Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Sinopse:
“Sophie Mercer pensava que era uma bruxa.
Foi por essa razão que foi enviada para Hex Hall, um reformatório para delinquentes Prodigium (bruxas, mutantes e fadas). Mas isso foi antes de ela descobrir o segredo da família, e que a sua paixão escaldante, Archer Cross, é um agente de O Olho, um grupo determinado em eliminar todos os Prodigium da face da Terra.
Afinal Sophie é um demónio, um de dois que existem no mundo – sendo o outro seu pai. O pior é que os seus poderes ameaçam as vidas de todos aqueles que ela ama. É precisamente por isso que Sophie decide ir para Londres para a Remoção, um procedimento perigoso que irá destruir os seus poderes.
Mas ao chegar Sophie faz uma descoberta terrível. Os seus novos amigos também são demónios, o que significa que alguém os anda a criar com planos para usar os seus poderes para o Mal. Entretanto O Olho está à caça de Sophie, e está a usar Archer para isso. E no meio de tudo isto Sophie ainda tem de lidar com os sentimentos que não deveria ter por Archer.”


Novo visual, novo cenário e novas personagens é apenas parte das inovações que poderão encontrar nesta sequela de Hex Hall.
Vidro Demónio é protagonizado uma vez mais pela fantabulástica Sophie Mercer que, como sempre, nos permeia com um sentido de humor inabalável, trazendo consigo novos poderes e maturidade, juntando assim, outros trunfos a uma história mais sombria e misteriosa que a anterior.
A autora Rachel Hawkins espalha magia por entre as suas páginas e, mais uma vez, breve nas descrições, torna a encamtar com os seus Prodigium.

Um ano decorreu desde que Sophie foi enclausurada em Hecate Hall e desde então a nossa adolescente viu de perto a morte, a potencialidade dos seus poderes começou a revelar-se e descobriu também que os demónios não só existem como estão ligados a sua família muito estreitamente. Com isto, tudo o que a nossa protagonista desejava era umas férias normais, mas isso estará longe do que iremos encontrar nesta narrativa…
As queixas do seu comportamento ao longo do ano foram infindáveis e acabaram por chegar aos ouvidos do chefe do Conselho dos Prodigium, o seu desaparecido pai, o que lhe valerá, não só umas, férias no quartel-general, bem como, muitas outras surpresas que não deixarão de arrebatar o leitor até à última página. Acção e descoberta serão as palavras de ordem nesta história mágica onde a autora pode finalmente começar a revelar todo o potencial do seu enredo.

Este livro foi para mim uma agradável surpresa. Depois de no primeiro livro Hex Hall ter ficado a sensação de que muito estava por explicar e que toda a obra tinha sido escrita demasiado depressa, finalmente, em Vidro Demónio, as pontas soltas começam a juntar-se e vários são os mistérios que começam a surgir, e a resolver-se, por de trás do grandioso poder de Sophie e da sua família, bem como da escola que acolheu a sua rebeldia.

Num ambiente totalmente novo, com novas e antigas personagens, esta é uma história que se dedica mais aos protagonistas, e ao seu lado psicológico, e menos a todos os pormenores que envolvem as criaturas mágicas que preenchem estas páginas. (bruxas, vampiros, lobisomens, demónio, etc.)
O cenário rural de uma vila perto de Londres é o local perfeito para a nossa história e todo o ambiente místico que é atribuído à mansão onde são passadas as férias de Verão é o toque perfeito para tudo o que se irá desenrolar.

Após as perturbações que a protagonista sofreu no primeiro livro é agora também evidente o seu amadurecimento sem que se verifique uma perda do seu lado juvenil e divertido, com tudo o que isso engloba. O romance, a amizade e a família farão parte dos dramas de Shopie que agora se vê na facção contrária à do seu amado. Mas é a descoberta que existem novos demónios que realmente perturbará e marcará a nossa jovem, que está desposta a abdicar dos seus poderes para retirar o demónio que existe dentro de si.

As personagens secundárias conseguem também elas ser mais apelativas, havendo uma evolução nesse sentido, mais enigmáticos, mais sinistros e com muitos mais segredos para revelar servem na perfeição para todo o ambiente de suspense que se vai criando ao longo do livro.

O próprio título é o primeiro indicativo de que esta é uma história mais sombria e após a leitura justifica-se a nova capa apelando assim a um público que gosta de histórias com um “quê” de obscuridade pelo meio.

As questões de adolescentes, essas, continuam presentes fazendo deste livro, até à data, uma obra para uma faixa etária mais jovem pelo que se continua a justificar a linguagem utilizada.

No que diz respeito à escrita da autora, tendo em conta tudo o que citei, continua a a mesma embora com o ligeiro amadurecimento que é pedido devido à evolução da história que começa agora a vaguear por situações mais tenebrosas e consistentes. O final é perfeito, fica tudo em aberto, o suspense no ar e a vontade de saber mais é sem dúvida o sentimento que qualquer leitor guardará deste livro.

Um livro que me deu mais prazer do que o Hex Hall e conseguiu deixar o bichinho para o livro seguinte, pelo que só posso recomendar a todos os que não ficaram plenamente satisfeitos anteriormente que dêem uma nova oportunidade a Rachel Hawkins e aos novos leitores que não percam a oportunidade de descobrir esta divertida e enfeitiçada narrativa. Um livro 1001 Mundos.






Título: Vidro Demónio
Autora: Rachel Hawkins
Género: Fantasia
Editora: ASA - 1001 Mundos

5 comentários :

Leitora disse...

Olá Elphaba
Pelos vistos estamos de acordo com o amadurecimento da história e ainda bem pois é uma fantasia que estou a gostar bastante.
Gostei muito da tua opinião.
Beijinhos e Boa leitura;!

Elphaba J. disse...

Olá Carlinha :)
É verdade, gostei mais deste livro... agora resta-nos esperar pela continuação :D

Beijinho*

Rita disse...

Olá Elphaba!

Tenho acompanhado as opiniões pela blogosfera relativamente a esta saga e pelo que tenho visto parece que são livros leves, que nos conseguem arrancar algumas gargalhadas. Ao ver que tu e a Leitora gostaram mais deste volume, do que aconteceu com anterior, penso que também eu tentarei ler a saga...

Beijinhos.

Elphaba J. disse...

Tem apenas atenção ao facto de ser um livro bastante juvenil Rita.
Beijinhos

Rita disse...

Obrigada pela chamada de atenção. Vou tentar ter isso em mente, quando os ler. :)

Beijinhos.

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide