprendeu, definitivamente, a fazer os trabalhos de casa. Efectuando um bom trabalho como detective e eficiente nos pensamentos, esta já não é a tolinha crédula que encontramos de início, tendo agora uma maior bagagem e sangue frio (expressão curiosa) para contornar os seus inimigos. As reviravoltas continuam a ser um dos pontos fortes e, parece-me que, muito em breve vamos ter novas surpresas nas diversas áreas da vida desta personagem. Uma coisa é certa, as peripécias estarão sempre garantidas.

Como em todos os outros livros, este não foi excepção, e existem diversos momentos chave nas mais variadas áreas e dilemas da vida de Sookie, Da minha parte, gostei de ver, finalmente, e definitivamente, o caso Pelt resolvido que já se arrastava à demasiado tempo. Outro dos pontos que merece especial destaque, e por o qual acredito todos aguardam com especial ansiedade, é a descoberta do porquê de a nossa protagonista possuir um dom tão peculiar

No que respeita ao lado paranormal, tanto as fadas como os vampiros continuam a manter os seus segredos e, embora Sookie esteja o mais próximo possível de qualquer um destes seres, a verdade é que se comprova que certezas não existem porque até o seu coração a poderá trair, o que nos trará novos desfechos no futuro que, uma vez mais, nos deixam aprisionados ao enredo.

Pessoalmente, não considerei que este fosse o melhor livro da série mas não é, de todo, inferior ao nível a que a autora nos tem vindo a habituar, podendo ser considerado satisfatório e deixando a vontade de ler mais. Sinceramente, após terminada a leitura, fiquei com dois desejos peculiares, o primeiro é ver a Sookie com uma maior quantidade de sangue de fada que lhe permita uma vida perlongada – sim, eu acredito em finais felizes e a autora já disse que a Sookie nunca se irá tornar vampira – e segundo, gostaria de ver o Bill morto. Penso que está, definitivamente, na altura da autora começar a cortar nas personagens principais pois, embora continue a permitir uma grande permuta de intervenientes, a verdade é que, na sua maioria, entram e morrem ou então desaparecem e, com a aproximação do final da saga, eu começo a ambicionar por estabilidade.

Charlaine Harris apresenta-nos os conceitos de sempre que passam por um ritmo de leitura sôfrego, sem momentos mortos, onde conjuga perigos e humor que só são possíveis graças às características da sua protagonista que é o ponto alto de qualquer livro, cada vez mais, com a sua fantástica evolução.

Esta é uma publicação Saída de Emergênciainserida na colecção Bang, em que eu aposto sempre e que sugiro a todos aqueles leitores que gostam de fantasia ou mesmo aos que, tal como eu na altura, nunca experimentaram este tipo de literatura e se encontram reticentes quando a criaturas sugadoras de sangue. Gostei.


Opiniões anteriores:

Título: Sangue Ardente
Autora: Charlaine Harris
Género: Romance Paranormal
Editora: Saída de Emergência


Título: Luz e Sombras
Autora: Anne Bishop
Saga/Série: Trilogia dos Pilares do Mundo
N.º Páginas: 368
PVP: 19,95 €
ISBN: 9789896374273

Sinopse:
Desde o massacre das bruxas, os Fae, que deviam poteger as suas primas há muito esquecidas, ignoraram as necessidades do resto do mundo. Agora as sombras voltam a alastrar-se sobre as aldeias do oriente. Sombras negras e poderosas que ameaçam todas as feiticeiras, todas as mulheres e os próprios Fae. Apenas três pessoas podem fazer frente à loucura coletiva que se está a disseminar e impedir que mais sangue seja derramado: o Bardo, a Musa, e a Ceifeira. Aiden, o Bardo, sabe que o mundo está dependente da proteção dos Fae, mas estes recusam-se a escutar os seus avisos sobre o mal que se esconde nas florestas. Vê-se obrigado a partir com o amor da sua vida, Lyrra, a Musa, numa aventura arriscada em busca do único Fae capaz de fazer o seu povo despertar da indiferença. Se os Fae não agirem depressa, ninguém sobreviverá…

«Não há nada que se assemelhe. Tornou-se uma autora incontornável.» - Chicago Tribune

«Tremendamente sensual... Ricamente detalhado, o cenário de Bishop é baseado num mundo onde se revertem todos os clichés do género fantástico. Simplesmente genial.» - Library Journal


Primeiras Páginas: Aqui!

Saiba mais em: http://www.saidadeemergencia.com/produto/-o-202345/-o-202346/luz-e-sombras/

Título: O Mistério de Charles Dickens
Autor: Dan Simmons
N.º Páginas: 400
PVP: 18,55 €
ISBN: 9789896374259

Sinopse:
A 9 de junho de 1865, quando viajava para Londres de comboio com a sua amante secreta, Charles Dickens – no pico da fama como o mais genial romancista do mundo – é vítima de um acidente que muda a sua vida para sempre. Obcecado com visões de um homem de nome Drood que avistara no local do acidente, inicia uma vida dupla onde se dedica à investigação de cadáveres, criptas, ópio e fantasmas e torna-se frequentador dos subterrâneos de Londres a que chama “a sua Babilónia”. Mas será tudo isto uma mera pesquisa para o seu próximo romance ou uma descida aos infernos da insanidade? Baseado nos detalhes históricos da vida de Charles Dickens narrados por Wilkie Collins, outro grande escritor da época – bem como amigo, colaborador de Dickens e também seu grande rival –, Dan Simmons explora os mistérios em torno dos últimos anos da vida de Charles Dickens e poderá providenciar a chave para o seu último romance inacabado: O Mistério de Edwin Drood.
 
Saiba mais em: Saída de Emergência

sexta-feira, 25 de maio de 2012

A arrebatadora e guardada sequela do bestseller "As Profecias de Nostradamus".
Um antigo manuscrito guardado pelos descendentes dos Maias.

Título: O Código Maia
Autor: Mario Reading
N.º Páginas: 584
PVP: 15,90 €

Sinopse:
Adam Sabir arriscou a sua vida há seis meses para descobrir as míticas profecias perdidas de Nostradamus. E agora corre contra o tempo para desvendar os seus segredos, pois os acontecimentos profetizados começam a ter lugar…
Porém, ele não é o único à procura de respostas. No seu encalço está o Corpus Maleficus, uma cabala antiga dedicada a apaziguar o Diabo. Desfigurados desde o nascimento, órfãos, e criados na crueldade e violência pela mãe adotiva, os doze membros do Corpus constituem uma concorrência mortal. Com exceção de um.
Lamia escapou às garras dos seus irmãos e está em fuga com Sabir, seguindo a profecia do Yucatán, pelo coração da América Central. Enquanto isso, um vulcão entra em erupção no México e lança a confusão.


Sobre o autor:
Mario Reading nasceu em Dorset e cresceu entre Inglaterra, Alemanha e França. Durante uma juventude nómada vendeu livros raros, ensinou equitação em África, estudou dressage em Viena, geriu uma coudelaria vocacionada para o pólo em Gloucestershire e geriu uma plantação de café no México.
Reconhecido especialista nas profecias de Nostradamus, Reading é autor de cinco obras publicadas no Reino Unido e por todo o mundo, de entre elas destaca-se As Profecias de Nostradamus.
Visite-o em: www.marioreading.com
quarta-feira, 23 de maio de 2012

Um romance sobre a terceira mulher de Henrique VIII da Inglaterra. Das seis mulheres com quem casou, Henrique VIII teve como rainha predileta Jane Seymour, a única a dar-lhe um herdeiro que sobreviveu aos primeiros meses e que viria a ser o rei Eduardo VI.

Título: A Rainha Predileta
Autora: Pedro Carolly Erickson
N.º Páginas: 272
PVP: 16,60 €
ISBN: 9789895559466

Sinopse:
Filha de uma família nobre e ambiciosa, Jane Seymour é nomeada dama de honor de Catarina de Aragão, a mulher de Henrique VIII. Muito dedicada a Catarina, é com tristeza que Jane assiste às manipulações de Ana Bolena para se tornar rainha, que incluem o assassínio de alguém que sabia um segredo seu. Também Jane se torna vítima do ódio de Ana quando esta descobre o interesse do rei por ela. Como Ana Bolena não lhe consegue dar filhos, o rei pede a Jane que seja a sua próxima rainha. Dividida entre o seu coração e a lealdade ao rei, Jane tem uma difícil escolha a fazer.

«Um delicioso banquete da época Tudor» - Kirkus Reviews

Sobre a autora:
Carolly Erickson é historiadora e tem recebido muitos prémios tanto pelas suas obras de ficção como de não-ficção. Os seus livros têm também o reconhecimento dos leitores e são best-sellers do New York Times. A autora vive no Havai.

Finalista do Orange Prize e Livro do Ano para o New York Times, Lodolândia! integrou a shortlist de três livros que estavam nomeados para o prémio Pulitzer de ficção 2012. Este ano nenhum ganhou mas esta é uma grande distinção para o primeiro romance desta jovem escritora.

Título: Lodolândia!
Autora: Karen Russell
N.º Páginas: 400
PVP: 17,70 €

Sinopse:
Ava Bigtree, de treze anos, viveu a vida inteira na Lodolândia!, a ilha onde a sua família gere o parque temático de luta com jacarés. Mas quando a mãe, a estrela do espetáculo, morre inesperadamente, a família mergulha no caos. O avô tem de ser levado para um lar depois de morder um turista que, por acaso, era um importante advogado. O pai parte para o continente numa «viagem de negócios». A irmã Ossie apaixona-se por um fantasma e foge para se casar com ele, enquanto Kiwi, o irmão de dezassete anos, vai trabalhar para o Mundo das Trevas, o novo parque temático no continente que é o grande rival da Lodolândia!
Sozinha na ilha, até à chegada do estranho Passarinheiro, Ava parece ser a única a manter a esperança e a fibra necessárias para mudar o futuro. Mas poderá a sua ousada odisseia pelos pântanos salvar a família?

«Uma das melhores jovens escritoras americanas.» - Granta
«Melhores 20 autores com menos de 40 anos.» - The New Yorker

Sobre a autora:
Karen Russell nasceu em Miami. Figura nas célebres listas de 20 escritores com menos de 40 anos do New Yorker e de Melhores Jovens Escritores Americanos da Granta. Em 2009, recebeu o prémio 5 Under 35 da National Book Foundation. Os seus contos têm sido publicados na Granta, no The New Yorker, na Oxford American, entre outros, e em coletâneas de The Best American Short Stories. É atualmente escritora residente no Bard College.

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 5 de Março !

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo - Até dia 26 de Fevereiro!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo - Resultado!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide