Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sábado, 31 de março de 2012




Três livros maravilhosos da Quinta Essência dos quais ainda me falta ler Segredos de Paris, mas desta semana não passa!
Para Sempre, Meu Amor (Opinião)
Regresso a Itália (Opinião)





Uma oferta do namorado onde aproveitei uma promoção da Fnac.pt. Queria muito O Centenário Que Fugiu Pela Janela e Desapareceu por isso estou muito curiosa.



Um livro da Porto Editora indispensável que já li e espero publicar opinião nos próximos dias, entretanto já podem encontrar as opiniões dos anteriores livros da série:
hush, hush (Opinião)
Crescendo (Opinião)






Uma aquisição via Winkingbooks para começar a alinhavar a série, já tenho os dois volumes seguintes e por isso este veio mesmo a calhar! 








Dois livros com o carimbo Saída de Emergência. Já li os dois no entanto só publiquei uma opinião.
A Cruz de Morrigan (Opinião)




Aproveitei mais uma promoção Fanc.pt com um vale de desconto de 5€ pelo que, feitas as contas, estes dois livros não chegaram a 4,5 € cada um! Muito bom :)





Três livros Editorial Presença num género mais próximo da ficção científica, já li os três e adorei!

Falta-me publicar a opinião de O Poder de Seis, mas já na próxima semana podem contar com ela de certeza!
A Passagem Volume II (Opinião)
Sou O Número Quatro (Opinião)


Penso que este foi um mês excelente não só de aquisições mas também de leitura e vocês, que leituras vos acompanham? Que livros vos chegaram a casa este mês?




Sinopse:
A coragem de descobrir o que realmente importa…
As fadas madrinhas existem, mesmo nas tranquilas colinas irlandesas.
Na bonita cidade de Carrickwell vivem três mulheres cujas vidas se encontravam completamente delineadas: a ambiciosa Mel estava determinada a ter uma carreira e uma família; a atenciosa Daisy sonhava em ter um filho com o namorado, e a impetuosa Cleo queria terminar o seu curso e entrar no negócio da família.
Mas as circunstâncias mudaram e tudo se desmoronou.
Quando Leah, uma enigmática mulher a braços com os seus próprios problemas, abre o Spa Cloud’s Hill, Mel, Daisy e Cleo desenvolvem uma amizade e a coragem de descobrir o que realmente importa para elas, para sempre...


Existem histórias que têm o condão de nos fazer viver intensamente cada umas das suas personagens e esta é uma delas. É uma história de mulheres que ousaram ser ambiciosas consigo mesmas, mulheres que ultrapassaram os seus receios e que trocaram metas previsíveis pela concretização dos seus desejos mais íntimos. São mulheres palpáveis que aprenderam uma grande lição com a vida, nem sempre fácil, e que descobriram que o caminho para a felicidade é possível se realmente acreditarem. É uma história cativante.

Para Sempre, Meu Amor é um livro com que, facilmente, qualquer leitora se conseguirá identificar. Com personagens bem trabalhadas e um enredo magnificamente bem explorado, quem lê, terá a possibilidade de encontrar diferentes tipos de personalidades femininas com idades diversas e estilos devida completamente diversificados que se unificam num único ponto em comum, o bem-estar consigo mesmas.

Cathy Kelly é das minhas autoras favoritas e voltar a reencontrar a sua escrita é para mim um verdadeiro prazer. Muito actual e divertida, a autora faz com que a leitura tenha um ritmo próprio que envolve o leitor intensamente até ao final que, para a mim, enquanto mulher, permitiu reflexão e deixou saudade.

Seguindo a mesma estrutura de Reencontros também aqui começamos por ter capítulos dedicados exclusivamente a uma personagem que mais tarde acaba por conhecer e trabalhar algum afecto com as restantes. O elo de ligação entre elas é o Spa Cloud’s Hill, um local construído e gerido por uma mulher madura, Leah, que procura transmitir um pouco da sua sabedoria após ter ultrapassado um momento marcante da sua vida.
O local não poderia ser mais inspirador e a verdade é que neste território intimo que Mel, Daisy e Cleo encontram, para além de estética e relaxamento, um porto de abrigo que, enquanto mulheres, lhes permite dedicaram-se apenas a elas mesmas fugindo das suas rotinas e vidas que acabam por complicar-se bastante com o decorrer da narrativa.
Mel é a minha personagem favorita devido a sua coragem para fazer escolhas e ultrapassar, embora cansada, de cabeça erguida os seus tormentos como mãe e trabalhadora a tempo inteiro. Se tivesse de escolher um interveniente masculino o seu esposo, Adrian, seria o meu eleito, juntos fazem um casal magnífico.
Cleo, a jovem da nossa história, é cheia de personalidade e de garra característicos da sua idade. Recém-formada, ela irá vê cair por terra os planos que tinha traçado para a sua vida quando os pais a excluem do negócio de família, perdendo assim um apoio que sempre julgou como certo. Muitas jovens poderão identificar-se com os seus dilemas desta fase complicada que implica encontrar o seu papel social.
E por ultimo Daisy que devido ao seu drama poderá ser aquela com que mais de nós acabaram por se identificar. Com problemas de auto-estima ela faz muitas asneiras, é a que mais necessita de apoio e na qual se espelha uma faceta tremendamente humana cometendo muitos dos erros que, também nós, tendemos a fazer quando nos encontramos deprimidos.

A par com as personagens principais, também os intervenientes secundários são dignos de nota e enriquecem sem dúvida a leitura. As suas histórias são vividas com igual intensidade servindo para expor ainda mais questões nas quais nos revemos.
O enredo é excelente, também graças à quantidade de vidas que a autora consegue conjugar e interligar com uma sintonia perfeita muito próxima do que real que, sem que nos sintamos perdidos, nos envolve com facilidade conseguindo criar um laço imediato, estreito, entre o leitor e todo o universo ficcional que Cathy criou.

No que respeita ao cenário da história Carrickwell é o local perfeito. Uma cidade pequena onde tudo se sabe e tudo pode acontecer mas que, ainda assim, permite a privacidade suficiente para que as personagens se descubram apenas no momento certo.

Esta é uma narrativa praticamente dedicada, na sua totalidade, à mulher e isso é evidente, todo o tipo de relações podem aqui ser encontrados, divórcios, namoros longos, ausência de relações bem como, todo o tipo de problemas emotivos com os quais nos podemos deparar. É mais ou menos como abrir um livro sobre a mulher em que, em algum momento, encontramos algo com que nos reconhecemos e, em relação a tudo o resto, nos enternecemos e sentimos complacentes.

Pessoalmente, deixando as questões mais evidentes para vossa própria descoberta, eu gostei das mensagens contidas nas entrelinhas que cada personagem transmitiu. Coragem, ousadia, ambição, amor, amizade, esperança, entre muitos outros mantras, estão embutidos nesta bonita história que, e embora não me tenha feito chorar, tocou o meu coração e fez-me sorrir ao imaginar o que eu teria feito, ou poderei vir a fazer, em determinados momentos da minha jornada.

Cathy Kelly elabora retractos reais na ficção e a sua proximidade com o verídico, a forma como chega a todas nós e a lemos, é magistral. A sua escrita, como disse anteriormente, é actual e aprimorada, com um humor fácil e mensagens simples que, na minha opinião, contêm grande parte seu do mérito pela transparência de pensamentos que sentimos durante a leitura que flui de forma muito natural, e em que nada é forçado, fazendo das suas quase 500 páginas algo breve que eu não consegui largar até terminar.

Eu adoro romances e, por vezes, quando mais simplificados mais facilmente me conquistam algo que Cathy Kelly consegue de forma surpreendentemente. Espero, sinceramente, ter oportunidade de ler muitos mais romances desta autora mas, por agora, encontram-se já publicados pela Quinta Essência Alguém Como Tu, Uma Vez na Vida, Reencontros e, no próximo dia 2 de Abril, este magnifico Para Sempre, Meu Amor que tenho a certeza que emocionará muitas leitoras. Uma excelente aposta que eu adorei!

Este livro está com passatempo a decorrer no blogue até dia 2 de Abril, participe aqui!





Opinião anterior:


Título: Para Sempre, Meu Amor
Autora: Cathy Kelly
Género: Romance
Editora: Quinta Essência

Título: Crónicas de Paixões & Caprichos
Autor: Julia Quinn
N.º Páginas: 368
Preço: 15.90 €

Sinopse:
As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) Duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo…

Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos.
Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada.

Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…

“Uma delícia!”  - Nora Roberts

 “A mais original e fulgurante história de amor do ano.” - Lisa Kleypas

Sobre a autora:
Mal terminou o seu curso universitário em Harvard, Julia Quinn começou a escrever e nunca mais parou. Todos os seus romances integram de imediato a lista de best-sellers do New York Times. Vive com a família no Colorado.

Para mais informações sobre a autora, consulte o site: www.juliaquinn.com
Pode também visitar o blogue Chocolate para a Alma - chocolateparaalma.blogs.sapo.pt
sexta-feira, 30 de março de 2012

“Um grandioso romance de amor, perda, lealdade, segredos, rivalidades e fé, na vida de um conjunto de personagens encantadoras e imperfeitas.”

Título: O Colégio de Todos os Segredos
Autor: Gail Godwin
N.º Páginas: 512
Preço: 17.50 €

Sinopse:
Mount St. Gabriel’s é um dos mais prestigiados colégios femininos americanos. Cada ano lectivo vê chegar novos rostos e dita um novo equilíbrio na hierarquia social da escola. No Outono de 1951, uma das turmas destaca-se pela excelência e singularidade, duas características que, juntas, são potencialmente imprevisíveis. Apenas a jovem professora Kate Malloy e a rígida matriarca da escola, a madre Suzanne Ravenel, se apercebem de que as espera um ano invulgar. Não poderiam, claro, imaginar até que ponto a história do próprio colégio se alteraria.
Tudo começa quando Tildy Stratton, a incontestada líder da turma, abandona a sua fiel aliada, Maud, para se aproximar de Chloe Starnes, uma nova aluna que ficou recentemente órfã após a morte prematura e misteriosa da mãe. Esta amizade preenche um vazio nas vidas das duas jovens e põe em marcha uma série de acontecimentos que vão ameaçar a delicada harmonia da escola e mudar para sempre a vida de todos.
Cinquenta anos depois, com o colégio há muito encerrado, a madre Ravenel recorda esse ano, cruzando passado e presente, numa derradeira tentativa de se reconciliar com as origens trágicas daquele que ficaria conhecido com “o ano tóxico”.


«Poderoso.» - The New York Times 

«Se tenciona ler apenas um grande romance este ano, este talvez seja o mais indicado… Um livro à moda antiga sobre ciúmes e paixão num colégio católico para raparigas, escrito com profundidade e humor.» - Bookpage

Sobre a autora:
Gail Godwin nasceu em 1937, em Birmingham, no Alabama, Estados Unidos. Após o curso de Jornalismo na Universidade da Carolina do Nortte em 1959, foi repórter do Miami Herald e trabalhou na embaixada americana em Londres. Fez um mestrado e um doutoramento em Inglês na Universidade do Iowa, em 1968 e 1971, onde estudou com John Irving e John Casey, tendo como professor Kurt Vonnegut. Foi por três vezes finalista do National Book Award e é autora de doze romances aclamados pela crítica e pelo público. Vive atualmente em Woodstock, Nova Iorque.

Para mais informações sobre a autora pode consultar o site  - www.gailgodwin.com
Pode também visitar o blogue Chocolate para a Alma - chocolateparaalma.blogs.sapo.pt
quinta-feira, 29 de março de 2012

Título: SOLTEIROS, CASADOS E DIVORCIADOS
Autor: Ricardo Martins Pereira
N.º Páginas: 224
Preço: 13.90 €

Sinopse:
Quantas vezes é que já ouvimos uma mulher queixar-se de que não entende os homens? E não percebe as atitudes dos homens? E não compreende por que é que o namorado ou marido a deixou? E não entende por que é que ele já não a ama? E não percebe como é que ele foi capaz de a trair? E não compreende o que tem de fazer mais para que ele se apaixone por ela?
Este livro passa por essas várias etapas na vida de um homem. Com muitos dos textos aqui publicados o autor procurou desconstruir a cabeça masculina, que é muitas vezes mais simples do que a maioria das mulheres pensam. Ao ler o livro, qualquer mulher irá rever-se em situações descritas, irá encontrar pontos comuns com a sua vida, e irá, sobretudo, entender um bocadinho melhor as acções dos homens.
A verdade é que os homens são quase sempre muito mais simples do que as mulheres julgam. É isso que este livro pretende deixar bem claro, descodificando o mundo masculino com grande sentido de pormenor e com o máximo de pragmatismo, para que as mulheres entendam a cabeça dos homens de vez.
Na base deste livro está o blogue O Arrumadinho, um espaço de discussão sobre relações, amor e sexo que é hoje um dos mais populares da blogosfera em Portugal.
Prefácio de A Pipoca Mais Doce.

Sobre o Autor:
O Arrumadinho é o personagem que dá nome ao blogue sobre relações mais lido do País, com perto de 15 mil leitores diários. Criado em 2008, este blogue «para arrumar cabeças e corações» reflecte alguns traços de personalidade do seu autor: um homem de 35 anos, organizado, moderno, urbano e vaidoso que já passou por várias fases na vida.
Na Internet, O Arrumadinho teve duas vidas. A primeira durou perto de um ano. Renasceu em Maio de 2011 e tornou-se em poucos meses um dos blogues pessoais mais lidos do País. Hoje, O Arrumadinho é seguido por milhares de pessoas através do blogue e do Facebook. Tem um serviço de aviso de novos textos por SMS e é um fenómeno que continua a crescer na blogosfera.
quarta-feira, 28 de março de 2012

Título: Túneis – Mais Perto da Verdade
Autor: Roderick Gordon e Brian Williams
N.º Páginas: 496
Preço: 15 €

Sinopse:
No centro da Terra, num mundo que ninguém sabe que existe, Will encontra-se em apuros. Os seus inimigos, os Styx, estão muito perto. Estão dispostos a persegui-lo até ao fim do mundo — de qualquer mundo.
Entretanto, Drake — com a ajuda do mais improvável dos aliados — está a preparar-se para combater os Styx a partir da Superfície. Mas será que o seu plano temerário o ajudará a alcançar a vitória… ou o levará para uma morte certa?


“O novo fenómeno literário, depois de Harry Potter” - New York Times Bestseller

Sobre os autores:
Roderick Gordon, descendente de vários escritores e poetas, como RD Blackmore, Philip Doddridge, e Matthew Arnold, além de dois paleontologistas e conhecidos excêntricos, William e Frank Buckland, nasceu em Londres, e por lá ficou até à universidade. Mudou-se recentemente, com a família, para o Norte de Northfolk.

Brian Williams cresceu em Zâmbia, até se mudar para Liverpool com a sua família, nos anos 70. Frequentou a The Slade School of Fine Art, e, depois de se graduar, continuou a pintar, escrever, e a fazer filmes, o que englobava trabalhar nos seus próprios filmes, bem como ser diretor artístico e ator, numa série de produções do Reino Unido.
terça-feira, 27 de março de 2012

Sinope:
Com o coração destroçado e ainda a chorar a perda do marido, Heidi viaja com Abbot, o filho de sete anos, e Charlotte, a desinteressada sobrinha de dezasseis, até à pequena aldeia de Puyloubier, no Sul de França, para uma casa de pedra já velhinha que tem sido responsável pela recuperação de corações partidos, desde antes da Segunda Guerra Mundial. Ali, Charlotte revela um segredo perturbante e Heidi fica a saber a verdade sobre o «verão perdido» da mãe, quando ela era ainda criança. Ao mesmo tempo que três gerações colidem entre si, com uma vizinha que conhece todos os segredos da família e um francês enigmático, Heidi, Charlotte e Abbot iniciam uma viagem que passa pelo amor, pela dor e pelas gargalhadas entre as vinhas, os ventos quentes e pela deliciosa comida da Provença. Conseguirá a magia da casa curar também o coração de Heidi?

Um amor eterno foi perdido, abruptamente, antes do tempo sem que jamais possa ser recuperado e ausência, oca, cumpre-se através de uma saudade que jamais se desvanecerá.
Num local sublime, uma mulher perdida, terá de reflectir sobre o passado e encontrar na vida a magia necessária para cumprir o seu futuro.

Provença O Lugar Mágico Onde se Curam Corações Partidos é um livro que se encontra dividido em duas partes destintas. Uma primeira parte confessa a mágoa, as cinzas, deixadas pela dor e pela perda, enquanto a segunda parte retracta o renascimento da alma e a reaprendizagem necessária para que se possa voltar a amar. Esta é uma história muito bela, com personagens tocantes e repletas de emoção que saberá passar a mensagem certa para o leitor.
Bridget Asher tem uma escrita muito singular, como se a própria autora nos conta-se a sua vida, encantatoriamente, proporcionando uma leitura simples mas repleta se sentimentos puros nos quais o leitor se conseguirá rever e, por fim, dos quais sentirá saudade.

Ainda que haja um reencontro com a ficção a verdade é que muito do que as personagens da narrativa transmitem perdura para lá das linhas que nos comovem.
Heidi é definitivamente aquela com quem conseguimos sentir afinidade logo após as primeiras linhas, mais que não seja porque ela é a vós e a alma que nos conduz entre os altos e baixos do carrossel que define a vida. Com a perda abruta do marido esta protagonista tem de reaprender a amar a vida para poder voltar a estimar aquilo que a rodeia e que sempre a satisfez nem que, para isso, tenha de voltar às origens do seu ser, a sua infância.
Comparativamente a Heidi, Charlotte é possivelmente a segunda personagem que mais me cativou enquanto leitora. A sua história complementa o enredo central e, apesar da tenra idade de Charlotte, é com prazer que exploramos os seus mistérios e o seu crescimento ao longo do livro, acabando por, de alguma forma, nos fazer reflectir sobre a sua posição para com a vida. Ela é enteada da irmã de Heidi, é uma jovem bastante problemática no final da adolescência, no entanto é extremamente intrigante guardando consigo um segredo que desequilibra a sua integridade e personalidade que desde cedo cativa o leitor.
O leque de personagens, mais ou menos interventivas, é muito diversificado o que acaba por ser muito positivo, todos eles transmitem sinais, oferecem momentos de reflexão e passam pequenas mensagens ao longo da leitura de que eu usufruí prazerosamente.

A morte, o casamento e o amor são os temas centrais abordados de diversas perspectivas mas o amor de mãe é sem dúvida o mais tocante. Está presente de forma enternecedora, de múltiplas maneiras, que se traduzem desde acto mais complexo ao gesto mais simples, admito que mexeu bastante comigo... Num todo é uma leitura extramente emotiva, que poderá fazer verter uma lágrima na mesma medida em que despertará sorrisos com um final que conseguirá surpreender.

O cenário está dividido em dois tempos e momentos muito destintos, a primeira parte passada nos Estados Unidos, onde a protagonista vive, é bastante reflectiva e dramática, com muitos flashbacks do passado em que as memórias de Heidi são repuxadas ao máximo, algo que o leitor vive intensamente. Na segunda parte, quando a protagonista parte para a Provença aí o cenário é mais táctil, repleto de cores, cheiros e sabores, podendo o leitor desfrutar de outro tipo de emoções e, na minha opinião pessoal, ganhar novo ânimo na leitura ao mesmo ritmo que a personagem principal se redescobre. Não direi que uma parte do livro é melhor do que outra, simplesmente são diferentes e a coesão por parte da autora é louvável.

Bridget Asher tem sem dúvida uma escrita muito bonita que transborda doçura assim como as suas personagens. Foi, para mim, muito fácil perder-me nas suas palavras e senti que o seu livro terminou demasiado depressa devido a forma como me senti envolvida neste enredo, queria mais...
Gostaria ainda deixar os meus parabéns à tradução, Maria Georgina Segurado. Existem ao longo da leitura diversas notas extremamente importantes para que o leitor consiga conscientizar-se e enquadrar-se com os intervenientes. Desde expressões em francês que não poderiam ser evitadas a pormenores culturais que foram enriquecedores.

Esta foi sem dúvida uma excelente aposta da editora Livros D’Hoje que eu gostei particularmente. Um livro que aconselho a todas as leitoras que gostam de uma bonita história de vida e de amor, uma história que poderia ser nossa, uma história que passa por nós e nos faz pensar nela muito depois de terminada. Recomendo.

Título: Provença O Lugar Mágico Onde se Curam Corações Partidos
Autora: Bridget Asher
Género: Romance
Editora: Livros D’Hoje
Com o precioso apoio da editora mais romântica que conheço, Quinta Essência, dou hoje início a mais um passatempo aqui no blogue.

Para sorteio está um exemplar da recente novidade Para Sempre, Meu Amor de uma das minhas autoras favoritas Cathy Kelly. Uma voz do romance magnífica que chega a todas as mulheres de todas as idades. Indispensável!

Para ganhar este exemplar terá apenas de responder acertadamente as simples questões abaixo colocadas e atender às regras de participação.

Poderá encontrar todas as suas respostas aqui.


Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 2 de Abril de 2012 (segunda-feira).
2. Só é possível uma participação por pessoa e e-mail.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
4. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
5. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
6. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
7. Boa Sorte!

segunda-feira, 26 de março de 2012

O novo romance da autora de Alguém como Tu, Uma Vez na Vida e Reencontros.

Título: Para Sempre, Meu Amor
Autor: Cathy Kelly
N.º Páginas: 496
Preço: 16.60 €
ISBN: 9789898228789

Sinopse:
A coragem de descobrir o que realmente importa…
As fadas madrinhas existem, mesmo nas tranquilas colinas irlandesas.
Na bonita cidade de Carrickwell vivem três mulheres cujas vidas se encontravam completamente delineadas: a ambiciosa Mel estava determinada a ter uma carreira e uma família; a atenciosa Daisy sonhava em ter um filho com o namorado, e a impetuosa Cleo queria terminar o seu curso e entrar no negócio da família.
Mas as circunstâncias mudaram e tudo se desmoronou.
Quando Leah, uma enigmática mulher a braços com os seus próprios problemas, abre o Spa Cloud’s Hill, Mel, Daisy e Cleo desenvolvem uma amizade e a coragem de descobrir o que realmente importa para elas, para sempre...

«Uma história muito divertida e habilmente contada... Kelly sabe o que as suas leitoras querem e não as desaponta.» - Sunday Independent

«Uma autora capaz de nos comover e de nos fazer identificar com as suas personagens.» - Daily Mail

Sobre a autora:
Cathy Kelly nasceu em Belfast e cresceu em Dublin. Iniciou a sua carreira num jornal nacional irlandês, onde foi editora de moda e de notícias, crítica cinematográfica e autora da popular coluna de conselhos «Dear Cathy». Actualmente colabora com o jornal Sunday World.
Editou o seu primeiro romance, Woman to Woman, em 1997, que se transformou de imediato num êxito de vendas e converteu Cathy Kelly numa autora reconhecida internacionalmente: os seus livros estão traduzidos em mais de quinze línguas, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Alguém como Tu, a sua primeira obra editada em Portugal, recebeu o prémio Romantic Novel of the Year, para o melhor romance do ano, em 2001.
Actualmente, Cathy Kelly vive no condado de Wicklow, na Irlanda, com o marido e os filhos gémeos.
Para saber mais, visite www.cathykelly.com
Livros Anteriores



Chega ao fim mais um passatempo nos As Histórias de Elphaba com o precioso apoio da Editorial Presença.

Como oferta estava para sorteio um exemplar do magnífico livro O Poder de Seis do autor Pittacus Lore, um livro maravilhoso que dá continuidade a Sou O Número Quatro (opinião Aqui).

Gostaria de agradecer, uma vez mais, a participação de todos e para quem não teve sorte, não desanime, não faltaram novas oportunidades para breve.

Sem mais demoras, quem levará para casa este magnífico exemplar é:
182 * Sónia (…) Teixeira - Carregado

Muitos parabéns Sónia! Boas leituras!
Obrigada a todos!

Nunca se sabe que laços podem unir diferentes vidas.

Título: Segredos do Passado
Autor: Mary Nickson
N.º Páginas: 420
Preço: 17.90 €

Sinopse:
Há cinco anos, Isobel e Giles inauguraram um centro de artes na sua mansão escocesa. Agora, com mais um curso de escrita criativa prestes a iniciar-se, aguardam a chegada de um grupo a contas com o passado.
Determinada a começar uma nova vida, Louisa Forrester parte para a Escócia em busca de aventura, novos relacionamentos e de uma segunda oportunidade.
Marnie Donovan é uma jovem americana que, após um passado marcado por vários abandonos, decide dar um novo sentido à vida. E para tal, quer encontrar a casa de infância de que a misteriosa benfeitora tanto lhe falara e assim honrar a sua memória.
Isobel Grant é uma mulher divertida e a perfeita anfitriã. Mas enquanto tenta manter as aparências de uma vida familiar idílica, enfrenta o maior desafio da sua vida, que coloca em causa o próprio casamento.
No decorrer do curso, Louisa e Marnie sentem uma crescente atração pelo enigmático Christopher Piper e, em pouco tempo, vão ser forçadas a encarar os seus medos mais recônditos e as escolhas que fizeram. 
Da Mesma Autora
«Uma história afetuosa e muito cativante.» - The Times

«Trata-se de um livro terno e com uma história muito bem contada.» - Sunday Telegraph

Sobre a autora:
A escritora Mary Sheepshanks, que também escreve com o seu nome de solteira Mary Nickson, nasceu e cresceu em Eton College, onde o pai dava aulas, mas passou todas as férias de infância em casa dos avós, em Snowdonia, no campo, paixão que lhe ficou até hoje e que se revela nos seus livros. Viu o seu primeiro poema publicado quando tinha dezassete anos embora escrevesse desde tenra idade. O seu nome figura em várias antologias e revistas de poesia e em jornais como o The Spectator, The Times ou Yorkshire and Farmers Weekly.
Em 1995, após a morte do marido, a quem prometera levar adiante a paixão pela escrita, publicou o primeiro romance. A Ilha dos Encantos está traduzido para várias línguas e todos os seus romances têm sido bem recebidos tantos pelos leitores como pela crítica.
Vive atualmente em Perthshire, na Escócia. Tem três filhos e vários netos.
domingo, 25 de março de 2012

Sinopse:
A vida de Nora Grey continua longe de ser perfeita. Sobreviver a um ataque que podia ter-lhe custado a vida não foi fácil, mas tudo se resolveu, graças ao seu anjo da guarda – uma criatura misteriosa, sedutora e bela.
Mas Patch tem sido tudo menos angelical. Está mais distante do que nunca e parece estar a passar demasiado tempo com a arqui-inimiga de Nora, Marcie Millar. E, como se isso não bastasse, Nora é assombrada por recordações do seu pai assassinado, começando a pensar que as intrigas dos anjos poderão estar relacionadas com a morte dele.
Desesperada por desvendar os estranhos acontecimentos do seu passado, Nora expõe-se ao perigo, na esperança de encontrar algumas respostas.
Mas todos sabemos que há perguntas que nunca devem ser feitas...

Ela sabe que eles estão entre nós.
Quando a escuridão tomou conta da sua vida, ele transformou-se num anjo. Agora, a impotência e o medo voltam a roubar-lhe a esperança e a sua existência, uma mentira, ameaça envolve-la novamente em trevas. 

Crescendo é a continuação de hush, hush, um romance juvenil paranormal que evidencia o lado obscuro de seres angélicos. Com muita acção e mistério, é de forma entusiástica que vivenciamos os dramas e paixões da personagem principal que se encontra a um passo de descortinar os segredos que lhe traçaram o destino colocando-a, novamente, num perigo de proporções transcendentes.
Becca Fitzpatrick foi aclamada pela crítica com o seu primeiro livro e, uma vez mais, apresenta um enredo cativante e com uma escrita bastante fácil que se molda a qualquer apreciador deste género literário, apesar da faixa etária dos seus personagens. Com um ritmo assertivo esta é uma leitura rápida que no final nos deixa ansiosos pela continuação.

Gostei bastante deste livro atendendo á saturação do mercado que está implícita no género e, é evidente que, de alguma forma as personagens contribuíram para o meu agrado. Nora, a protagonista, encontra-se num momento bastante difícil logo após as primeiras páginas. Depois de ter presenciado a morte de perto e ter perdido aquele que mais amava dedicou-se a Patch, fez dele o seu pilar, o seu escudo contra o temor e a solidão. No entanto, a estabilidade emocional está longe de ser oferecida a esta personagem que, por obra de seres superiores ao destino, se verá arrastada para um carrossel sentimental onde arriscará tudo para obter, finalmente, algumas respostas.
Patch por seu lado mantém o mistério continuando a ser um interveniente difícil de interpretar que, ao ser de certa forma afastado de Nora, acaba também por ser remetido para segundo plano neste segundo livro até quase ao final. A mim como leitora provocou-me ambiguidade de sentimentos.

Neste segundo livro gostei particularmente das personagens secundárias e em especial de Vee, a melhor amiga de Nora, que nos proporciona, constantemente, momentos hilariantes. Devido à sua proximidade com a protagonista, considerei Vee uma lufada de ar fresco que contrasta com o ambiento dramático no qual Nora está inserida. Por outro lado, em minha opinião, Marcie Millar poderia ter sido melhor aproveitada o que, atenção, não significa que a personagem não tenha cumprido o papel que lhe é destinado na perfeição, menina mimada e perfeita, inimiga da protagonista, irritante em todos os sentidos e muito maldosa, exactamente como deveria ser.
Em suma, Marcie e Vee juntas são um “mimo e tenho a certeza que a primeira, pelo menos, tem bastante potencial para que venha ter um papel de relevo no próximo livro.

Personagens à parte, as descrições momentâneas de cenários entre momentos de suspense também se encontra bem conseguida, algo raro nestes livros, o que contribui para os momentos de tensão, que não são poucos.
Em relação ao paranormal, fantástico, que se encontra presente na história através de arcanjos anjos e neflins é evidenciado de diversas formas e gostei particularmente da forma como a autora trabalhou as suas particularidades aprimorando, em particular, o subconsciente da personagem principal algo que me agradou bastante.

Pessoalmente, embora já tenha lido bastantes livros de fantasia juvenil, Crescendo conseguiu a minha admiração. Quer seja pelo ritmo de leitura, pela personagem principal, intervenientes secundários ou o seu ambiente sombrio, num todo, senti-me bastante satisfeita. O factor surpresa é mais um ponto agradável e, até ao final, mantive-me presa à leitura com espectativa que se mantém para a continuação.

Becca Fitzpatrick soube cativar-me e tenho a certeza que quem gostou do seu primeiro livro irá também sentir-se satisfeito com esta leitura. Demonstra ser uma autora inteligente na movimentação dos seus intervenientes e, apesar do lado sombrio da sua trama, consegue contrabalançar emoções com o seu humor muito próprio impondo, com acção, uma cadência acelerada que já conquistou um elevado número de admiradores.

No dia 22 deste mês, os fãs da saga hush, hush, passaram também a ter acesso ao terceiro livro, Silêncio, uma opinião que divulgarei em breve. Uma excelente aposta da Porto Editora, para acompanhar atentamente. Recomendo.

Opinião anterior:

Título: Crescendo
Autora: Becca Fitzpatrick
Género: Fantasia
Editora: Porto Editora

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 13/08!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide