Pesquisar Histórias:

Subscrever...

A Elphaba...

Adoradora de literatura em geral.
Viciada em literatura fantástica e romântica.
Fascinada por outros mundos e uma eterna sonhadora, assim eu sou.

Aviso:
Este Blogue e todos os textos escritos podem conter Spoilers!

Contacto:

Blog Archive

Com tecnologia do Blogger.

O Que Escrevo...

Seguidores

Próximas Opiniões...

Acasos Felizes
Um Mar de Rosas
Euro Pesadelo: Quem Comeu a Classe Média?
Pivot Point
Kafka Para Sobrecarregados
Amores contados
Maligna
A Revolta
A Marca das Runas
Un mundo feliz
Filha da Magia
Frankenstein
As Cinquenta Sombras Livre

Blogues Com Histórias...

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Algo grandioso está para chegar... preparados? 
Trago-vos mais novidades em breve! 
2018 Promete!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017


Título: Mal Me Quer
Autor: M. J. Arlidge
N.º Páginas: 320
PVP: 17.69 €
ISBN: 9789898869456

Sinopse:
MAL ME QUER
O corpo sem vida de uma mulher é encontrado no meio da estrada. À primeira vista parece tratar-se de um acidente trágico, mas quando a inspetora Helen Grace chega ao local do crime, torna-se claro para ela que a mulher foi vítima de um assassínio a sangue-frio sem razão aparente. 
BEM ME QUER
Duas horas depois, do outro lado da cidade, um empregado de loja é morto, enquanto os seus clientes escapam ilesos.
MAL ME QUER
Ao longo do dia, a cidade de Southampton viverá um clima de terror às mãos de dois jovens assassinos, que parecem matar ao calhas. 
BEM ME QUER
Para a inspetora Helen Grace, este dia vai tornar-se uma corrida contra o tempo. Quem vive? Quem morre? Quem será o próximo? O relógio não para…
Se Helen não conseguir resolver este quebra-cabeças mortal, mais sangue será derramado. E, se cometer algum erro, poderá muito bem ser o dela… 

Leia um excerto Aqui

«Sinistro e de leitura compulsiva.» — The Times

Do mesmo autor, no blogue:
Um, Dó, Li, Tá Opinião
À Morte Ninguém EscapaOpinião
A Casa de BonecasOpinião
A Vingança Serve-se QuenteOpinião
Na Boca do LoboOpinião
O Anjo da MorteOpinião 

Sobre o autor:
M. J. Arlidge trabalha em televisão há mais de 15 anos, tendo-se especializado em produções dramáticas de alta qualidade.
Nos últimos anos, produziu um grande número de séries criminais passadas em horário nobre na ITV, rede de televisão do Reino Unido. Escreveu ainda uma série policial para a BBC, além de estar a criar novas séries para canais de televisão britânicos e americanos.
Os seus livros, traduzidos para várias línguas, são autênticos êxitos de vendas e têm recebido críticas excelentes de todos os meios de comunicação social internacionais.

Saiba mais em: Topseller

segunda-feira, 27 de novembro de 2017


Da top model e actriz Cara Delevingne uma estreia poderosa, um romance sobre amizade, identidade e o facto de que as aparências podem enganar.

O romance que vai deixar marca!
Amizade. Amor. Vítima. Traição.
Quando olha para o espelho o que vê?

Título: Mirror mirror
Autor: Cara Delevingne
N.º Páginas: 304
PVP: 16,95 €
ISBN: 978-989-777-008-1

Sinopse:
Talvez eu não seja a pessoa decente que pensava que era.
Talvez afinal seja um monstro. 

Red, Leo, Rose e Naomi são inadaptados. Red tem uma mãe alcoólica e um pai que nunca está presente. O irmão de Leo arrasta-o para um obscuro e violento caminho. Rose volta-se para os rapazes e o álcool para adormecer a dor do passado.
Naomi foge de casa em busca de uma liberdade que não consegue encontrar. Estão sozinhos contra o mundo até formarem a sua outra família na banda, Mirror Mirror.
O único sítio onde podem ser eles mesmos. Um dia Naomi desaparece, e é encontrada meio morta no Tamisa. Lutando pela vida, a polícia acredita que se tentou suicidar. Os amigos ficam devastados; supostamente devem tomar conta uns dos outros, mas como não viram os sinais de alerta?
Mas quando uma série de pistas leva o grupo a suspeitar que nem tudo é o parece, Red, Leo e Rose deverão enfrentar os seus próprios segredos e medos obscuros. Nada será o mesmo de novo, pois uma vez que o espelho é partido, não pode ser consertado.

Leia um excerto aqui.

Polémica, mediática, única, Cara Delevingne é uma das actrizes e modelos mais famosas e populares entre os jovens, com 40 milhões de seguidores no Instragram.
A modelo é imagem de importantes marcas como Burberry, Dolce & Gabanna, Puma, Rimmel London, e este ano protagonizou dois filmes no cinema: Valerian e a Febre da Tulipas.

Sobre a autora:
Cara Delevingne é uma das mulheres mais influentes da sua geração.
Nascida em Londres, foi projectada para a fama em 2009 e vencedora do Model of the Year na British Fashion Awards em 2012 e 2014.
A carreira de actriz começou com um papel em 2012 na adaptação de Anna Karenina e, a partir daí, conseguiu papéis principais em Cidades de Papel, Esquadrão Suicida, Valerian e a Cidade dos Mil Planetas e Life in a Year.
Mirror Mirror é o seu primeiro romance.
Cara escreveu Mirror Mirror com a autora best-seller do Sunday Times Rowan Coleman. Esta vive com a sua grande família e dois cães numa casa supercheia em Hertfordshire e escreve livros para jovens adultos e adultos.

Saiba mais em: Planeta

domingo, 26 de novembro de 2017

Queridos leitores, 
Com o sempre maravilhoso apoio da editora Planeta, trago-vos hoje mais um passatempo a anteceder o Natal.


Para sorteio, está disponível um exemplar do livro Passa a Noite Comigo de Megan Maxwell, a autora de romance erótico mais vendido em Portugal, depois de E.L. James, uma figura habitual aqui no blogue. 

Para se habilitarem a este exemplar, terão unicamente de responder às fáceis questões abaixo colocadas, ter atenção as regras de participação e ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
A partilha do link nas redes sociais não é obrigatória, mas se o fizerem podem participar novamente – uma vez por dia.

Descubram a sua resposta aqui no Blogue em Planeta.

Boas leituras*

Para mais informações sobre este e outros títulos, sugiro que sigam a página da Planeta no Facebook – aqui
Regras de participação:
1. Passatempo válido até 23h59 do dia 15 Dezembro de 2017 (sexta-feira).
2. Só é possível uma participação por pessoa e e-mail.
4. Ser seguidor do blogue e/ou fazer GOSTO na página do Facebook do blogue.
3. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
5. O vencedor será sorteado aleatoriamente, será posteriormente contacto por e-mail e o resultado será anunciado aqui, no blogue.
6. Todas as participações com questões erradas e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.
7. A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela própria e/ou pela editora.
8. Boa Sorte!



sábado, 25 de novembro de 2017

Queridos leitores, 
Com o fantástico apoio Planeta Manuscrito, é como verdadeiro prazer que hoje vos trago um novo resultado de passatempo no blogue. 


Para sorteio estava disponível um exemplar do título O Senhor das Sombras de Cassandra Clare. Mais um título de uma narrativa magnifica a que nenhum fã de fantasia consegue fica indiferente.

Gostaria, como sempre, de agradecer a todos pelas vossas participações. E, se não foi o vencedor/a, não desanime, haverá mais oportunidades em breve. 

Sem mais demoras, quem receberá este exemplar é:
194* Dália Antunes

Os meus sinceros parabéns, espero que usufrua de uma excelente leitura.
E o meu muito obrigada à Planeta por me oferecer a possibilidade de realizar este passatempo. 
Boas leituras*

Para comprar o livro, clique aqui no site da Planeta.



sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Megan Maxwell, a autora de romance erótico mais vendido em Portugal, depois de E.L. James, está de volta com a sequela da série best-seller Pede-me o que Quiseres.

Uma história de amor contemporânea que faz sonhar, com ritmo, paixão e sentimentos à flor da pele.

Título: Passa a Noite Comigo
Autor: Megan Maxwell
N.º Páginas: 560
PVP: 19,95 €
ISBN: 978-989-657-924-1

Sinopse:
Dennis é um bonito professor brasileiro, que durante o dia dá aulas num instituto alemão e de noite aulas de forró, uma dança típica do seu país.
No fim do ano escolar recebe uma excelente oferta de trabalho para um refinado e reputado colégio inglês que aceita sem hesitar.
Quando chega a Londres gosta imenso. Novos ares, novas conquistas e amigas que reencontra mostram-lhe a cidade e falam-lhe de locais swinger, a que depressa recorrerá para desfrutar do intercâmbio de parceira e do tipo de sexo que gosta de fazer com as mulheres. Tudo se complica quando conhece Lola, uma espanhola com uma personalidade endiabrada, diferente de todas as mulheres que já conheceu… mas ela não cai a seus pés como está acostumado e que dá todos os sinais de o estar a usar. Dennis que nunca se apaixonara não percebe porque cada vez que a vê o coração dispara.

Megan Maxwell, que já conquistou o coração das leitoras portuguesas com as séries eróticas Pede-me o que quiseres, Adivinha quem sou, e ainda Surpreende-me, com mais de 50 000 exemplares vendidos, regressa com um romance bem ao seu estilo: amor, luxúria e muito sexo.

Passa a Noite Comigo é uma história que a fará sorrir e que lhe tocará o coração.

Da mesma autora, no blogue:

Pede-me o Que Quiseres Opinião
Pede-me o Que Quiseres, Agora e SempreOpinião
Pede-me o Que Quiseres ou Deixa-me Opinião
Pede-me o Que Quiseres e eu Dar-te-eiOpinião

Surpreende-me Opinião

Adivinha Quem Sou Opinião
Adivina Quem Sou Esta Noite Opinião

Sobre a autora:
Megan Maxwell é uma reconhecida e prolífica escritora do género romântico. Filha de mãe espanhola e pai americano, já publicou vários romances. 
Em 2010 ganhou o Prémio Internacional Seseña de Novela Romántica, e em 2010 e 2012 recebeu o Prémio Dama de Clubromantica.com e em 2013 o Aura, galardão do Encuentro Yo Leo RA. 
Vive numa encantadora aldeia nos arredores de Madrid, na companhia do marido, dos filhos, dos cães Drako e Pluty e das gatas Julieta, Coe e Peggy Sue.
Encontrará mais informação sobre a autora e a sua obra em www.megan-maxwell.com

Saiba mais em: Planeta


segunda-feira, 20 de novembro de 2017
Sinopse: 
«Por favor, faça uma lista de todos os bens que considera essenciais na sua vida.»
O pedido parece estranho, até intrusivo. É a primeira pergunta de um questionário de candidatura a uma casa perfeita, a casa dos sonhos de qualquer um, acessível a muito poucos. Para as duas mulheres que respondem ao questionário, as consequências são devastadoras.
EMMA: A tentar recuperar do final traumático de um relacionamento, Emma procura um novo lugar para viver. Mas nenhum dos apartamentos que vê é acessível ou suficientemente seguro. Até que conhece a casa que fica no n.º 1 de Folgate Street. É uma obra-prima da arquitectura: desenho minimalista, pedra clara, muita luz e tectos altos. Mas existem regras. O arquitecto que projectou a casa mantém o controlo total sobre os inquilinos: não são permitidos livros, almofadas, fotografias ou objectos pessoais de qualquer tipo. O espaço está destinado a transformar o seu ocupante, e é precisamente o que faz…
JANE: Depois de uma tragédia pessoal, Jane precisa de um novo começo. Quando encontra o n.º 1 de Folgate Street, é instantaneamente atraída para o espaço —e para o seu sedutor, mas distante e enigmático, criador. É uma casa espectacular. Elegante, minimalista. Tudo nela é bom gosto e serenidade. Exactamente o lugar que Jane procurava para começar do zero e ser feliz.
Depois de se mudar, Jane sabe da morte inesperada do inquilino anterior, uma mulher semelhante a Jane em idade e aparência. Enquanto tenta descobrir o que realmente aconteceu, Jane repete involuntariamente os mesmos padrões, faz as mesmas escolhas e experimenta o mesmo terror que A Rapariga de Antes.
O que aconteceu antes?

Tenho de começar este comentário confessando-vos que li este livro há alguns meses, no entanto foi com prazer que efetuei uma releitura nos últimos dias para vos trazer esta opinião que, definitivamente, não poderia deixar de fazer. Este é um dos livros que marca pela diferença em 2017. 

Com uma aura impregnada de suspense logo a partir das primeiras páginas, A Rapariga de Antes é, no mínimo, um título que desperta a curiosidade do seu leitor. Com a certeza de que algo correu mal anteriormente e que no presente voltará a acontecer, o magnetismo que nos leva a querer saber mais sobre o passado e os intervenientes é constante e, ainda assim, creiam-me, não será suficiente para descobrirem os segredos guardados no n.º 1 de Folgate Street

Emma e Jane, a rapariga de antes e a rapariga de agora, fundem-se com uma subtileza tal que, apesar de tudo o que as torna singulares, se tornam indissociáveis durante a leitura. Ambas são inteligentes, atraentes e traumatizadas por factos bem diferentes que mudaram as suas vidas. A primeira apresenta-se comprometida e a segunda solteira, Emma é facilmente irritável, assustadiça, enquanto Jane, mais serena, procura o gosto pela vida. Não fosse a casa que partilham em momentos diferentes seria quase impossível associá-las mas, assim que o fazemos, os paralelismos são encantatórios e vão muito além dos traços físicos que parecem caracterizá-las. 
Simon e Edward, o namorado de Emma e o tecno-arquiteto da Casa, tornam-se assim intervenientes secundários que, apesar do papel relevante, surgem à margem do imenso mergulho que efectuamos na vida destas mulheres, cujos receios e necessidades vão sendo as peças essenciais neste puzzle, thriller, psicológico. 

Com o texto a tornar-se verdadeiramente tenso a partir do momento em que as protagonistas, no passado e no presente, mudam na mesma altura da narrativa o para o n.º 1 de Folgate Street, acompanhamos em simultâneo a sua adaptação, as alterações que sofrem emocionalmente e a forma como a Casa – ela própria a ganhar contornos de personagem – parece moldar as suas vidas, o que torna o percorrer das páginas muito cativante. Mais, é o todo desta história, os múltiplos pormenores que podemos apreciar durante o seu desenvolvimento, como se constrói até ao desenlace, que tornam a sua leitura tão especial, diferente de outras obras dentro do género que estou habituada a ler. 

Além do enredo, vocês sabem o quanto eu aprecio a abordagem de temáticas pertinentes e, também aqui, tenho pontos positivos a acrescentar. O stress pós-traumático derivado de violência quotidiana, ou mesmo de perdas físicas e emocionais, adquire contornos que vão metamorfoseando as personagens e, sendo contemporâneos, conseguem deixar o leitor a pensar na sociedade em que vive e na forma como esta altera a nossa visão dos outros, levando-nos a questionar até que ponto aquilo que toca a nossa perceção não nos torna demasiado maleáveis. 

Enfim, é difícil dizer muito mais sem spoiler, mas quero reafirmar o quanto gostei deste livro, da escrita de JP Delaney que me prendeu até ao final, mestrando a história com uma inteligência acima da média. Afinal, não é por acaso que os direitos cinematográficos desta obra já estão comprados! 

Se quiserem oferecer um thriller psicológico este Natal, esta é a minha sugestão. Uma aposta Suma de Letras, do Grupo Penguin Random House, que anda a publicar livros de alta qualidade dentro deste género literário. 

Título: A Rapariga de Antes
Autor: JP Delaney
Género: Thriller Psicológico
Editora: Suma de Letras


Redes Sociais

*Passatempo Halloween*

*Passatempo Halloween*
Passatempo - Resultado!

*Planeta*

*Planeta*
Passatempo - Resultado!

2017 Reading Challenge

Elphaba J has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide