Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012
Sinopse:
MESMO A DAMA MAIS REQUINTADA
Lady Emeline Gordon é um modelo de sofisticação nos círculos sociais da elite londrina, sempre elegante e impecavelmente educada. Como tal, é a companhia perfeita para Rebecca, a jovem irmã de um empresário bem sucedido de Boston, que fora soldado nas Colónias.
DESEJA UM HOMEM INDÓMITO
Samuel Hartley pode ser rico, mas as suas maneiras são tão pouco civilizadas como as regiões inexploradas da América nas quais foi criado. Quem vai de mocassins a um baile distinto? O seu desdém arrogante em relação a decoro enfurece Emeline, embora a sua ousadia a excite.
PARA LIBERTAR A SUA PAIXÃO…
Mas sob os modos desenvoltos de Samuel, ele é assombrado pela tragédia. Foi a Londres para ajustar contas, não para se apaixonar. Mas por muito que Emeline deseje sentir as mãos deste homem despudorado sobre ela, saborear aqueles mesmos lábios com que ele a arrelia, tem se dominar. Ela não é livre. Mas algumas coisas estão fora do controlo de uma senhora …



A guerra talha um homem da mesma forma que a elite molda uma mulher.
Retalhados por diferentes tipos de dor, que se une por um princípio comum, a morte, o nosso díspar casal de protagonistas irá ter pela frente a mais árdua das batalhas, a absolvição do seu coração.

O Sabor da Tentação é um delicioso romance histórico, repleto de pormenores de época e com duas personagens principais detalhadamente trabalhadas. Oferecendo um pouco de volúpia, assim como um mistério que se vai adensando com o virar das páginas, esta é uma narrativa marcada pelos acontecimentos de guerra nas Colónias americanas que verificamos através de uma influência profunda nos diversos intervenientes.
Elizabeth Hoyt tem uma escrita muito leve, pontuada de singularidades e detalhes que fazem a diferença neste género de romances. E neste livro, pelo menos, ao intercalar a história principal com um pequeno conto fantástico consegue surpreender agradavelmente o leitor. 

A protagonista, Emeline, é uma mulher extramente cingida às regras da sociedade inglesa do século XVI e esse é sem dúvida o principal traço que a caracteriza. O seu passado afecta todas as suas decisões e passos no presente mas, no entanto, apesar destas mágoas antigas a fazerem transparecer indiferente e audaciosa esta é uma mulher muito sensível que verá corrompidas todas as suas defesas, de forma inesperada, num jogo de sedução impróprio que com o passar do tempo nos revelará a imensa ternura e a paixão que Lady Gordon nunca ousou sentir.

Samuel sente-se alienado no meio daqueles que se pavoneiam entre bailes e chás, mas as suas ambições são elevadas e ele tem um mistério para descobrir que deveria ser a sua principal missão, não fosse a sua atracção pela irritante Emeline fazer-lhe ferver o sangue e retirar-lhe a concentração. Com traumas de ex. combatente, ele é atraente e um foco de atenção onde quer que se dirija nesta Londres pedante, o que só faz aumentar as suas saudades de Boston, e das Colónias onde foi criado. 
O mistério que este personagem pretende desvendar é um dos pontos mais apelativos desta leitura retirando a este romance o rótulo estereotipado que tantas vezes é atribuído aos romances sensuais.


Embora existam outros intervenientes que pontuam a história, DanielRebeccaVale ou Tante Cristelle, oferecendo-lhe pequenos momentos interessantes e influenciando docemente o percurso dos personagens principais, a verdade é que Emeline e Samuel com o seu jogo de gato e rato, traduzido em atracção e repulsa mútua, dominam toda a narrativa e são os seus sonhos e pesadelos que comandam a nosso ritmo de leitura.

Pessoalmente não posso mentir-vos, este é um livro sensual mas é a investigação de Samuel a respeito do massacre que presenciou na guerra que me atraiu do princípio ao fim. Este enigma tem um teor profundo que, de forma contínua, vai expondo não só o que aconteceu no passado, como explica o carácter dominante dos protagonistas e nos retira todos os porquês das suas atitudes.


Algo que também não passa indiferente é o pequeno conto paralelo à história e introdutório no início de cada capítulo, Coração de Ferro. Este é um elo de ligação importantíssimo aos factos centrais e muitas vezes prepara-nos para o que se poderá desenrolar em seguida na narrativa. Com contornos do universo maravilhoso esta fábula encantará muitos leitores, disso não tenho dúvidas.


Elizabeth Hoyt impõe-nos um ritmo muito próprio de leitura que é, a meu ver, um factor chave aprazível. O método que utiliza para ir desvendando as suas personagens, mantém-nos expectantes até ao final, principalmente no que respeita ao tema colonial. Como foi dito anteriormente a sua escrita é bastante apetecível e prazerosa pelo que só damos pelo folhear das páginas quando terminado o livro.


Da minha parte fiquei bastante ansiosa para continuar a seguir de perto esta nova série da Quinta EssênciaA Lenda dos Quatro Soldados, pois tenho a certeza que reencontrarei personagens que me foram apresentados neste livro num papel mais proeminente. Um livro que aconselho a todos os curiosos do género, bem como a todos aqueles que quiserem experimentar este tipo de leitura. Gostei muito.


Título: O Sabor da Tentação
Autora: Elizabeth Hoyt
Género: Romance
Editora: Quinta Essência

5 comentários :

Clarinda disse...

Xiiiiiiiiiii!!!!!!!!!
Vou ter mesmo k comprar! ;-)

Ana disse...

Adorei ler a tua opinião e fiquei cheia de vontade de o ler!
Mais um para a wishlist :P

Elphaba J. disse...

Obrigado meninas, participem no passatempo e, caso não ganhem, esta é uma leitura que vos agradará sendo o romance sensual um género que vos atraia.

Boas leituras :)

Maria disse...

Já está na minha estante, será o primeiro livro que leio dela por isso não posso dizer nada por enquanto.

Elphaba J. disse...

Também foi o meu primeiro livro da autora Maria. Espero que gostes tanto quanto eu :)

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide