Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Sinopse:
Como podemos escolher entre a nossa vida e a de um filho?
Os recém-casados Holly e Tom acabaram de se mudar para uma casa antiga na pitoresca Inglaterra rural. Quando Holly descobre um relógio lunar num jardim cheio de ervas, e o seu estranho mecanismo de cristal, está longe de suspeitar que ele vai mudar a sua vida para sempre. Pois o relógio lunar tem uma maldição.
A cada lua cheia, Holly consegue ver o futuro – um futuro que contém Tom a embalar a filha bebé de ambos, Libby, e a chorar a morte de Holly no parto…
Holly percebe que o relógio lunar está a oferecer-lhe uma escolha desesperada: dar a Tom o bebé que ele sempre quis e sacrificar a sua própria vida; ou salvar-se e apagar a vida da filha por quem se apaixonou.

A Escolha do Coração é uma história sobre o poder de dar ou retirar a oportunidade de ver o mundo, sobre o poder de decidir o valor e o peso de duas formas distintas de amor, é sobre o poder de uma decisão que não deveria, nunca, fazer parte de nenhum futuro, de nenhum destino.

Quando Holly descobre no seu jardim um antigo relógio lunar nada a poderia fazer prever a visão que este lhe iria conferir, a visão de um presente amargo capaz de lhe roubar a estabilidade e o mais importante de todos os seus tesouros, o homem do seu coração, Tom. Juntos, eles são um casal perfeito, com uma vida quase perfeita agora que encontraram o lar ideal para a sua futura família mas, rapidamente, os problemas sucedessem enquanto eles resistem com a força de um laço intenso de paixão. Tom, infelizmente, embarca consecutivamente em viagens de trabalho e Holly, com os seus dilemas secretos, sente-se cada vez mais só com uma predestinação incerta entre mãos e o rosto de Libby profundamente vinculado aos seus pensamentos, no seu coração.
Nada poderá dar certo com um futuro desgostoso segredado de uma visão, um futuro de dor e, neste caso, nem Jocelyn, a mais fiel das amigas, que já sofreu os seus medos, a conseguirá ajudar.

Repleta de emoção, esta é uma narrativa que expõe afectos profundos, que expõe o amor entre mãe e filho, o amor incondicional entre um homem e uma mulher e, ainda, uma amizade terna, crescente, entre duas vidas que cuidam de perdoar e, sem pedir nada em troca, estão presentes nos momentos mais difíceis.
Com pormenores dedicados ao maravilhoso, relações problemáticas e todo género de conceitos familiares este livro não deixa de ser, acima de tudo, extremamente sentimentalista, ligeiramente dramático, sendo ideal para os adoradores de romances emotivos

Amanda Brooke coloca muito de si própria na sua escrita e isso torna-se evidente ao olharmos para o seu passado e para história que apresenta. Com palavras simples e alguns retoques de humor, a autora aproxima-nos e envolve-nos com as suas personagens e os seus problemas, acabando por transmitir vivências e emoções que durante o decorrer da sua vida ultrapassou.
Obviamente que tratando-se de ficção o retracto descrito por Amanda está embelezado e é mais fácil para o leitor aceitar, e folhear, com fluidez o seu texto. O que também não pode ficar esquecida é a criatividade do enredo, para lá do drama central existem muitos factores de interesse e que, tenho a certeza, despertaram a curiosidade de quem lê. 

Pessoalmente, devo admitir que, senti algumas dificuldades em encontrar o meu ritmo de leitura e pontos de ligação com a narrativa.
Acho que em diversos momentos as emoções foram demasiado descritivas, a passagem do tempo foi repetitiva com as viagens constantes de Tom e o medo latente, sempre de presente, de Holly.
Ainda sim, na minha perspectiva, acho que esta história tem imenso potencial mas que, no entanto, deixou muitos pontos-chave por explorar. Se o livro fosse um pouco mais extenso dando a oportunidade de saber um pouco mais sobre os restantes intervenientes, para lá do casal principal, penso que a narrativa só teria tido a ganhar. Fica, no entanto, a vontade de ler algo mais desta autora, pois acredito que, com a sua imaginação e sentido de humor, tem muito mais para oferecer.

Este romance é uma aposta da apaixonante editora Quinta Essência que, como sempre, aposta na publicação de obras muito dedicadas à mulher e aos variados sentimentos que muitas vezes guarda só para si. Uma leitura que sugiro a quem gosta de romances e, em particular, a quem gosta de histórias comoventes.

Título: A Escolha do Coração
Autora: Amanda Brooke
Género: Romance
Editora: Quinta Essência

0 comentários :

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide