Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Sinopse:
“No Mundo de Mary há verdades simples. A Irmandade sabe sempre o que é melhor. Os Guardiães protegem e servem. Os Excomungados nunca desistem. E tu nunca deves esquecer a cerca que rodeia a aldeia. A cerca que protege a aldeia da Floresta de Mãos e Dentes. Mas, aos poucos, Mary começa a pôr em causa as suas verdades. Ela está a conhecer coisas que nunca quis saber sobre a Irmandade e os seus segredos, sobre os Guardiães e os seus poderes. E quando há uma brecha na cerca e o seu mundo se transforma num caos, ela fica a conhecer melhor os Excomungados e percebe o quão implacáveis são. Agora, Mary tem de optar entre a sua aldeia ou o seu futuro, entre aquele que ama e aquele que a ama.
E também tem de enfrentar a verdade em relação à Floresta de Mãos e Dentes.
Poderá haver vida para lá de um mundo rodeado por tanta morte?”


Mary é para mim sem dúvida uma personagem fascinante. Mary, curiosa, tem um sonho, uma fé diferente de todos os que conhece que mudará a sua vida e a de todos os seus.

Como a sinopse explica, a aldeia de Mary é rodeada por Excomungados, zombies. Ao longo de séculos a sua pequena sociedade tem sido regida por uma Irmandade religiosa, a sua fé é a lei e quem ousar ver para lá dos votos de fé que se acautele, existem demasiados segredos para ser guardados, demasiadas vidas, toda a vida da nossa personagem em jogo.

Ela sempre sonhou com as histórias de sua mãe, passadas através da sua tetravó, que para lá da Floresta de Mãos e Dentes haveria um mundo, haveria um mar de possibilidades, um mundo de esperança para lá de um futuro certo e estipulado pela Irmandade.

Após perder a sua mãe, que vivia entre uma ténue linha de lucidez e a perda de um amor para lá da cerca, Mary fica entregue a si mesma. Descobre que não conhece o mundo onde cresceu, conhece também sentimentos que nunca ousou e o seu desejo de ver o Mar torna-se o sentido de toda a sua existência.



Dizer-vos mais que isto é contar-vos a história na totalidade, uma história repleta de emoções fortes, em que não vão querer perder cada golfada de vida através do olhar arrojado de Mary.

Vai haver momentos iniciais em que ao lerem este livro vão fazer comparações com o filme The Village, mas não se iludam, este livro dá uma volta de 180ºgraus que vos leva a não querer perder uma única página, um único suspiro e exaltação deste mundo de morte.

Não foi um livro surpreendente, todo o gosto e surpresa desta história guardo em torno da fantástica Mary, uma personagem muito bem trabalhada e que nos leva a repensar até onde vai a força interior do ser humano.


Título: A Floresta de Mãos e Dentes
Autor: Carrie Ryan
Género: Ficção Cientifica, Romance, Terror
Colecção: 1001 Mundos
Editora: Gailivro
quinta-feira, 22 de julho de 2010
“Um Juramento Sagrado

Um Anjo Caído

Um Amor Proibido”

Sinopse:
“Apaixonar-se não fazia parte dos planos de Nora Grey. Nunca se sentira atraída por nenhum dos rapazes da sua escola, apesar da insistência de Vee, a sua melhor amiga.
Então, aparece Patch. Com um sorriso fácil e uns olhos que parecem trespassar-lhe a alma, Patch seduz Nora, deixando-a completamente indefesa.
Mas, após uma série de encontros assustadores com Patch, que parece estar sempre onde ela está, Nora não consegue decidir se há-de cair-lhe nos braços ou fugir sem deixar rasto.
Em busca de respostas para o momento mais confuso da sua vida, Nora dá consigo no centro de uma antiga batalha entre imortais. E quando é chegada a altura de escolher um rumo, a opção errada poderá custar-lhe a vida.”

Hush, hush, como a própria capa nos anuncia é a porta de entrada para um mundo de anjos.

Vivemos esta história sobre a visão de Nora, uma jovem adolescente de 17 anos, que perdeu o pai recentemente e que, por  isso, é  agora obrigada a conviver com uma mãe ausente e que se esforça para manter o seu lar de origem e fonte de recordações de seu pai.


A protagonista, Nora, é uma rapariga empenhada nos estudos e ainda, como próprio Patch a descreve, inteligente, atraente e vulnerável.

Ao longo das páginas é perceptível o aumento de mistério vs. atracão entre as personagens principais e torna-se complicado parar de ler até descobrir todo o potencial que o livro nos poderá apresentar, que com alguma pena minha foi pouco explorado pela autora, Becca Fitzpatrick.

Gostei particularmente de algumas características apresentadas aos anjos, mas não foi um livro surpreendente ou que realmente marque pela diferença. Foi, isso sim, uma leitura leve, agradável e fácil. Como um passeio na praia após um dia de trabalho.


É sem dúvida um livro dirigido para o público jovem-adulto, e que guarda muito potencial para o segundo volume da saga, que para já só tem data prevista de lançamento fora das nossas fronteiras.

Ps: A Capa deste livro é simplesmente linda e eu quero um anjo-da-guarda, como tinha no meu imaginário quando era pequenina, só para mim!


Título: hush, hush
Autor: Becca Fitzpatrick
Género: Fantasia Romance
Editora: Porto Editora.
domingo, 18 de julho de 2010
Sinopse:
“Bem-vindos a Efémera, onde a terra se altera em resposta aos mais profundos desejos e medos dos seus habitantes.”
“Há muito tempo, Efémera foi dividida em inúmeras paisagens mágicas ligadas somente por pontes. Pontes
que podem levar quem as atravessa para onde realmente pertencem e não ao local onde pretende chegar.
Uma a uma, as paisagens de Efémera estão a cair na sombra.
O Devorador do Mundo esta a espalhar a sua influencia, manchando as almas das pessoas com duvida e medo, alimentando-se das suas emoções mais negras. A cada vitória o Devorador aproxima-se da conquista final.
Apenas Glorianna Belladonna possui a habilidade de frustrar os planos do Devorador. Mas os seus poderes foram mal interpretados e incompreendidos. Determinada a proteger as terras sob o seu domínio, Glorianna defrontara o Devorador sozinha se assim estiver no seu destino.”


Belladonna o segundo volume do mundo de Efémera, foi uma leitura muito morosa. Sei que houveram factores externos que contribuíram bastante para a demora, mas a verdade é que também não consegui um elo de ligação com esta história, como é normal mim.

A escrita, ao estilo de Anne Bishop, apresenta-se rica e apelativa como sempre, sendo a forma como trama se desenvolve o único ponto negativo que consegui encontrar. Houve momentos em que até me forcei a ler, a envolver, mas deparava-me sempre com demasiadas definições relativas a temas sobre os quais já tinha reflectido durante a narrativa presente e no primeiro volume de Efémera, Sebastian.

Os culpados de tanta descrição são O Mágico (Michael) e a Paisagista (Caitlin Marie), que não sabendo o papel importante que desempenham em Efémera, descobrem um novo mundo repartido por paisagens em vez de países. Guiados pelas mãos de Glorianna Belladonna, entramos numa trama repleta de elucidações, onde as novas personagens aprendem a sua importância e influencia sobre todos os que os rodeiam e a forma susceptível de como tudo o que conhecem subsiste através das suas emoções e vontades.

Estas novas personagens conheciam-se a si mesmas como humanos quase comuns, ainda que um deles fosse apelidado que causador de infortúnios e portador de boa sorte, e Caitlin Marie, de feiticeira, às bocas de pessoas banhadas de escuridão. Mas ao serem inseridos nas paisagens de Glorianna, ao apresentarem-se perante um mal denominado de Devorador do Mundo, o mundo como o reconhecem mudará para sempre assim como as suas vidas.

Em suma o mundo de Efémera é fascinante e surpreendente, as batalhas entre luz e escuridão dão uma ênfase muito bem concedida a trama, mas que aos meus olhos se tornou demasiado descritiva, para forçar a introdução das novas personagens, uma vez que neste volume eu já me sentia completamente adaptada a Efémera. Existe ainda o facto de faltar muita sensualidade, que é um ponto forte de Bishop a que me habitou.

Ponto alto do livro é sem dúvida as ultimas 40 páginas.


Avista-se o lançamento do próximo livro de Anne Bishop só para 2011, sem datas ainda marcadas com muita pena minha. Estava mesmo a precisar de uma lufada de ar fresco de Bishop para breve.



Título: Belladonna
Autor: Anne Bishop
Género: Dark Fantasy, Romance
Editora: Saída de Emergência.
terça-feira, 13 de julho de 2010
Sinopse:
Grace Alexander, uma bonita terapeuta sexual de Nova Orleães, julgava estar destinada a uma vida sem paixão. Até ao dia em que a amiga Selena a convence que, por artes mágicas, poderá convocar um escravo de amor durante um mês. Certa de que a magia da amiga irá falhar, Grace deixa-se levar pela brincadeira. Mas…

"Caro leitor,

Estar preso num quarto com uma mulher é fabuloso.
Estar preso em centenas de quartos ao longo de dois mil anos não o é de todo. E estar amaldiçoado como escravo para a eternidade, arruína qualquer guerreiro espartano.
Como escravo do amor, sei tudo sobre mulheres. Como toca-las, saboreá-las e, acima de tudo, como dar-lhes prazer.
Mas quando fui convocado para satisfazer as fantasias de Grace, encontrei a primeira mulher na história que me viu como um homem com um passado atormentado. Só ela se preocupou em levar-me para fora do quarto e mostrar-me o mundo.
Ensinou-me a amar de novo.
Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui amaldiçoado para caminhar sozinho pela eternidade. Como general, aceitara a muito a minha sentença. No entanto, agora encontrar Grace – a única coisa sem a qual o meu coração não consegue sobreviver. Poderá o seu amor curar as minhas feridas e quebrar uma maldição milenar?"

Jardins da Macedónia



Fazia tempo que não lia romances quando peguei no “Amante de Sonho”. Não me desiludio mas terminei com a sensação habitual pós-romance, nhéc – nhéc, Querubins a esvoaçar etc. …” (risos…)

Mas gostei da escrita, diálogos fáceis que me põem a pensar; Não teria respondido melhor! Toma e embrulha!

Da história em si não tenho muito a dizer, a sinopse diz-vos tudo… Eu acho que os romances tendem a ser repetitivos, mas esta é a minha opinião pessoal e nada tenho contra, eu mesma os leio. ^.^

Mas acima de tudo, o que mais gostei foi a forte alusão à mitologia grega de forma tão aprofundada pela autora, eu adoro mitologia (apesar de leiga no tema), soube-me bem aprender um pouco mais e na ultima página fiquei com aquela boa sensação de aprendizagem. Não estou desejosa de comprar o próximo livro de SK, mas sei que acabarei por fazê-lo. (risos…)



Título: Amante de Sonho 
Autor: Sherrilyn Kenyon
Género: Romance/Fantástico
Editora: Saída de Emergência
sábado, 10 de julho de 2010
Sangue Fresco,

É o título dá nome à Saga mas também o do primeiro livro que nos leva ao mundo criado por Charlaine Harris. Foi aqui que despertei para a vida atribulada de Sookie Stackhause e todo um conceito vampírico que até data não me desiludiu da primeira a ultima página.


A história começa com a chegada do Vampiro Bill à pequena vila de Bon Temps, mais propriamente ao bar Merlotte’s, o local de trabalho de Sookie. Logo nas primeiras páginas somos confrontados com o salvamento de Bill das garras de um asqueroso casal de drenadores, salvamento este muito atabalhoado mas conseguido pela nossa querida Sookie. (Já vos disse que o sangue de vampiro é uma droga altamente viciante?)

Mas que interessam drenadores de sangue a uma pequena e conservadora comunidade do Louisiana quando com a chegada de um vampiro ocorre um homicídio?

E se viermos a saber que este vampiro se relaciona com temidos vampiros considerados a razão de todos os males nas redondezas?

Estes e outros dilemas são expostos ao coração de Sookie no momento em que se apercebe que o Bill poderá ser o primeiro amor que sempre desejou ter, pela primeira vez está perante alguém a quem não consegue ler a mente e lhe pode mostrar um mundo sobrenatural que sempre desejou conhecer.

É um livro importante pois demonstra-nos os pró e os contras da introdução dos vampiros como cidadãos e a forma como a sociedade os encara para o melhor e para o pior. Desmonstra muito bem a forma como C. Harris consegue misturar a realidade e o urbano com o sobrenatural…


Assim se inicia uma história sem precedentes e que começando tenho a certeza que todos iram acompanhar. Da minha parte tem nota máxima, uma autora de tanto talento capaz de misturar a realidade com o sobrenatural de uma forma cativante.


Título: Sangue Fresco
Autor: Charlaine Harris
Género: Romance/Fantástico/Policial
Editora: Saída de Emergência
quarta-feira, 7 de julho de 2010
Sinopse:
“Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças…”
 


Mais do que uma moda de vampiros, estes livros são sem dúvida o ponto alto para mim de tudo o que li no género. Poderia passar horas a falar-vos desta série… Adoro-a!

A personagem principal Sookie Stackhause (extremamente hilariante) é uma telepata que vive numa pequena vila do Lousiana. A sua faculdade especial de ler mentes, que lhe fechava as portas a uma vida social normal, é também o vaivém espacial que nos levará a conhecer todo o mundo sobrenatural onde iremos descobrir vampiros, lobisomens, demónios, fadas entre tantos outros que nos preenchem o imaginário... Não fosse a autora desta série, Charlaine Harris, ter uma imaginação fenomenal e um sentido de humor incontornável.

Esta série é um misto de comédia romântica, com policial e muita fantasia sobrenatural. É ou não um cocktail apetecível?

Comecei a ler esta série à mais ou menos um ano e até agora foram lançados seis volumes, podemos contar ainda com mais um volume já em Outubro deste ano, por tudo isto esta série está no meu top de aquisições prioritárias, e sim admito:

“Sou Viciada em Sangue Fresco”
Ps: Podem ainda acompanhar a Série True Blood, está a decorrer de momento a 3ºtemporada ainda assim recomendo vivamente que leiam os livros, não só porque existem discrepâncias na histórias mas porque os livros estão extremamente bem concebidos.

Títulos lançados até ao momento:
Sangue Fresco
Dívida de Sangue
Clube de Sangue
Sangue Oculto
Sangue Furtivo
Traição de Sangue
Autor: Charlaine Harris
Género: Romance/Fantástico/Policial
Editora: Saída de Emergência
quinta-feira, 1 de julho de 2010
No mundo de A Casa da Noite os vampyros não só convivem com os humanos como são aceites entre eles. A história que nos é apresentada gira em torno de Zoey Redbird, uma jovem que 16 anos que num dia normal de liceu é Marcada, desta feita, vê-se obrigada num curto prazo de tempo a embarcar na Casa da Noite (uma escola para iniciados) ou a morrer se contrariar o seu destino.

A história é quase básica, mas o seu conceito é original e divertido.

Durante o período de iniciação passado na escola, é importante citar, que os jovens iniciados são confrontados com o medo de não ultrapassar a transformação para vampyro, pois o preço a pagar por não se transformarem é a morte, para que tal não aconteça tem se seguir determinadas regras e ainda assim são várias vezes é que nos é apresentada a rejeição física a transformação.

Para Zoey foi o melhor que lhe podia ter acontecido, com uma vida problemática em casa sente que finalmente a sua vida começa a ganhar sentido… e toda a história poderia ficar por aqui não fosse a Z continuar a sentir-se diferente e especial em relação a todo o sobrenatural que já a rodeia.

Daqui para a frente, como podem imaginar, o que não falta são atribulações de uma jovem adolescente ainda que no seu Eu vampyrico, amor e amizade, inveja, sarilhos e lágrimas fazem da Colecção A Casa da Noite uma história direccionada para o público jovem/adulto e que a mim pessoalmente não em enche as medidas. (ainda assim irei acompanhar até ao fim)

Com a continuação da leitura desta série irei especificando mais a minha opinião e deixando mais vestígios de Spoilers, é inevitável. Para quem gosta de vampiros e romances da moda é um livro a não perder.

Segundo a SdE (Saída de Emergência) podemos ainda contar com o lançamento do próximo volume, Perseguida, já no próximo dia 6 de Agosto. Sem dúvida uma série com muitos fãs e a ser publicada a velocidade relâmpago.


Títulos lançados até ao momento:
Marcada
Traída
Escolhida
Indomável.
Autor: P. C. Cast e Kristin Cast
Género: Romance/Fantástico
Editora: Saída de Emergência

Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Até 12 de Novembro!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide