Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Sinopse:
“Tudo começa com o aparecimento dos cadáveres de duas irmãs e da tia de ambas, assassinadas numa casa de Malahide. O mistério que envolve a sinistra descoberta parece insolúvel, mas quando Niall, um jovem carteiro, descobre o diário de uma das irmãs e decide fazer uma investigação por conta própria, a verdade começa a vir à luz do dia.”

Quer seja pela criatividade ou pelo generalizado público que consegue alcançar este livro é prodigioso.
Com personagens sedutoras, um enredo apelativo e uma ténue linha que liga o real ao sobrenatural Darling Jim é um dos lançamentos do ano por parte da Editorial Presença, que promete não deixar nenhum leitor indiferente.
O autor Christian MØrk soube enredar o leitor através de uma escrita diversificada, original e viciante, que retém da primeira à última página, numa trama repleta de suspense e tensão em torno da família Walsh.

Um começo fatídico e a sensação de mau-agoiro são a premissa para uma história que logo desde o começo apela a uma leitura contínua.
Duas irmãs e uma tia são encontradas mortas num cenário macabro o que, intuitivamente, leva o leitor a congeminar sobre o que poderá ter ocorrido de tão maléfico para que haja tamanho acto repugnância e desvelo pela vida humana, é certo que o leitor não imagina e estará de todo muito longe de conjecturar o que ainda está para vir…

As personagens deste livro é um dos seus pontos fortes, quer seja pela ligação que conseguem criar com quem lê, bem como, pelas diversas emoções ambíguas que estas transmitem que vão desde o ódio à estima, contornando a aversão, o medo e o espanto. Tudo isto demonstra apenas uma pequena parte do que poderão encontrar relativamente ao notório trabalho e conhecimento adquirido por parte do autor para elaborar esta obra que é um cocktail poderoso se tivermos em conta a forma como uma parte dos protagonistas nos conta a sua história, na primeira pessoa.
Seja o Diário de Fiona que nos introduz no romance, o Diário de Róisín que dá enfase ao thriller psicológico ou mestria como nos é induzida a restante complexidade traumática que compõe este livro, ele lesse como um conto, intricado e profundamente fascinante, que nos faz reflectir sobre o quanto de verdade podemos encontrar na ficção.

O cenário trabalhado é sem dúvida outro dos pontos fortes. Trata-se de uma pacata vila irlandesa com um povo carismaticamente simples e supersticioso que contribui incessantemente para aumentar a pressão em torno do desenvolvimento seguinte. Existe, sem dúvida, uma forte vertente psicológica na trama e seja pelo romance, ou pelo final antecipado, nas primeiras páginas, certo será que existe um desejo de saber como tudo aconteceu e o que poderá ainda ser amealhado para um final que fará as delícias literárias dos mais sequiosos leitores.

A vertente fantástica tem carácter lendário e é dessa mesma forma que está exposta ao leitor que procurará desde logo encontrar ligações ao real, ainda por desvendar. Mais um ponto a favor, emotivo, e também preenchido de ambiguidade, que marcará pela diferença.

O romance é por sua vez mais confuso, até incompreendido, contendo no entanto uma vertente social muito forte que cativa e diversifica a leitura sendo a partir deste tema que se desenvolvem todos os outros.

Até ao final muito estará por explicar mas o que realmente conseguirá surpreender é a forma, os contornos, que um simples homicídio por explorar pode desvendar. Em suma, esta é uma leitura que pretende e consegue alcançar um público diversificado e exigente, elaborando uma teia fascinante de suspense, romance e fantasia, que vai variando a acentuação em cada um dos temas causando contraste e impacto, no fundo, uma vontade incontrolada de explorar cada linha e que só ficará saciada quando a leitura estiver terminada.

A escrita do autor Christian MØrk é muito criativa e isso está bem presente nas distintas formas como ele consegue abordar as diferentes temáticas da obra que conduzem apenas a um único objectivo e conclusão, saber o que aconteceu realmente. A leitura é fluida e sem momentos mortos algo que, como já foi referido anteriormente, é conseguido logo desde a primeira página.

Gostaria ainda de aproveitar para agradecer à Editorial Presença a oportunidade de leitura antecipada. A mim resta-me, efectivamente, recomendar este livro com a certeza de que agradará a grande parte de vós por todas as suas qualidades que são irrefutáveis. Boas leituras.

«Uma história para os adultos lerem antes de adormecer…» - People

Título: Darlin Jim – O Lado Negro da Sedução
Autor: Christian MØrk
Género: Fantasia; Romance; Policial
Editora: Editorial Presença

0 comentários :

Redes Sociais

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Até 13/08!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo 1 - Resultado!

*Marcador*

*Marcador*
Passatempo 2 - Resultado!

*Clube do Autor*

*Clube do Autor*
Passatempo 3 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 4 - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo 5 - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo 6 - Resultado!

*Penguin Random House*

*Penguin Random House*
Passatempo 7 - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide