Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sábado, 28 de julho de 2012

Sinopse:
Grania Ryan tem em Nova Iorque a vida com que sempre sonhou. Tudo é perfeito até ao dia em que o seu desejo mais íntimo é brutalmente estilhaçado. Arrasada, Grania decide voltar à Irlanda e aos braços da sua adorada família. E é aqui, à beira de uma falésia, que conhece Aurora Lisle, a menina que vai mudar profundamente a sua vida.
A ligação entre ambas é imediata e profunda. Pouco a pouco, Grania descobre que as histórias das suas duas famílias estão estranha e intrinsecamente ligadas…
De um agridoce romance na Londres do tempo da grande guerra a uma relação tempestuosa na Nova Iorque contemporânea; da devoção a uma criança terna e carente a memórias esquecidas de um irmão perdido, o passado e o presente das famílias Ryan e Lisle estão unidos há um século. Cem longos anos de equívocos e segredos, paixões e ódios… Apenas a intuição e a coragem de Aurora poderão quebrar o feitiço e vencer as barreiras que o passado ergueu.

A Menina na Falésia é uma história maravilhosa. Adaptada a públicos variados, devido à singularidade e mestria do seu texto, esta narrativa chega a ser encantatória envolvendo totalmente o leitor nos conflitos e amores que tomaram conta de várias gerações entre duas famílias destinadas a estar unidas.

Existe na memória uma força poderosa que faz crescer o medo e, mesmo que essa memória seja tão antiga como os erros e as paixões que dominam estas personagens, é imprescindível aprofunda-la, conhece-la minuciosamente, para que se possa vencer os medos, regressar do passado e, finalmente, viver livremente no presente.
Aurora é sem dúvida a grande personagem deste livro. Embora ainda seja criança, e viva na actualidade, é ela quem nos introduz em cada fase desta complexa história que vai desde a Primeira Grande Guerra aos dias de hoje, com cenários diversificados. Com uma beleza rara, esta menina que Grania conhece na falésia, é dotada de uma grande astucia e inteligência, sendo no entanto carecida de afecto e atenção o que permitirá Grania entrar na sua vida. De mãos dadas estas almas mergulharão no passado, descobrirão que ainda é possível ser-se feliz e, embora existam lágrimas, tentarão encontrar no amor a cura para a tragédia que tomou conta das suas famílias.

Com diversos pontos de interesse, destaco a brilhante Aurora pela forma como agarra o leitor do princípio ao emocionante final deste livro. Através de palavras sinceras, desabafos doces e lembranças fiéis, ela tem a capacidade de provocar um turbilhão emocional em todos os tempos vivenciados. O ambiente místico, a sensação de que algo transcende a realidade credível descrita, é outro dos motivos que intensifica e cativa a percorrer estas páginas que são repletas de personagens variadíssimas e, todas elas, com um papel crucial no enredo.
Este é também um livro muito rico em pormenores, em qualquer data ou local que o leitor esteja a folhear. Da diferença entre classes sociais em Londres no início do século XX, aos problemas actuais de qualquer jovem em ascensão na actual Nova Iorque, passando pela mentalidade de uma Irlanda rural, nada é deixando ao acaso e em cada vida, das muitas exploradas, existe algo que marca pela diferença. Nada é demasiado aprofundado, mas tudo é suficientemente retractado para que seja possível sentir, enquadrar, o universo ficcional.
Uma história de vida, de vidas, de medos e que conquistas, de paixões e separações. Uma história de guerra e de amor, sobre a família e a sua simplicidade, por vezes complicada, mas sempre, sempre transbordante de sentimentos. A história de uma herança e de Aurora.

Lucinda Riley tem uma imaginação prodigiosa, algo que se verifica pela forma como entrança os fios de vidas tão variadas que, por sua vez, enlaçam o leitor completamente no seu enredo.
A sua escrita tem tanto de simples como de bela e as suas descrições são primorosas transportando com facilidade quem lê para os cenários repletos de significado e fielmente adaptados à época em questão.
As emoções transmitidas são papáveis e fácil criar empatia com os retractos representados e neste caso, creio, que a diversidade conquista na mesma medida que a singular da magnífica Aurora
Uma autora que chegará a muitos leitores com a sua voz sublime, com a capacidade de transmitir afecto e com as suas personagens apaixonantes, transportando o leitor ao longo dos tempos numa história fascinante que conquistará aqueles de coração aberto se entregarem a estas suas famílias.

Eu confesso-vos que adorei este romance. Já tinha recebido alguns comentários positivos mas, sem expectativas, fui facilmente atraída para esta narrativa que me surpreendeu totalmente.
O meu ritmo de leitura foi voraz o que se deveu, em grande parte, à intensidade do enredo. Quando na primeira página li a introdução da protagonista foi impossível não querer desvendar o seu passado e a verdade é que quanto mais descobria mais me enternecia, num ciclo vicioso, com uma ou outra lágrima e muitos sorrisos, que me envolveram emocionalmente.
Adorei Aurora. É uma protagonista indescritível e que supera largamente aquilo que normalmente tenho oportunidade de folhear, é de uma ternura e inocência tocantes que, ao mesmo tempo, não põem de parte a sua inteligência por um bem maior que deve prevalecer sempre, o amor e as muitas formas que existem de amar.

Esta é uma aposta lindíssima por parte da ASA que abraçará muitos corações de forma complexa mas através das emoções simples. Um livro que sugiro, sem qualquer restrição, a todos os leitores de romances.

Título: A Menina na Falésia
Autora: Lucinda Riley
Género: Romance
Editora: ASA 

0 comentários :

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide