Livraria das Histórias

Pesquisar Histórias:

A carregar...

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Depois da publicação da série Castles Ever After (Romance com o Duque, A Noiva do Marquês e A Prometida do Capitão), a Topseller dá continuação à publicação da obra de uma das autoras preferidas das leitoras portuguesas.

Uma Noite para se Render é o primeiro livro da nova coleção Spindle Cove.

Título: Uma Noite para se Render
Autor: Tessa Dare
N.º Páginas: 320
PVP: 15.98 €
ISBN: ISBN 9789898843135

Sinopse:
Spindle Cove é uma pacata vila costeira, só para donzelas.
As raparigas bem-nascidas, influenciáveis e que correm riscos de serem seduzidas pelos cavalheiros errados são enviadas pelas famílias para Spindle Cove. Aqui elas deverão «curar-se» com os bons ares marítimos, desenvolver os seus talentos e viver vidas tranquilas. Susanna Finch é a anfitriã da vila e guardiã deste verdadeiro refúgio, livre de homens e de tentações.
Mas, com a chegada de um homem?
Afastado da frente da guerra contra Napoleão após sofrer um ferimento, o tenente-coronel Victor Bramwell quer agora recuperar o comando do seu regimento. O seu plano leva-o a Spindle Cove, onde, ao contrário do que esperava, acaba por receber um título de conde, um castelo e a responsabilidade de criar uma milícia para defender a vila.
A guerra dos sexos vai começar.
Susanna teme que a presença de uma milícia na vila desencaminhe as donzelas. Mas o tenente-coronel tem de cumprir a sua missão para poder voltar para a guerra. Nasce, assim, uma autêntica guerra dos sexos entre os dois. Com a atração crescente que sentem um pelo outro, serão eles capazes de manter os seus planos? Ou irão declarar- -se vencidos pelo amor?

Leia um excertoAqui

Da mesma autora, no blogue:
Romance com DuqueOpinião
A Noiva do MarquêsOpinião
A Prometida do CapitãoOpinião

Sobre a autora:
Tessa Dare é uma autora norte-americana bestseller do New York Times e do USA Today, que já conta com quatro novelas e doze romances históricos publicados. Os seus livros foram alvo de vários elogios e prémios, incluindo o Prémio RITA para Melhor Romance Histórico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, e prémios da revista RT Book Reviews.
A revista Booklist nomeou-a «uma das novas estrelas do romance histórico» e os seus livros já foram traduzidos para mais de doze línguas. Romance com o Duque alcançou a shortlist para o Prémio Goodreads de 2014.

Saiba mais em: Topseller


domingo, 25 de setembro de 2016


Autora vencedora do Prémio RITA para Melhor Romance

Título: As Lições do Amor
Autor: Lorraine Heath
N.º Páginas: 240
PVP: 15.98 €
ISBN: ISBN 9789898839459

Sinopse:
Lady Grace Mabry tem tudo o que uma donzela debutante pode desejar: é bonita, inteligente, vem de boas famílias e possui um dote bastante valioso. No entanto, Grace desconfia dos inúmeros pretendentes que a cortejam, pois acredita que muitos estão apenas interessados na sua riqueza.
Para a ajudar a perceber se os interesses dos seus apaixonados são genuínos, Grace procura o seu amigo de infância, o Duque de Lovingdon. Sem qualquer fé no amor desde que perdeu a família, Lovingdon vive uma vida de libertinagem e prazer. Conhecedor dos jogos e estratagemas para conseguir a atenção de uma mulher, Lovingdon só tem de ensinar a inocente Grace a diferenciar as emoções falsas das verdadeiras.
Mas mal as lições começam, Lovingdon depara-se com um jogo demasiado perigoso, que parece não conseguir controlar...
Conseguirá o Duque abrir o seu coração inteiramente ou irá perder aquela que descobriu que ama?

Leia um excertoAqui

«Lorraine Heath é conhecida pelos seus romances deslumbrantes e profundos, e este não foge à regra. As Lições do Amor é um livro perfeito, cheio de lágrimas e suspiros, e com uma heroína que surpreende pela força que tem.» - Washington Post

Sobre a autora:
Lorraine Heath é uma autora norte-americana, bestseller do New York Times e do USA Today, que conta com mais de 60 romances publicados.
Quando se licenciou em Psicologia pela Universidade do Texas, Lorraine não fazia ideia de que tinha acabado de ganhar uma base valiosíssima que lhe permitiria criar e descrever personagens consideradas quase «reais».
Por essa razão, os seus livros já foram nomeados e contemplados com inúmeros prémios, entre os quais o Prémio RITA para Melhor Romance e, por duas vezes, o prémio All About Romance (AAR) para a mesma categoria.

Saiba mais em: Topseller


sábado, 24 de setembro de 2016
Sinopse: 
Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito atribulada, pelo menos na sua imaginação. Ela jamais imaginou que as cartas que escreveu a despedir-se dos rapazes por quem se apaixonou, mas a quem nunca teve coragem de confessar o seu amor, chegassem às mãos dos seus destinatários. E por causa disso meteu-se numa grande confusão. Para escapar à vergonha, começou um namoro a fingir com o Peter Kavinsky.
Lara nunca esperou apaixonar-se a sério pelo Peter. E por isso está mais confusa do que nunca.
Agora, ela terá de aprender a estar num relacionamento que, pela primeira vez, não é a fingir. Porém, quando um outro rapaz do seu passado reaparece na sua vida, Lara percebe que também nutre por ele sentimentos mais profundos. Será possível uma rapariga estar apaixonada por dois rapazes ao mesmo tempo?

Em poucas palavras: é simplesmente impossível resistir à doçura de Lara Jean. Ler o primeiro livro de Jenny Han, A Todos os Rapazes Que Amei, foi como viajar no tempo e regressar a um dos períodos mais encantadoramente dramáticos da minha vida, em que todos os pormenores da minha existência pareciam questões de vida e de morte. É fascinante ver o quanto mudamos a nossa perspectiva em relação aos outros e ao mundo desde adolescência até à idade adulta e esta autora, espelhando esta fase na perfeição, faz-nos voltar ao passado como muito poucos. Além disso, a sua protagonista é puro deleite e, em conjunto com todos os que a rodeiam, torna aquele que poderia ser apenas mais um romance YA em algo muito especial. 

Depois de assistirmos às atribulações causadas pela vingança de Kitty à sua irmã do meio, enviando as suas cartas amorosas de despedida a todos os rapazes por quem esta se apaixonou na sua curta existência, ou seja, depois de assistirmos a uma Lara de cabeça perdida é chegado o momento de ver o seu coração perder o ciso fazendo-a encarar, pela primeira vez, o amor. 
As dinâmicas de uma relação, dramas sociais e dilemas familiares são algumas das cores deste quadro, desta história muito bonita, que neste segundo título prometem continuar a enternecer todas as leitoras de romances.   

Igual a si mesma, inteligente e de beleza singular, com uma personalidade vincada onde se destaca o seu sentido de humor, generosidade e teimosia, creio que é impossível não gostar desta menina Song que, felizmente, mantém as mesmas características agora que tem par. É o tipo de protagonista que conquista pelos pormenores enquanto evolui, cresce, ultrapassando entre lágrimas e peripécias os obstáculos que lhe vão surgindo. 
Eu já gostava de Peter, um rapaz meio bruto meio carinhoso, quase demasiado belo mas que se encaixa em Lara na perfeição e, da mesma forma, continuo a gostar muito de Kitty também, uma criança atrevida e de língua mordaz que perde, agora, um pouco da meninice mas que continua a preservar a inocência dos bons – são os meus secundários favoritos. 
Neste livro o leque de intervenientes pouco se modifica em relação ao antecedente e é bom reencontrar o pai que se supera, a Margot mais distante mas pertinente e os outros tantos, a melhor amiga e a inimiga, os seniores que animam e ensinam com a sapiência de uma longa vida. 

Embora grande parte da narrativa gire em torno dos desenvolvimentos amorosos entre Peter e Lara, em particular da forma como esta gere esta nova complexidade emocional, a verdade é que o texto é mais do que o romance e as variáveis que o influenciam. Este é, isso sim, um livro transversal a várias temáticas contemporâneas da realidade juvenil, como por exemplo o cyberbullying. Continua a ser uma história muito dedicada à família, à sua importância na presença e ausência, ao seu valor maior na formação do indivíduo. Por fim, encantei-me com o trabalho voluntário da protagonista, com mais esta prova que se pode fazer muito com pouco, com o simples facto de não nos esquecermos daqueles que ainda estão vivos e que depois de tantos anos e experiências têm tanto para ensinar e merecem, efectivamente, a nossa dedicação e afecto.

E é isto meus caros, apaixonei-me novamente por esta miúda e as suas aventuras, por esta jovem que equilibra a maturidade das circunstâncias e uma natureza pueril que nos deixa de coração cheio. Adoro-a. As boas notícias? Parece que haverá um terceiro título, no original Always and Forever, Lara Jean, que eu vou querer ler com toda a certeza. 

Uma aposta Topseller que recomendo sem restrições aos fãs de romance, em particular os de Young Adult

Livro anterior:
A Todos os Rapazes Que Amei Opinião

Título: P.S. Ainda Te Amo
Autora: Jenny Han
Género: Romance
Editora: Topseller


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A Maldição do Vencedor é uma história emocionante, cheia de intrigas e segredos, jogos de poder e alianças perigosas, que deixarão o leitor em suspenso até à última página.


Dois povos inimigos.
Uma guerra iminente.
Uma atração proibida.

Título: A Maldição do Vencedor
Autor: Marie Rutkoski
N.º Páginas: 320
PVP: 17.69 €
ISBN: ISBN 9789898843401

Sinopse:
Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai. 
Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo - por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade. 
Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara.

Leia um excertoAqui

Ao conversar com uma amiga economista, Marie Rutkoski ficou a conhecer o conceito de «maldição do vencedor». De modo simples, descreve como o vencedor de um leilão também perde, ao ganhar a licitação pagando mais do que a maioria dos licitantes decidiu que valia o artigo em causa. Neste caso, e transportando este conceito para a literatura, "conquistar aquilo que desejas pode custar tudo o que amas".

«É um livro espetacular! Uma história ousada e inteligente sobre a lealdade, o amor, a família e o poder… Obrigatório ler!» - The Guardian
«A caraterização rica das personagens, a construção meticulosa do mundo e o enredo sólido fazem deste livro uma história com uma inteligência e uma profundidade pouco comuns.» - Kirkus Reviews
«Uma história épica, rica em imaginação, com batalhas arrepiantes e alianças dúbias. O final cheio de suspense deixará os leitores desejosos de ler o próximo livro.» - Publishers Weekly

Sobre a autora:
Marie Rutkoski é autora de diversos livros, bestsellers do New York Times. 
Frequentou a Universidade do Iowa, viveu em Moscovo e em Praga, e estudou Shakespeare na Universidade de Harvard. 
Atualmente é professora de Literatura Inglesa no Brooklyn College. 
Saiba mais sobre a autora em www.marierutkoski.com

Saiba mais em: Topseller


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Carina Rissi foi uma das autoras em destaque na última edição da Bienal do Rio, em 2015, tendo conquistado os leitores com o seu romance de estreia Perdida.


Uma história divertida, apaixonante e intensa, que vai querer devorar até à última página.
E se o amor da sua vida apenas existisse no século XIX?

Título: Perdida
Autor: Carina Rissi
N.º Páginas: 352
PVP: 17.69 €
ISBN: 9789898831958

Sinopse:
Sofia é uma jovem de 24 anos que vive numa grande cidade e está habituada à sua vida independente e moderna. Divertida, mas solitária, Sofia não acredita no amor, convencida de que os únicos romances da sua vida são aqueles que os livros lhe proporcionam. 
Porém, após comprar um telemóvel novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem saber como ou se poderá voltar para sua casa, para o «seu» século. Enquanto tenta encontrar uma solução, é acolhida pela família Clarke, à qual, à medida que os dias passam, se afeiçoa cada vez mais. 
Com a ajuda do prestável - e lindo - Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba por encontrar pistas que talvez a ajudem a regressar à sua vida.
O que ela não sabe é que o seu coração tem outros planos, e que a ideia de deixar o século XIX pode vir a tornar-se angustiante...

Leia um excertoAqui

Sobre a autora:
Carina Rissi é uma leitora apaixonada, lê sempre a última página de um livro antes de o comprar e tem um fascínio inexplicável pelo tema «amores impossíveis». Tem em Jane Austen uma fonte de inspiração.
Nasceu em Ariranha, uma pequena cidade perto de São Paulo, onde vive atualmente com o marido e a filha.
Carina Rissi é autora de vários romances, entre os quais a trilogia Perdida, Encontrada e Destinado, êxitos de vendas no Brasil.

Saiba mais em: Topseller


terça-feira, 20 de setembro de 2016

Sinopse: 
Mia Saunders precisa de dinheiro. De muito dinheiro. Tem um ano para pagar ao agiota que ameaça a vida do pai e exige o reembolso de uma enorme dívida de jogo. Um milhão de dólares para ser exacto.
A sua missão é simples: trabalhar como acompanhante de luxo para a empresa da tia, com sede em Los Angeles, e pagar mensalmente uma parte da dívida. Passar um mês com um homem rico, com o qual não é obrigada a ir para a cama se não quiser. Dinheiro fácil.
Infeliz no amor e com um espírito que não verga, a curvilínea morena amante de motas tem um plano: entrar no jogo, conseguir o dinheiro e voltar a sair. Parte do plano é manter o coração fechado a sete chaves e os olhos no objectivo. Pelo menos é como espera que corra.
Doze meses em que conhecerá o luxo, doze homens com doze estilos de vida, doze cidades diferentes, experiências sexuais e o amor da sua vida.

A verdade é que gostei, gostei muito mais do que poderia ter imaginado de acompanhar os primeiros três meses na pele de A Rapariga do Calendário.
Com uma estrutura diferente do habitual – provavelmente pela forma como foi primeiramente autopublicado –, as suas personagens dissonantes entre si e todos os atributos que uma leitura erótica deve conter sem correr o risco de se tornar “vulgar”, Audrey Carlan conquistou efectivamente uma nova adepta para os seus livros e que actualmente está ansiosa por descobrir o que cada mês tem para oferecer. 

Provando que com pouco se pode fazer muito, ou seja, que com um enredo aparentemente simples se pode desenvolver uma narrativa realmente cativante, é-nos apresentada a história de uma jovem mulher que, numa situação limite, se vê obrigada a enveredar por uma profissão que continua a ser vista com preconceito, a ser vista como um tabu social. Por outras palavras, com um pai às portas da morte por dívidas de jogo e uma irmã universitária dependente a seu cargo, Mia vê-se na obrigação de aceitar ser acompanhante de luxo durante um ano para liquidar um milhão de dólares a um agiota e fazer face às suas despesas. Assim, em cada novo mês, conhecerá um novo cliente que pagará pelos seus serviços em termo de exclusividade, em cada mês do ano desempenhará um novo papel naquela que será uma jornada diferente de todos os seus receios e, principalmente, como mais tarde descobrirá, de todos os seus anseios.

Não tenho dúvidas, Mia Saunders tem tudo para se tornar uma verdadeira heroína contemporânea entre páginas. Do seu espírito altruísta aos muitos traços de guerreira que vai revelando, esta mulher surpreende não só pela sua grade capacidade de adaptação como também de aprendizagem em cada novo cliente, mantendo sempre a sua personalidade genuína e um coração emotivo que apenas rivaliza com a sua libido “sensível”. Muito bem, dito assim parece ser demasiado perfeita, mas creiam que ela peca na medida certa para continuar a ser admirada. 
No entanto, parte desta personagem deliciosa é, também, construída pelo par que a acompanha em cada momento da acção, todos eles garanhões exemplares da sua espécie e que deixam no ar a promessa de “pernas bambas” – Wes, Alec, Tony e Hector

O facto de haver variedade de intervenientes masculinos em destaque permite que a abordagem ao enredo e à própria protagonista seja mais atractiva que o comum, afinal cada um de nós metamorfoseia-se ligeiramente consoante o próximo. Assim, as temáticas vão variando de forma refrescante tocando diversas questões actuais, como as desventuras da fama, a excentricidade do universo da artístico e a sua originalidade, bem como dilemas familiares mais ou menos graves que incluem a afectividade e a sexualidade nas suas múltiplas singularidades. 
Claro que esta não deixa de ser uma história com um fundo de amor no seu reflexo mais romântico, com cenas de sexo fortes e agradáveis para as apreciadoras deste género literário.  

Como apetece em qualquer título de entretenimento, a escrita é leve, simples e com diálogos comuns o que, associado à estrutura do texto, torna o virar de página célere e viciante. Janeiro, Fevereiro e Março foram, literalmente, devorados por mim e, confesso-vos, não consigo parar de pensar nas surpresas e possibilidades que Abril irá trazer assim como os meses precedentes, da mesma forma que o final do ano de Mia e as muitas promessas deixadas no ar me deixam igualmente curiosa para saber o que o seu maravilhoso futuro lhe irá trazer – estou, portanto, agarrada a esta história. 

Mais uma grande aposta Planeta Manuscrito que continua a pensar em todas as fãs de histórias que prometem aquecer corações e muito mais. 

Livro seguinte, já publicado: 

Título: A Rapariga do Calendário – Vol. 1 – Janeiro, Fevereiro, Março
Autora: Audrey Carlan
Género: Romance Erótico

domingo, 18 de setembro de 2016

O FENÓMENO DO ANO!
Uma nova história de êxito na auto-publicação.
Mais de 2.500.000 exemplares vendidos da série nos EUA.
1.º LUGAR NO TOP DO THE NEW YORK TIMES, DURANTE 4 SEMANAS.

A vida de Mia Saunders continua neste terceiro livro perversamente escaldante da série A Rapariga do Calendário! Nestes três meses, Mia desloca-se a Miami, ao Texas e à sua terra natal, Las Vegas.

Título: A Rapariga do Calendário – Livro 3
Autor: Audrey Carlan
N.º Páginas: 408
PVP: 17.76 €
ISBN: 9789896578275

Sinopse:
12 MESES. 12 VIDAS. 1 AMOR.
Em Julho, será sedutora num videoclip do artista de hip-hop, com discos de platina, Anton Santiago. A recuperar do trauma sofrido em Junho, a nossa rapariga abre o coração e descobre que correr riscos lhe concederá o que sempre desejou, necessitou e muito mais.
Em Agosto, Mia viaja para o Texas vestindo a personagem e representando o papel da irmã perdida do magnata do petróleo e importante homem de negócios Maxwell Cunningham. O trabalho devia ser canja, só que são revelados segredos do passado que mudarão o que sempre acreditou ser verdade.
Em Setembro, Mia parte para a sua Sin City, onde o mundo à sua volta parece desmoronar-se. As pessoas que ama travam batalhas para as quais não está preparada, mas que se sente desesperada para resolver antes de perder tudo.

Direitos do livro vendidos para 27 países e para série televisiva, pelos mesmos produtores de Gossip Girl.
Audrey Carlan autopublicou online o seu primeiro livro, em Agosto de 2015. O sucesso foi imediato.
A editora norte-americana Waterhouse descobriu o fenómeno e publicou-o em livro - em quatro volumes -, tendo alcançado os tops de venda mais importantes, como o The New York Times e USA Today.



Sobre a autora:
Audrey Carlan é autora best-seller do New York Times, USA Today, e Wall Street Journal. Escreve histórias de amor sensuais e eróticas de forma a dar ao leitor uma experiência romântica e sexy. Vive em California Valley com os dois filhos e o amor da sua vida. Quando não escreve, ensina ioga, bebe vinho com suas souls sisters ou está com o nariz enfiado num romance ímpio.

Saiba mais em: Planeta Manuscrito


sábado, 17 de setembro de 2016

Depois do fenómeno de vendas mundial que foi a saga Percy Jackson, chega agora, do mesmo autor, o primeiro livro de uma nova série: Crónicas de Kane.
Um livro fiel ao estilo de Rick Riordan: rápido, ágil, trepidante e absolutamente viciante.

Título: A Pirâmide Vermelha
Autor: Rick Riordan
N.º Páginas: 408
PVP: 17.76 €
ISBN: 9789896577889

Sinopse:
Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane viaja pelo mundo com o pai, o egiptólogo Dr. Julius Kane. Não frequenta a escola e os seus pertences cabem numa única mala.
Enquanto isso, Sadie, a sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e uma vida “normal”. E ele, o que ela mais deseja: conviver com o pai.
Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente mais nada em comum.
Até que na noite de Natal, durante uma visita ao British Museum, o pai faz uma estranha promessa: tudo voltará a ser como antes.
Mas o seu plano falha e os irmãos acabam assistindo ao momento em que um personagem misterioso desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica.

Best-seller do The New York Times e USA Today.
Recomendado a partir dos 10 anos.

Desta vez, o autor inspirou-se na mitologia egípcia e escolheu o antigo Egipto como cenário para as aventuras desta nova série.
Tal como na saga anterior – Os Heróis do Olimpo –, já publicada pela Planeta, os capítulos são curtos e dinâmicos, alternando os pontos de vista das personagens.

Sobre o autor:
Rick Riordan é autor best-seller do New York Times das series Percy Jackson e Kane Chronicles. Também é autor de uma série para adultos, que ganhou vários prémios.
Durante quinze anos, Rick ensinou Inglês e História em escolas públicas e privadas em San Francisco Bay e no Texas.
Em 2002, foi agraciado pela Saint Mary’s Hall com o Master Teacher Award e em 2011 recebeu o Children's Choice Book Award for Author of the Year.

Saiba mais em: Planeta Manuscrito


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

É com uma gosto imenso que, pela segunda vez, sou convidada para aquela que é, a meu ver, uma das mais bonitas homenagens à literatura nacional. Penafiel, a cidade que sabe como ninguém eternizar e incorporar um autor, volta a abrir as suas portas a todos os amantes da arte escrita de dia 6 a 9 de Outubro – um evento imperdível. 

ESCRITARIA COM ALICE VIEIRA 

«Obras de Alice Vieira vão ganhar novas vidas em Penafiel, autora será homenageada por várias gerações para quem escreveu.» 
Algo me diz que voltarei a despertar parte da inocência que a passagem do tempo me roubou. 

«Depois de Urbano Tavares Rodrigues, José Saramago, Agustina Bessa-Luís, Mia Couto, António Lobo Antunes, Mário de Carvalho, Lídia Jorge e Mário Cláudio é agora a vez de destacar a vida e a obra de Alice Vieira, uma escritora que alcançou já vários prémios literários e que é autora de inúmeros livros para o público infanto-juvenil.
Exposições diversas, teatro de rua, conferências, música, momentos de leitura e lançamento de livros são algumas das diversas iniciativas que vão marcar a Escritaria deste ano, sem esquecer os objetos que contaminam uma cidade inteira, prometendo interagir com leitores e transeuntes.»

Parece que, uma vez mais, Penafiel voltará a ser uma espécie de País das Maravilhas onde palavras imortalizas e sonhos se mesclam para tocar memórias, explorar emoções, com presentes em forma de recordações. Só lá tive uma vez, é verdade, mas foi inesquecível. Este ano, no entanto, parece que tratarei também algumas lembranças físicas. 

«Feira do livro especial – quando entre 2008 e 2016 passam pela Escritaria alguns dos mais consagrados escritores de língua Portuguesa, isso só poderia resultar numa feira do livro especial que será novidade e onde podem ser encontradas as obras dos autores homenageados, ao longo das várias edições, bem como, os livros que contam a história de cada evento. 
A Escritaria vai decorrer de 6 a 9 de Outubro em Penafiel com um programa recheado de novidades que brevemente serão conhecidas mas, de onde se destaca o envolvimento das pessoas e a contaminação das ruas com literatura em homenagem e promoção à língua portuguesa. 

Para o Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa "A Escritaria é um festival literário de referência que procura que as pessoas possam fruir da literatura de uma forma diferente e descontraída em cada canto e recanto da cidade. Nesta edição acreditamos que vamos viver momentos especiais com muitas pessoas a reverem-se no que já leram em criança e que partilharam, depois, com os seus filhos, tal é grandeza da obra da autora ao nível da literatura infantil e juvenil, sem esquecer também que se destacou com obras de outros géneros literários. É esse universo que queremos descobrir com ainda mais cuidado na Escritaria"

Nas conferências participarão figuras nacionais cujas intervenções serão em torno da vida e da obra da autora. Haverá ainda duas exposições dedicadas à escritora, uma na Biblioteca Municipal de Penafiel, intitulada “ALICE VIEIRA: Ler = Interpretar + Escrever + Desenhar = Criar” , e outra de cariz antológica/digital em parceria com a Hemeroteca de Lisboa, criando as condições de excelência para se aprofundar o conhecimento sobre a obra de Alice Vieira

Promete, não promete? Se tiverem oportunidade, tirem um fim-de-semana prolongado e usufruam desta experiência. Não se arrependeram, creiam em mim. 


Programa provisório:

Dia 6 out. – Quinta feira 
10h00/19h30 Teatro de Rua A ARCA DO TESOURO 
10h00 Praça da Igreja da Misericórdia
. Abertura da Feira do livro ESCRITARIA 2016 (patente de 6 a 9 Outubro entre as 10h00 e as 23h00)
11h00 Inauguração da Rotunda Escritaria
14h30 Biblioteca Municipal de Penafiel 
. Inauguração da exposição ALICE VIEIRA: Ler = Interpretar + Escrever + Desenhar = Criar 
. Hora do Conto com Alice Vieira 
21h00 Praça da Igreja da Misericórdia
 .Recepção académica a Alice Vieira pela Tuna Académica da CESPU
. Visita à exposição “O ciclo da vida e a vida aos ciclos” patente na CESPU de 6 a 9 de outubro

Dia 7 out. – Sexta feira 
10h00/23h00 Praça da Igreja da Misericórdia
. Feira do Livro ESCRITARIA
14h30/19h00 Teatro de Rua A ARCA DO TESOURO
15h00 Praça da Escritaria/ Rua Alfredo Pereira/Largo da Ajuda/Rua do Paço/ Rua Joaquim Cotta/Avenida Pedro Guedes
. Inauguração Arte Pública/Mural e Descerramento da frase de Alice Vieira ESCRITARIA 2016/Montras e instalações várias de arte pública
21h00  Museu Municipal de Penafiel 
 . Visita à exposição OLHAR ALICE VIEIRA (exposição em parceria com a Hemeroteca de Lisboa)  . Visita à exposição PELA JANELA DO OLHAR da artista plástica Mafalda Rocha
21h30 Museu Municipal de Penafiel
. Lançamento de novo livro de Alice Vieira.

Dia 8 out – Sábado 
10h00/23h00 Praça da Igreja da Misericórdia
. Feira do Livro ESCRITARIA
14h30 Teatro de Rua A ARCA DO TESOURO
15h00 Museu Municipal de Penafiel 
. Conferência Alice Vieira Vida e Obra
17h30 Museu Municipal de Penafiel
. atribuição do Prémio Comunicação ESCRITARIA
21h30 Museu Municipal de Penafiel
. Lançamento do livro infantil projecto ESCRITARIA ALICE VIEIRA do Centro Escolar Agrup. D. António Ferreira Gomes

Dia 9 out - Domingo
10h00/23h00 Praça da Igreja da Misericórdia
. Feira do Livro ESCRITARIA
15h30 Museu Municipal de Penafiel
. Entrevista com ALICE VIEIRA por Luís Osório
 16h30  - Praça da Igreja da Misericórdia
 .  Feira do Livro escritaria  - lançamento do livro ESCRITARIA 2015 "Mário Cláudio Vida e obra"
18h00 - Encerramento ESCRITARIA 2016
. Sessão de autógrafos por ALICE VIEIRA



quinta-feira, 15 de setembro de 2016
Sinopse: 
Durante o dia, Judith Rashleigh trabalha numa prestigiada leiloeira de Londres. Ambiciona uma carreira no mundo da arte e, apesar das origens humildes, tornou-se uma mulher sofisticada. 
Para fazer face às despesas, aceita trabalhar durante a noite como acompanhante num dos bares da capital. Mas depressa o sonho de uma vida luxuosa se desmorona. 
Desesperada, acompanha um dos clientes do bar numa viagem. Após um acontecimento que marca o seu destino, Judith envereda por um caminho violento e tortuoso. Assistimos à ascensão de uma mulher à margem da lei e da moral, segura do seu rumo.

Não tinha a mínima noção da necessidade que sentia de um livro como este até o ter terminado – até me arrepio. Significando, neste caso, “um livro como este” uma história crua e realmente bem escrita – ou não tivesse eu apenas desejado lê-lo após folhear as primeiras páginas –, com a capacidade de me fazer viajar por uma ficção estreitamente ligada à realidade, prendendo-me a respiração por diversas vezes, hipnotizando-me, e capaz de me deixar vidrada na sua personagem principal. 

Nada, na sinopse de Maestra, me poderia ter preparado para esta história, para a sua complexidade e extensão, para tudo aquilo que o um leitor pode retirar de uma análise do ser humano e do universo plausível representado. Acredito piamente, como anuncia a capa, que este possa ser um dos grandes acontecimentos editoriais de 2016, assim como acredito que é difícil ficar-lhe indiferente. 
De forma sucinta, este enredo faz-nos acompanhar Judith, uma mulher que no início não é tão bem sucedida como acredita que merecia ser e que, por acaso do destino, vê o caminho para a sua ambição financeira como acompanhante num bar. Neste novo trabalho, uma viagem inesperada, um homem com dinheiro e uma amiga do passado são os ingredientes fortes que vão dar origem a um acontecimento que mudará o rumo da sua vida porque depois deste, querido leitor, prepare-se para entrar num universo social paralelo sem retorno e que o deixará viciado nesta narrativa.

A linha que separa a necessidade do desejo é ténue e nesta história Judith deixa-o claro, como muito poucas vezes vi acontecer. Nem sequer vou tentar falar sobre outros intervenientes, esta personagem conquista e absorve tudo o que a rodeia, seja alguém ou alguma coisa, ela tem uma teia que se estende indefinidamente pelas suas aspirações. As definições do bem e do mal estão dependentes do seu crer, da afectividade que não sente, dos obstáculos que evita no seu peculiar modo de ver e viver o mundo. Emocionalmente fui confundida muitas vezes, acreditem. 
A ausência de sentimentos unida a uma crueldade que não é “sentida”, quiçá até pelo próprio leitor, torna este folhear muito interessante, que, por sua vez, vê na frieza a loucura, uma insanidade atraente, ousada, num jogo que a protagonista cria e de raciocínio nada menos do que brilhante. Ela é meio livro, é o livro inteiro que, só por si, tem tantos outros pontos para vos cativar. 

Para quem gosta de arte, esta leitura é puro deleite, sendo igualmente potencialmente prazerosa para quem procura crime e mistério complexos e também, de alguma forma, uma nova janela para as novas leitoras cativadas pelo género erótico, aqui explicito na sua vertente mais transparente, de carne corpo e suor, de vontade e de libertação – amor é que não, nestas páginas não há espaço para o amor. 
Além do citado, Hilton tem muita escrita muito cuidada, elegante até, conseguido dar a ver as maravilhosas paisagens do percurso de Judith, que têm como cenários principais as mais belas cidades francesas e italianas. 

O ritmo é alucinante, há tanto em tão poucas palavras que ainda me custa acreditar em tudo o que li em apenas 300 páginas, parece impossível que tantos acontecimentos, reviravoltas, entradas e saídas de figuras ficcionais tenham acontecido. É um verdadeiro carrossel emocional o que observamos, exteriormente, na pele desta mulher que, salvo uma explosão emocional, faria a rainha do gelo derreter. 

Enfim, sei que não vos contei muito mas é tão fácil fazer spoiler que não poderia opinar este livro de outra forma. A verdade é que estou maravilhada, precisava de um livro assim, bruto, um livro em que a morte pode ser racionalmente assustadora e dar-nos cabo da cabeça, um livro em que o sexo é desprovido de emoções e, ainda assim, pleno de sensações, um livro sem heroínas e em que não sabemos se conseguimos julgar os vilões, um livro de personagens humanas nas palavras e nos actos mas que nos conseguem fazer viajar para um lado da sociedade tão distante que o torna extraordinário.  

Parabéns Editorial Presença, mais um dos favoritos de 2016 é vosso e marcou-me bastante. Estou ansiosa pela continuação. 

Título: Maestra 
Autora: L. S. Hilton
Género: Policial; Erótico
Editora: Editorial Presença

Para comprar o livro Maestra, clique aqui.



quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Surpreendente! é uma incrível história de amizade, amor e superação.

Título: Surpreendente!
Autor: Maurício Gomyde
Título Original: Surpreendente!
N.º Páginas: 248
Coleção: Grandes Narrativas Nº 641
PVP: 15.50 €
ISBN: 9789722358811

Sinopse:
Quando Pedro era adolescente foi-lhe diagnosticada uma doença que o faria perder por completo a visão. No entanto, a doença estagnou de forma inexplicável, permitindo que Pedro se dedicasse ao cinema, a sua grande paixão. 
Entre mil afazeres (a gestão de um clube de vídeo e os planos para o próximo filme), Pedro tenta fugir aos problemas da vida. Para completar a expectativa de um futuro brilhante conhece Cristal, uma rapariga de cabelos ruivos.
Mas a vida é muito diferente dos filmes e os problemas acabam por surgir. 
Atormentado por um segredo, Pedro parte com os amigos numa aventura que se desenrola ao sabor da criatividade, com as câmaras a captar todos os momentos, tornando-os eternos. Pedro sabe que esta pode ser a sua última oportunidade para realizar o filme perfeito - e ter a vida que sempre desejou.
Um livro verdadeiramente surpreendente!

Leia um excerto – aqui

«Ficção inspirada diretamente no fascínio pelo cinema.» | Correio Braziliense
«O final é realmente poderoso, daqueles que nos fazem sorrir e chorar ao mesmo tempo, que fazem aflorar tanto o sentimento de felicidade quanto o de frustração.» | S2 Ler
«Tal como o título indica, este livro é mesmo surpreendente.» | MTV
«O autor fala de sentimentos como ninguém. Todos os seus livros trazem uma importante carga emocional, e Maurício Gomyde é constantemente comparado com Nicholas Sparks.» | LivroLab

Sobre o autor:
Maurício Gomyde nasceu em São Paulo mas vive desde os três anos em Brasília. Surpreendente! é o seu sexto romance. Além de escritor, é compositor e baterista.
Site: http://www.mauriciogomyde.com/

Para mais informações sobre Surpreendente!, clique aqui.


terça-feira, 13 de setembro de 2016

Do mesmo autor do bestseller internacional, Trash - Os Rapazes do Lixo.

Título: Liquidator
Autor: Andy Mulligan
Título Original: Liquidator
N.º Páginas: 336
Coleção: Ficção Juvenil Nº 11
PVP: 16.90 €
ISBN: 9789722357951

Sinopse:
A bebida Liquidator é a última sensação. Todos a querem. A empresa que a produz prevê lucros astronómicos. O lançamento será durante um concerto de rock que promete abalar o mundo.
O único senão? Uma criança inocente está em risco de vida.
Eis que Vicky e os seus colegas de turma entram em ação. Juntos tentam desmascarar a empresa e salvar a criança. Vive com eles uma aventura cheia de perigos e perseguições, em que uma lata de refrigerante é apenas um dos problemas.

Leia um excerto – aqui

«Uma história de aventuras divertida e intrigante, brilhantemente construída, com uma mensagem política e ambiental. Prepare-se para entrar numa viagem de tirar o fôlego.» | Daily Mail
«Liquidator é brilhante. Andy Mulligan é um escritor radical e acessível que não tem medo de arriscar e que transmite uma mensagem que precisamos de ouvir.» | New Statesman

Sobre o autor:
Andy Mulligan cresceu no Sul de Londres. Trabalhou como encenador durante dez anos até que diversas viagens pela Ásia o inspiraram a tornar-se professor. Deu aulas de inglês e teatro na Grã-Bretanha, Índia, Brasil e Filipinas. Atualmente divide o seu tempo entre Londres e Manila.

Para mais informações sobre Liquidator, clique aqui.


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

O que serias capaz de fazer para alcançar aquilo que mais desejas? Junta-te ao fenómeno NERVE e descobre uma história arrepiante e provocadora!

Título: Nerve - Alto Risco
Autor: Jeanne Ryan
Título Original: Nerve
N.º Páginas: 344
Coleção: Jovem Adulto Nº 2
PVP: 16.90 €
ISBN: 9789722358675

Sinopse:
Quando Vee participa no NERVE, um jogo online de desafios transmitido em direto, descobre que quem controla a competição parece saber tudo acerca dela. Oferecem-lhe os prémios que mais deseja e escolhem para a sua equipa Ian, um rapaz com quem qualquer rapariga do secundário sonharia. 
Nestas condições, é quase impossível resistir. Vee aceita a primeira consequência. E depois outra. E outra. 
Se ao princípio o jogo parece emocionante (os fãs aplaudem e incitam-nos a ultrapassar desafios arriscados com apostas cada vez mais altas), aos poucos revela-se uma armadilha. Vee e Ian têm de decidir se arriscam a vida para o Grande Prémio ou se deitam tudo a perder. Será o jogo letal?

«Uma leitura frenética até à última página.» | Kirkus Reviews
«Tão original e viciante que traz um novo fôlego ao género.» | Voya
«Os leitores ficarão obcecados pelos acontecimentos deste livro.» | Booklist

Sobre a autora:
Jeanne Ryan tem vivido um pouco por todo o mundo, incluindo no Havai, na Alemanha e na Coreia do Sul. Antes de se tornar escritora, trabalhou em simulação de jogos de guerra e em investigação, entre outras ocupações. 
NERVE - Alto Risco é o seu primeiro romance. Encontra-se publicado em 20 países e inspirou uma adaptação cinematográfica com o mesmo nome, protagonizada por Emma Roberts e Dave Franco.

Para mais informações sobre NERVE, clique aqui.


domingo, 11 de setembro de 2016

É com imenso prazer que hoje vos trago este magnífico passatempo, que com o apoio Planeta Manuscrito


Para sorteio, está disponível um exemplar do livro A Rapariga do Calendário - Livro 2 de Audrey Carlan. Um romance erótico original que vai conquistar todas as fãs do género. 

Para se habilitarem a este exemplar, terão unicamente de responder às fáceis questões abaixo colocadas, ter atenção as regras de participação e ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
A partilha do link nas redes sociais não é obrigatória, mas se o fizerem podem participar novamente – uma vez por dia.

Descubra a sua resposta aqui no Blogue e em Planeta Manuscrito.

Boas leituras*

Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 25 de Setembro de 2016 (domingo).
2. Ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
4. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
5. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
6. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
7. Boa Sorte!


sábado, 10 de setembro de 2016

Finalmente, trago-vos o último resultado dos passatempos alusivos ao 6.º aniversário deste blogue que tanto estimo. Desta feita, um pack patrocinado pela Planeta Manuscrito.


Para sorteio estava disponível um pack com os dois títulos publicados da Série Blackthorn & Grim, O Lago dos Sonhos e A Torre de Espinhos de Juliet Marillier

Gostaria, como sempre, de agradecer a todos pelas vossas participações. E, se não foi o vencedor/a, não desanime, haverá mais oportunidades em breve. 

Sem mais demoras, quem receberá estes exemplares é:

654* Ângela Pereira, Viseu

Os meus sinceros parabéns, espero que usufrua de uma excelente leitura.
E o meu muito obrigado à Planeta Manuscrito, por me oferecer a possibilidade de realizar este passatempo. 

Boas leituras*


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Hoje é dia fazer um leitor feliz a duplicar, com o resultado do magnífico passatempo Suma de Letras dos dois primeiros livros da série Off-Campus.


Para sorteio estava disponível um pack com os exemplares O Pacto e O Erro da autora Elle Kennedy. Espreitem a minha opinião do primeiro livro – aqui

Gostaria, como sempre, de agradecer a todos pelas vossas participações. E, se não foi o vencedor/a, não desanime, haverá mais oportunidades em breve. 

Sem mais demoras, quem receberá estes exemplares é:

549* Daniela Oliveira, Foz do Sousa

Os meus sinceros parabéns, espero que usufrua de uma excelente leitura.
E o meu muito obrigado à Suma de Letras, por me oferecer a possibilidade de realizar este passatempo. 

Boas leituras*



quinta-feira, 8 de setembro de 2016

O resultado de hoje promete fazer subir a temperatura a um leitor, com a última história publicada pela Planeta Manuscrito que certamente agradará a todas as fãs de romances eróticos.


Para sorteio estava disponível um exemplar do título A Rapariga do Calendário – Vol. 1 (Janeiro Fevereiro Março) de Audrey Carlan. Eu já li e podem apostar que é um dos bons. 

Gostaria, como sempre, de agradecer a todos pelas vossas participações. E, se não foi o vencedor/a, não desanime, haverá mais oportunidades em breve. 

Sem mais demoras, quem receberá este exemplar é:

320* Maria dos Reis, Aveiro

Os meus sinceros parabéns, espero que usufrua de uma excelente leitura.
E o meu muito obrigado à Planeta Manuscrito, por me oferecer a possibilidade de realizar este passatempo. 

Boas leituras*



Redes Sociais

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Até 25 de Setembro!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo - Resultado!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo - Resultado!

*Suma de Letras*

*Suma de Letras*
Passatempo - Resultado!

*Saída de Emergência*

*Saída de Emergência*
Passatempo - Resultado!

*Quinta Essência*

*Quinta Essência*
Passatempo - Resultado!

*Planeta Manuscrito*

*Planeta Manuscrito*
Passatempo - Resultado!

*1001 Mundos*

*1001 Mundos*
Passatempo - Resultado!

*Quinta Essência*

*Quinta Essência*
Passatempo - Resultado!

2016 Reading Challenge

2016 Reading Challenge
Elphaba J has read 4 books toward her goal of 60 books.
hide