Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sinopse:
Os melhores amigos tornam-se nos piores inimigos - sabem todos os nossos segredos, fraquezas, e onde nos atingir para nos magoar mais… Haven descobriu algo sobre Damen - algo sórdido sobre o seu passado - e está praticamente a pedir-me para o revelar. "Eu sei que tu queres saber, Ever. E eu não posso dizer que te censuro. O Damen tem segredos. Segredos grandes, complexos, sombrios e sujos." Haven parou muito perto de mim, com uma expressão desafiadora nos seus olhos brilhantes, acenando-me com as palavras, tal como a maçã oferecida a Eva, quase que uma súplica para que eu as aceite.

*Este texto contém spoilers para quem não leu nenhum título da série Os Imortais*

Estrela da Noite é o quinto livro de uma série que nem sempre conquistou, mas que sempre conseguiu despertar o interesse pela sua temática fascinante. Com momentos de grande tensão este livro é, tal como os seus antecedentes, rico em emoções que transcendem o homem e aventuras que certamente arrebatam os corações das jovens comuns e mortais perante a perspectiva de imortalidade.

Morte e deslumbramento, dor e principalmente amor, são os temas centrais desta narrativa feita se muitos astros mas com um núcleo que absorve tudo o resto, os seus protagonistas, que atraem  inevitavelmente para si consecutivas sementes do mal desejosas de florescer. Para quem leu os títulos anteriores de Os Imortais rapidamente descobrirá que nem sempre conhecer o inimigo facilita a resolução dos nossos problemas, muito pelo contrário, não raras as vezes é pior ainda.

A pequenez de Haven, a antiga melhor amiga de Ever, é repudiante ao ponto de muitos leitores não simpatizarem com ela deste Eternidade, mas no seu novo fato – um vestido em estado de graça de Bruxa Má do Oeste (a Elphaba que me perdoe a comparação) – torna-se completamente repulsiva. Vil, egoísta, invejosa e sedenta da desgraça alheia, esta rapariga revelar-se um adversário que levará a nossa protagonista imortal a contradizer todas as emoções através de um combate que, para o bem ou para o mal, tem na face errada da moeda o poder de mudar o rumo desta história.  
No que respeita ao casal principal, Damen e Ever, a sua relação montanha-russa parece não ter fim e a instabilidade continua a vingar. No entanto, começa a ser permitido que o leitor anteveja o verdadeiro sabor do amor que os une, que a imortalidade uniu, ao longo de muitos séculos de desencontros entre duas almas-gémeas que, finalmente, parecem caminhar para o tão aguardado final feliz.

Quanto aos pormenores alusivos ao maravilhoso, são poucas as novidades que o enredo oferece o que é compensado pelas singularidades que desvendamos naquilo que anteriormente era dado como certo havendo, igualmente, um acompanhamento mais estreito com o passado daqueles que conhecemos, o que poderá ser uma agradável surpresa. Summerland, o paraíso de possibilidades infinitas e onde tudo pode acontecer, é outro dos factores de interesse nesta história começando a revelar falhas na sua perfeição através contrastes atractivos que vêm evidenciar que não há bela sem senão.

Para os fãs da série, com o final tão próximo, acredito que terão uma motivação redobrada para usufruírem deste livro e, quanto a todos os leitores que encontram no fantástico a cura para todos os males e no amor a chave para o bem, esta será sem dúvida uma escolha assertiva.

Alyson Noël segue o mesmo estilo de escrita das suas publicações anteriores, simples, emotiva e com uma criatividade dirigida para um público jovem.
As suas descrições relativas aos cenários sobrenaturais continuam a ser um dos seus pontos fortes, assim como as descrições cuidadas relativas aos sentimentos das personagens principais, tendo o leitor acesso total aos seus pensamentos, que nos absorvem totalmente.
Uma escritora que vem provar ser uma escolha acertada para os adolescentes pelos valores que transmite e na mensagem que passa sobre a importância de fazer o bem ao próximo, quer seja pela sua série Os Imortais ou pela série, também publicada em Portugal, protagonizada por Riley, Aqui & Agora.

Pessoalmente, já senti muitas emoções contraditórias em relação a esta série e, confesso, um dos meus livros favoritos foi o primeiro, Eternidade, com uma capa pela qual me apaixonei e um imenso potencial por explorar. Nos livros seguintes penso que as emoções de Ever, e todo o drama que a envolve, poderiam ter sido expostos de uma outra forma mas, ainda assim, consegui sempre ter interesse nas revelações apresentadas.
Quanto a esta história em particular, Miles e Damen foram aqueles que na minha opinião estiveram melhor a par com alguns elementos secundários que, embora menos interventivos, se encontram particularmente cuidados e apelativos.

Este livro é uma aposta da colecção 1001 Mundos, publicada pela ASA, que no presente mês de Outubro irá trazer a autora a terras lusas para duas sessões de autógrafos (dia 26 na FNAC do Colombo a partir das 21:00 e dia 27 a partir das 16:00 na FNAC Almada Fórum), oportunidades imperdíveis!
É importante ainda frisar que estas sessões irão ainda coincidir com o lançamento do último livro da série, Infinito, uma leitura que será obrigatória para mim.

Série Os Imortais

 Eternidade (opinião)
Lua Azul (opinião)
Terra Sombria (opinião)
Fogo Negro (opinião)

Título: Estrela da Noite
Autora: Alyson Noël
Género: Fantasia
Editora: ASA – Colecção 1001 Mundos

2 comentários :

Liliana Lavado disse...

Ando a balançar no leio / não leio com esta série… e por alguma razão o teu posts empurra-me mais para o "não leio"… acho que há tantos livros que se não há uma paixão "a sério" não vale a pena.

Elphaba J. disse...

Eu percebo-te Liliana... A verdade é que este livro é mesmo um pouco mais juvenil e não sei se faria, de todo, o teu género. Existem muitas da adolescência vinculados aos protagonistas que nem sempre são agradáveis.

Boas leituras.

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide