Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 22 de março de 2012

Sinopse:
John Smith, de quinze anos, é um dos nove jovens que conseguiram abandonar o planeta Lorien antes de este ter sido destruído pelos Mogadorianos. Por esta razão, tem andado escondido toda a sua vida, mudando de identidade e de localização ao menor sinal de perigo. Mas agora John quer parar de fugir e enfrentar o seu destino. Os seus Legados - poderes extraordinários que lhe permitirão lutar contra os adversários - começam a manifestar-se e ele tem todos os motivos para querer uma vida normal. Um livro repleto de aventura, romance e acção cuja adaptação ao grande ecrã estreia em 2011.

Num planeta relativamente próximo da Terra a extinção de uma raça é um dado adquirido mas, num acto extremo e irreflectido, nove crianças são escondidas e enviadas para o meio de nós. Não se podem ver, não podem lutar e três deles já foram caçados. Como conseguirá o quarto destes jovens sobreviver?

Sou O Número Quatro é uma narrativa fantástica que nos remete para uma história de outro mundo que se desenrola no nosso planeta. Durante toda a trama vivemos de forma intensa a vida do protagonista que se torna mais humano a cada dia que passa ao mesmo tempo que nos envolve, cada vez mais, no passado da sua civilização.
Pittacus Lore é dotado de uma grande imaginação, algo que é evidente logo a partir das primeiras páginas. Com uma escrita simples, que impulsiona uma leitura voraz, estamos perante uma história leve de ficção científica que se completa com uma pitada de romance, mistério e muito suspense.

Este foi um livro que me deu imenso prazer descobrir o que se deve, em parte, ao seu magnífico enredo que se desenvolve com um ritmo assertivo, mas também, graças às suas personagens, uma em particular, cuidadas e bem trabalhadas que crescem com o desenrolar da história.

John, o nosso personagem principal, é o Quatro, é extraterrestre e tenta a todo o custo integrar-se. Passando por um adolescente normal aguarda, com saturação, o momento em que começará a desenvolver o seu legado, o seu poder, no entanto a espera é demasiada agora que vê a morte como uma realidade latente, o Três foi eliminado... Gosto imenso desta personagem devido à sua personalidade, pois embora tenha um forte sentido de honra e uma enorme responsabilidade sobre os ombros ele reage e actua de acordo com os parâmetros de um adolescente normal, cometendo erros e desejando todas as emoções apropriadas à idade.
Henri, o tutor de John, é mais difícil de compreender. Com ele estão guardados diversos segredos que não podem, ainda, ser revelados e é responsável pela educação e sobrevivência de John. Como Henri o consegue é algo que nos ultrapassa, assim como a sua capacidade de lidar com as recordações do planeta Lorien que sempre reconhecerá como único lar.


Do lado humano destacam-se Sam e Sarah, ele mais excêntrico e ela mais romântica, destacam-se sem dúvida pela normalidade. Eles são os amigos que, pela primeira vez, John se permite descobrir em Ohio, a sua última localização. Embora a sua intervenção no livro acabe por se ir adensando para mim não à dúvida que todo este livro é baseado no protagonista não tendo os restantes intervenientes marcado de forma particular.


Em relação cenário do livro acaba por se desenrolar, quase na totalidade, na cidade de Ohio e quanto a isso nada existe de extraordinário, no entanto as memórias que vão sendo recuperadas de Lorien fazem delícias e acabam por ser a mais-valia do livro.

Pessoalmente, gostei do livro porque se lê muito bem, proporcionando todo o entretenimento que muitas vezes desejamos de uma leitura sem complicar, contrariando a regra deste género literário que tende a ser tão complexo. O autor conseguiu despertar-me a curiosidade quando ao passado e o futuro de Lorien, os conteúdos fantásticos, a forma como de desenvolvem e como o próprio protagonista os vai descobrindo, factos que foram fundamentais para mim.

Pittacus Lore tem uma escrita que se adapta ao público juvenil mas que, no entanto, permite que os leitores mais maduros disfrutem igualmente do seu livro. Como nota final fica a minha recende descoberta de que este pseudónimo, que de forma subtil intervém como personagem do livro, pertencem a dois autores, James Frey e Jobie Hughes,

Esta é uma leitura que recomendo a curiosos de ficção científica e literatura fantástica, sem a promessa de ser o livro das vossas vidas mas que, ainda assim, não deixará de vos agradar e deixar curiosos quanto à continuação. Para já podem ler a continuação, O Poder de Seis, publicada pela Editorial Presença este mês e ver o filme, algo de que eu quero disfrutar em breve.

Relembro ainda que está a decorrer no blogue o passatempo O Poder de Seis. Aqui.


Título: Sou O Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Género: Ficção Científica
Editora: Editorial Presença

1 comentários :

Inês Santos disse...

http://jaestudeimae.blogspot.pt/2012/03/tag-11-perguntas.html

Foste tagada miga =P

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide