Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sinopse:
Num mundo de sombras e escuridão, o desejo é a arma mais mortífera…
Impelido pela dor e pela raiva por causa de uma enorme traição, o guerreiro Rio dedicou a sua vida à guerra contra os Renegados. Não deixará nada interpor-se no seu caminho – muito menos uma mortal com poderes para expor toda a raça vampírica. Mas agora um mal antigo foi despertado e aproximam-se tempos sombrios…
Para a jornalista Dylan Alexander, o que começou como a descoberta de um túmulo secular oculto acabou por se converter numa espiral de violência e segredos. Porém, nada é mais perigoso que o homem marcado e letalmente sedutor que surge das sombras para a puxar para o seu mundo de desejos sombrios e noite eterna. Ali ela não consegue resistir ao toque de Rio, mesmo enquanto revela uma ligação surpreendente ao seu próprio passado. Dylan tem então de escolher: deixar o reino nocturno de Rio, ou arriscar tudo pelo homem que lhe mostrou a verdadeira paixão e os prazeres infinitos do coração.

Algo está a mudar, no ar espalha-se o odor de mortes por explicar e, desta vez, nem os olhares mais astutos conseguiram antever o que está para vir… enquanto isso, em algum lugar distante do mundo, um guerreiro sofre em solidão e anseia pela luz que sucederá depois da sua última pulsação.

Ascensão À Meia-Noite revela-nos tudo o que ficou por explicar após o acidente de Rio e, com a entrada em cena de uma protagonista feminina arrojada, esta é uma magnifica narrativa que não só apela ao romance como desenvolve, de forma surpreendente, questões que desde o início perturbam os guerreiros da Raça.
Lara Adrian mantém, neste quarto livro, a sua escrita simples e actual proporcionando um enredo que, além de sensual, é repleto de mistério e fantástico. Por estes e outros motivos, bem como muitos outros pormenores deliciosos, esta é uma série que conquista cada vez mais fãs oferecendo-lhes a garantia de satisfação no final de cada leitura.

Da minha parte foi com alguma ansiedade que aguardei o livro que seria dedicado a Rio que, após uma primeira aparição trágica, merecia um desenvolvimento aprimorado.
Em permanente luta interior, este personagem mostrará um lado emocional enternecedor que, entre a revolta e a abdicação afectiva, o deixará completamente dividido quando chegada a hora de fazer uma escolha definitiva em que terá de optar entre a rendição e a redescoberta de si mesmo.
Dylan, a protagonista que partilha a ribalta com este guerreiro, é em tudo o oposto ao que se poderia esperar para saturar um coração sedento e carente mas, como ela própria descobrirá, a sua personalidade inconveniente e a sua astucia em investigação irão leva-la para um universo que apenas imaginou tangível nas paginas do seu jornal sensacionalista e, quando finalmente vir revelados os segredos sobre si que desconhecia terá, também ela, de tomar uma decisão que mudará a sua vida.
Juntos eles formam um casal irresistível sobre o qual a autora foi perversamente minuciosa sabendo levar-me, como leitora, ao limite da curiosidade e desejo surpreendendo-me muito positiva.

Uma das vantagens desta série, Raça da Meia-Noite, ser contínua passa pelo feliz reencontro de personagens já nossas conhecidas e, tenho a certeza, que muitos serão os leitores que ficaram rendidos à forma como estes se interligam com o presente pontuando a trama com agradáveis surpresas.
Desta feita, para lá do lado romântico, o enredo que sem mantém desde o início joga agora de forma muito perspicaz com as circunstâncias proporcionadas e fiquei realmente rendida às mortes e aos inimigos da Raça, sendo as suas atitudes e movimentações um dos pontos altos do livro, na minha opinião.
Pessoalmente este foi o meu livro preferido devido á forma como diversos desenvolvimentos foram abordados o que me fez adquirir um ritmo de leitura voraz que aprisionou a minha atenção do princípio ao fim.

Lara Adrian foi bastante inteligente e, neste quarto livro, conseguiu surpreender-me com um final, em parte, totalmente inesperado. Embora nada tenha a acrescentar no que respeita à sua escrita, em relação a volumes anteriores, a verdade é que a normalidade neste caso é uma questão de prazer garantido.

Para todos aqueles, que como eu, desejam rapidamente voltar a ler a autora, resta-nos apenas aguardar a publicação para breve de O Véu da Meia-Noite que promete ser muito interessante com o frio e indiferente Nikolai. Uma deliciosa aposta Quinta Essência que as fãs do romance paranormal não vão querer perder. Gostei muito.


Opiniões anteriores: 

Título: Ascensão À Meia-Noite
Autora: Lara Adrian
Género: Romance Paranormal
Editora: Quinta Essência

2 comentários :

Carla M. Soares disse...

Acabei de ler aquele que podia muito bem ser o último da série (mas parece-me que a autora ainda deixou umas pontinhas soltas, para escrever mais um ou dois): Darker After Midnight, o número 11. Bela série.
Espreita o Monsterblues, se quiseres, está lá a opinião.

Elphaba J. disse...

Vou espreitar Carla, obrigado!
Beijinhos

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 23 de Junho!

Editorial Presença*

Editorial Presença*
Passatempo - Resultado em breve!

*Passatempo*

*Passatempo*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide