Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

quarta-feira, 25 de maio de 2011
Sinopse:
“Em plena Renascença, o convento de Santa Caterina está repleto de mulheres da nobreza cujos comportamentos foram reprovados pelas suas famílias. Muitas estão já resignadas com esse destino. Mas a recém-chegada Serafina não se conforma. Vive obcecada com a fuga e o homem que ama. A sua revolta quebra a harmonia do convento dirigido por Madonna Chiara, uma abadessa tão à vontade na política como na oração. Ela entrega Serafina aos cuidados da Suora Zuana, a jovem freira que dirige o dispensário e trata todas as maleitas, da pestilência à melancolia e à automutilação. Perante a improvável amizade que vai unir estas duas mulheres, há quem se mantenha vigilante, como é o caso da severa Suora Umiliana e da misteriosa Magdalena, com um passado de êxtases e visões… Mas o espírito rebelde de Serafina vai abalar irreversivelmente a vida do convento e as mais profundas convicções das suas ocupantes.
Com um fascinante elenco de personagens femininas, Corações Sagrados é um romance sobre poder, criatividade, paixão – secular e espiritual – e o indomável espírito das mulheres numa época em que as forças religiosas, políticas e sociais se uniam contra elas.”


Sarah Dunant conseguiu, sem dúvida, surpreender-me com este seu romance de estreia traduzido para a nossa língua, um retrato da época Renascentista detalhadamente explícito em emoções e sentimentos contraditórios que misturam harmoniosamente a paixão e religião de forma soberba. Nestas páginas descobri histórias de mulheres humanamente inspiradoras, marcadas por uma época governada por políticas sociais desmotivantes e quase cruéis.

Santa Caterina é uma expiação e uma bênção, um local de silêncios e devoções onde Serafina se vê repentinamente enclausurada. Uma jovem apaixonante, que devido à exorbitância do valor dos dotes no século XVI se vê reencaminhada para um fim de mundo sufocante onde a sua alma é abafada e a sua voz silenciada. Será o seu coração, também ele, silenciado?
Suora Zuana viu nesta junção de mulheres, após a morte repentina de seu pai, a salvação para ser o que mais anseia. Não compreende totalmente o local onde está mas sabe que aqui pode dedicar-se à sua paixão, como “médica”, uma profissão de homens, e sente-se assim um pouco mais perto do único homem que amou, o seu pai.
Madonna Chiara poderia ser ministra, mas governar mais de cinquenta mulheres distintas e gerir o seu mundo já exige muito de si, vestindo o hábito pelo qual ansiou desde os seis anos de idade tem uma alma doce e um coração de ferro, gerindo intrigas e sussurros será admirada e odiada.
Magdalena vive entre a lucidez e a demência, confinada numa cela pelas suas exultações e alucinações a Ele, pouco se sabe a respeito de si, mas num local onde Ele é tudo, o que nos rodeia é inquestionável e existem questões que, preferivelmente, não devem ser levantadas.

Não é discutível, uma das preciosidades desta obra são as suas fascinantes personagens. Apresentei-vos quatro mulheres entre muitas outras que se encontram interligadas por um período da nossa história, por um lugar de devoção que tanta dor e amor transporta para os seus corações. A sua força, humildade, dignidade e até coragem são admiráveis e iram marcar quem tiver o prazer de ler Corações Sagrados, uma narrativa única que retrata de forma sublime a Renascença, a sua politica e alterações de carácter religioso sobre as instituições representantes da época.

Enquanto leitora não consegui criar uma consonância com a narrativa e ainda assim não consigo deixar de admirar esta obra, confuso? O que é certo para mim é que, apesar de não haver uma afinidade presente, os retratos reais existentes na obra são fascinantes e tudo o que transmitem é para mim sobrevalorizado. Eu sofri a dor destas mulheres e fosse eu mais católica não duvido que tivesse orado com elas, por elas…

Quanto á escrita de Sarah Dunant é o mais adaptada possível à época que representa mantendo sempre uma proximidade com a religião, textos sagrados e factos históricos oferecendo ao leitor uma aprendizagem constante e aguçando a sua curiosidade.

Um leitura que recomendo a todos aqueles que apreciam romances históricos e denotam especial interesse pela época da Renascença. Uma aposta da Asa, uma autora premiada a seguir de perto.

Título: Corações Sagrados
Autora: Sarah Dunant
Género: Romance Histórico
Editora: Asa

4 comentários :

Patrícia Cálão disse...

O livro parece ser realmente muito interessante. Eu gosto muito de romances históricos, mas estava um bocadinho de pé atrás com este livro. A sensação que o livro me dá é de clausura e falta de liberdade. Mas depois do que disseste acerca das personagens fascinantes, fiquei novamente com vontade de ler.

bjs***

Elphaba J. disse...

Olá Patrícia :)
Não vou mentir, esta não é uma leitura fácil ou fluida… No entanto é fascinante, é parte da nossa história e de antiga realidade o que vemos retratado pela autora, as suas personagens são muito ricas. Faz-te reflectir sobre muitos aspectos religiosos, à volta das questões dos conventos, que no meu caso eram desconhecidos. Muito dramático e emotivo. Super interessante, sem dúvida.

Cantinho Literário disse...

A capa é mto gira e parece ser um livro muito interesante!

Beijinhos

Renata Leite
www.cantinholiterario.com

Elphaba J. disse...

Obrigada Renata, já estou a seguir o teu cantinho :)

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide