Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

sexta-feira, 30 de setembro de 2011
Sinopse:
“Mariana nasceu sete minutos depois de Rosa Maria. A sua vida estava destinada a ser pequena e esquecida, com um namorado sem dinheiro que ainda vivia com a mãe. Num finca-pé pouco habitual, Mariana conseguiu tirar um curso administrativo, um de inglês e outro de francês e começou a trabalhar numa grande empresa. Era a Mariana ao fundo da sala, competente mas sem história. Tudo se transforma com a chegada do filho do patrão, Diogo Vargas, um homem estonteante, bem vestido, perfumado, com um sorriso irresistível. Ainda não tinham trocado uma palavra e Mariana já imaginara o casamento, os filhos, o sexo extraordinário. Nada seria possível sem uma autêntica revolução. Esta chega pelas mãos de umas amigas – um par de lésbicas bem-dispostas e atrevidas – que obrigam Mariana a mudar o visual. Radicalmente. O patinho feio torna-se um cisne com cabelo assimétrico, roupa de oulet e sapatos com cunha. Depois? Diogo repara na Mariana ao fundo da sala e vão jantar. Nada corre como seria de esperar. Ou será que Mariana conseguirá o seu sonho? Uma coisa é certa: o amor não escolhe nem tempo, nem lugar.”

Um romance dos tempos modernos que se apresenta com uma assinatura muito característica para surpreender e amarrar muitos corações expectantes.
Só Te Amo Até Terça-Feira conta-nos a história de uma jovem doce e sonhadora que aprenderá, por vezes da forma mais difícil, que para alcançar o seu conto de fadas, como gata borralheira que é, terá de ultrapassar os seus medos e superar-se a si própria em orgulho e convicções pois a única perfeição que existe é a da nossa imaginação.
Rosa Luna apresenta neste pequeno, grande, romance uma escrita muito própria e leve. Um retracto, em jeito de diário, repleto de humor e confissões introspectivas sobre o desabrochar de um jovem coração e do seu desejo de amar.
        
Mariana era uma estrela sem luz, até ao dia em que viu pela primeira vez o atraente Diogo. Nesse mesmo dia nasceram certezas e ambições que a nossa jovem nunca imaginou possuir e a sua vontade de brilhar superou, com toda a certeza, a sua timidez e receios abrindo finalmente as portas para aquilo que considerava verdadeiramente viver a vida.
Com uma infância na sombra da sua irmã gémea, perfeita para a família, Mariana esforçou-se para conseguir alcançar o que tem hoje, diversos cursos e um trabalho que a dignifica, mas para isso foi contra as ambições da família onde sempre se sentiu à margem e já no trabalho ela não passa de mais um número mas sabe que é altura de mudar, sonhar mais alto.
Agora, como secretária, está a trabalhar mais perto de Diogo Vargas, suspirando à sua passagem e seguindo de perto os seus passos, e com a ajuda das pessoas certas tudo poderá mudar. Entre devaneios e anseios Mariana tem tudo para alcançar o que predestinou para si, mas se será ou não o destino tão linear como a definição de príncipe encantado é o que a nossa jovem tem para vos contar.

Esta é uma história em que a perseverança e os sonhos comandam a vida.
Rosa Luna oferece-nos, mais que um simples romance, uma obra com uma bonita lição de moral onde subtilmente nos mostra os contornos e a força de acreditar, pois independentemente do caminho trilhado existe sempre uma oportunidade para a concretização e a questão que se sobrepõe é saber até que ponto desejamos e ambicionamos algo para que o consigamos alcançar.

O amor é uma dádiva rara, um diamante em bruto que atenciosamente tem de ser trabalhado e estimado para que possa, de alguma forma, tornar-se a jóia dos nossos sonhos e isto foi o que Mariana veio a descobrir depois de ver Diogo pela primeira vez.
A nossa protagonista, uma jovem interessante, é esforçada e responsável e pela primeira vez vê, ao fundo do túnel, a oportunidade de ser feliz. Mas nem tudo poderá ser o que realmente aparenta e por vezes é da experiencia, vivencia, que retiramos maior valor até alcançarmos o nosso objectivo.

Diogo Vargas, por seu lado, é o protagonista de sonho e ainda que cativante e repleto de atractivos poderia, em apreciação pessoal, ter sido mais explorado. Este homem deixa ao longo das páginas diversas reticências, e sabendo o leitor tanto como Mariana é o seu poder e carisma que muitas vezes nos repelem, mas o dinheiro e poder de nada valem perante a emotividade dos sentimentos e as surpresas reservadas para Diogo serão mais que muitas.

O medo de arriscar é uma das chaves da nossa história que vai alcançando contornos impensáveis para quem desfruta deste livro e as suas personagens secundárias são um dos trunfos que nos mantém presos a esta trama. Seja a extravagante Rosa Maria, as surpreendentes Sofia e Joana, que marcaram o leitor pela irreverência e maturidade, ou mesmo o pai de Diogo, todos eles terão a capacidade de mexer com os sentimentos do leitor que no final se verá embargado num drama muito próximo da realidade.

Muitos são os temas abordados, ainda que subtilmente, nesta narrativa onde encontrarão tanto controvérsias sexuais como das redes socias e todas elas nos envolvem fazendo-nos reflectir sobre até que ponto temos a percepção do que nos rodeia.

Rosa Luna soube criar um romance maduro e ao mesmo tempo descontraído com uma carga emocional que nos fará rir e atingir a nostalgia muito rapidamente. A sua escrita é leve e muito própria, pois como foi dito anteriormente, esta é a confissão de uma mulher madura e inibida que finalmente ousa contar a sua história com uma voz singular.

Este é um romance da nova e apelativa colecção da editora Livros d’Hoje, TIARA que chegou às bancas em Setembro e promete ficar na memória de muitas mulheres. Quer seja pela história contemporânea por mim percorrida ou pela vertente mais histórica nestas páginas temos a oportunidade de ler amor de uma forma que não deixará nenhuma leitora indiferente. Recomendo.

Título: “Só Te Amo Até Terça-Feira”
Autora: Rosa Luna
Género: Romance
Editora: Livros d’Hoje – Colecção TIARA

2 comentários :

Vanessa ൪ disse...

Parece ser um bom livro, pena nunca o ter visto à venda :x

Elphaba J. disse...

Olá Vanessa :)
É de facto uma leitura agradável e acessível, quer pelo preço como pela escrita... Procura que está numa livraria perto de ti. Espero que gostes.

Beijinho

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide