Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Sinopse:
Quem é Genevieve? Que segredos esconde? Por que razão está tão determinada a destruir a vida de Katy?
Para onde quer que Katy se vire, Genevieve está lá – na escola, com as amigas de Katy e, o pior de tudo, a tentar seduzir o novo e sexy namorado de Katy. Apesar de ser muito popular, Genevieve esconde uma faceta ameaçadora, uma faceta perigosa que só revela a Katy: Eu sou o teu pior pesadelo!
Será que Genevieve é simplesmente uma rapariga que teve uma infância difícil? Ou será que esconde debaixo do seu encantador sorriso algo sinistro, algo sobrenatural?
Um romance sobre as reviravoltas da amizade, do amor e da maldade que não vais conseguir parar de ler.

Em primeiro lugar, antes de me debruçar sobre a opinião propriamente dita, começo por dar os parabéns à Civilização pelo formato adoptado para esta obra, idêntico ao internacional paperback, que para além de ter um peso agradável e ser muito fácil de transportar, tem um preço muito convidativo (aproximadamente 11 euros).

Em relação ao livro Coração Envenenado, este não é muito diferente dos típicos romances fantásticos juvenis de que eu gosto, onde se explora o amadurecimento humano. Só que, neste caso em particular, abordamos de forma diferente o maravilhoso e a curiosidade relativamente ao lado misterioso do enredo é bastante aguçada o que, a determinada altura, nos deixa tão  confusos como a própria protagonista, que terá de enfrentar uma vilã contraditória e capaz de causar arrepios, impulsionando a vontade de acompanhar o seu destino até que a verdade seja finalmente revelada. 

Katy é uma jovem sensível, de baixa auto-estima e que cresceu à forçosamente depressa devido à sua mãe extremamente depressiva. Aos dezasseis anos, quando finalmente parece estar encaminhada – com duas boas amigas e a viver a primeira paixão com o rapaz que sempre sonhou –, Katy é surpreendida com o aparecimento de uma presença perturbadora, uma rapariga com uns olhos hipnotizantes, que parece estar em todo o lado e, ao mesmo tempo, ser apenas fruto da sua imaginação.
Quando, finalmente, a nossa protagonista consegue abordar esta miragem fugaz de um pesadelo, descobre que os seus dramas só agora se principiam e, independentemente de tudo o que construiu e da generosidade que a caracteriza, sente que a sua vida irá mudar. O seu nome é Geneviere e parece ter uma única missão, destruir a sua vida. Ela é a reencarnação do mal.

Não querendo, de todo, influenciar a interpretação de quem vier a folhear esta obra, para mim é indiscutível que Geneviere é a grande personagem deste enredo. Mais do que o busílis que distorce a vida de Katy, esta interveniente toca em todas as acções que se desenrolam durante a trama enigmaticamente, tornando-se a causa e efeito de tudo o que acontece devido a estranha ligação que estabelece com todas as personagens. É credível e é o espelho de quão mau pode ser o conteúdo de um ser humano.
Louca, desprezível, contraditória e despertando todos os sensores interligados com a palavra medo, é por ela que li este livro através da perspectiva de Katy que, quanto mais luta, mais enredada e manipulada se encontra. 
Existem efectivamente outras personagens, o melhor amigo, o namorado, as amigas e até a mãe da protagonista mas, na minha opinião, não passam de peões neste jogo de xadrez, entre o branco e o preto, entre a luz e a escuridão, que nos faz questionar, constantemente, qual será lado do tabuleiro que realizará xeque-mate.

Em relação a pormenores fantásticos, não existe muito que eu possa revelar sem que vos diga algo crucial que estrague o vosso próprio prazer de leitura, assim sendo, cito apenas que tanto o momento em que o maravilhoso está presente como aquele em que está ausente é fundamental para descortinar o grande mistério que envolve esta obra.
As emoções acabam por ser, na minha perspectiva, o que marca mais este texto, através do medo e da incerteza, uma vez que são transmitidas de forma natural para o leitor que, infelizmente, também se pode sentir um pouco saturado devido à abordagem comportamental mais juvenil do livro, em que as crises da adolescência estão fortemente impressas

Uma ameaça real, contornos desiguais, interessante, e alguns segredos que se perpetuam até às últimas páginas são, portanto, os trunfos de uma história que a mim, como a adulta, nem sempre cativou mas que, ainda assim, creio que agradará aos mais jovens.

Relativamente à escrita, S. B. Hayes caracteriza-se por uma linguagem simples e por trabalhar bem o mistério, que apimenta com um pouco de fantástico.
Não sendo extraordinárias, pelo contrário, as suas descrições são bastante simplificadas permitindo no entanto que quem lê se sinta ambientado com a narrativa e com o suspense que se adensa com o desenvolvimento da acção.

Pessoalmente, dou nota positiva a todas as questões relacionadas com a psicótica Geneviere e a forma perturbadora como se enraíza nas mentes de todos os intervenientes mas, sinceramente, esperava um livro que explora-se um pouco mais o sobrenatural e acabei por encontrar algo diferente que não me conseguiu convencer totalmente, principalmente porque o enredo demora a desenvolver.
Fica, como mensagem final, a noção de quem nem tudo é o que parece.

Uma aposta repleta de segredos da Civilização que, para o bem ou para o mal, irá efectivamente surpreender o leitor.

Título: Coração Envenenado
Autora: S. B. Hayes
Género: Fantástico
Editora: Civilização

5 comentários :

Anónimo disse...

Obrigada... Eu já tinha o propósito de comprar este livro, mas antes queria saber mais ou menos o que me esperava nele!!!!!! Obrigada porque me incentivaste a lê-lo!!!!

Elphaba J. disse...

Olá Anónimo :)

Fico feliz que tenhas gostado da opinião e se o que procuras é uma leitura juvenil com uma vilã interessante esta será, certamente, uma boa opção.

Boas leituras & Boas festas*

Anónimo disse...

Adorei ler este livro
De momento é o meu livro favorito
É um ótimo livro para adolescentes (sobretudo para raparigas)

Elphaba J. disse...

Olá,
É certamente o livro perfeito para o publico juvenis, com a dose certa de suspense e que fará reflectir sobre o que realmente está a acontecer.
Fico feliz que tenhas gostado *.*

Beijinho e Boas leituras!

Anónimo disse...

Adorei o livro :-)

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 13/08!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide