Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

domingo, 8 de agosto de 2010
Sinopse:
“Agora é uma cidade secreta onde tudo pode ser vendido e comprado – bens, pessoas, pensamentos, ideias, emoções…
Uma elite bem-sucedida subjuga a cidade, e as crianças, até complementarem doze anos, são mera mercadoria…
O acaso reúne, na velha torre do conde Stelli, Mark e Lily, dois jovens que foram vendidos como servos. De inicio, o seu único objectivo é trabalhar e sobreviver. Mas, gradualmente, vão compreendendo que podem alterar o seu próprio destino e o da própria cidade, ajudando a libertar o seu povo. Mas irão as forças ocultas que os vigiam deixar que os seus planos se coroem de êxito? Que alcancem o grandioso destino que os aguarda? E o que é, afinal, o Pacto da Meia-Noite?
…”


A trama desenvolve-se na Cidade de Agora, uma cidade rodeada por uma muralha, transmitindo aos que dentro desta habitam a sensação que para além destas mesmas pedras nada mais existe. Uma cidade onde tudo se vende e se troca, desde os sentimentos, emoções aos mais simples objectos. Assim é criado um conceito curioso e desperta sem dúvida o interesse do leitor.

Conhecemos este mundo através de Lily e Mark.

Lily, órfã, foi vendida como mão-de-obra aos seis anos para uma fábrica de livros. No dia em que se torna maior de idade, com doze anos e recebe o seu próprio anel de sinete, vê-se confrontada com o facto de já não ter utilidade para o seu ofício e acaba nesse mesmo dia comprada por conde Stelli.
Mark, por sua vez, vê a família ser roubada pela morte devido a um surto de peste. Quando só sobra este e seu pai, é também ele transformado num contrato e vendido ao neto do conde Stelli, Dr. Theophilus.

E é aqui que estas duas personagens com realidades tão semelhantes e sentimentos tão opostos em relação ao mundo se cruzam pela primeira vez. Será obra do acaso?

Neste mundo em que não existe moeda, mas sim uma constante troca de bens, estes dois jovens-adultos vão travar lutas distintas em realidades opostas, com um constante encruzilhar de caminhos e uma amizade verdadeira.

Sendo esta história complexa, em que as emoções são um factor dominante não me vou prolongar nos spoilers. Contudo a imaginação de David Whitley não pode de forma alguma ser posta em causa. Deixou-me ainda duas questões que me fizeram reflectir:
- Até que ponto a vida humana pode ser uma moeda de troca?
- Até que ponto uma emoção pode ser vendida tornando-se uma droga?

Deixo-vos ainda um pequeno excerto para vos aguçar a curiosidade.
“ - Quero a verdade – declarou.
O Director pousou a pena.
- Um pedido imenso, menina Lilith. Existem tantas verdades.
- Não tantas como mentiras.
O Director ponderou por um instante e abanou a cabeça.
- Não posso concordar consigo. A verdade consiste em tudo o que existe. As mentiras limitam-se ao que a mente humana é capaz de conceber.
- Isso não me parece muito limitado.”


Este é um daqueles livros que adquiri às cegas… E apesar de não estar arrependida da aquisição, não é de todo um livro que me tenha enchido as medidas.

Direccionado para o público infanto-juvenil (algo que não concordo totalmente, confesso) proporciona uma leitura acessível e agradável. Apesar da imensa imaginação do autor David Whitley e do conceito atractivo abordado, não consegui agarrar-me á história.


PS: Segundo me consta haverá continuação, tornando-se assim uma trologia, mas com tantos livros e de grande qualidade no mercado não sei até que pronto estou disposta a utilizar a minha moeda de troca :)


Título: O Pacto Da Meia-Noite
Autor: David Whitley
Género: Fantástico
Editora: Editorial Presença

2 comentários :

Carlinha disse...

Olá Elphaba

Gostei muito do que aqui li sobre este livro, nunca tinha lido nada sobre ele e devo dizer que achei a história engraçada. Mas é uma trilogia hummm assim não sei se o compro.Mas pode ser que me ofereçam, nunca se sabe ou talvez o adquira ainda, mas é sempre um dilema existem tantos mas tantos por ler e tantos que gostavamos de ler ups
Beijocas.

;)Boas Atmosferas. ;)

Elphaba J. disse...

Olá Carlinha :)

Sabes este é aquele livro que se eu soubesse mais sobre ele não o teria comprado.

O conceito utilizado pelo autor é de facto de uma imaginação surpreendente, mas depois, achei que de facto o autor não explorou bem nem as personagens nem a história. Penso que talvez por ser um livro dirigido para o público mais infantil tenha levado a isso mesmo.

Não sei se vais gostar Carlinha, se tiveres oportunidade pede emprestado ou tenta encontra-lo numa biblioteca aproveita.

Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado em breve!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

*Editorial Presença*

*Editorial Presença*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide